História Revenge - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Revenge
Exibições 21
Palavras 4.216
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hello

Capítulo 17 - Uma nova mulher


Hello Mi amores fiquem atentos porque a fanfic agora está na fase adulta ok,ou seja  cinco anos depois mas como eu disse haverá Flashback. 
Não se esqueça de indicar a fanfic para os amigos... ^^
Beijos no coração e uma boa leitura^^

    CAMILA  POINT OF VIEW

_ CAMILAAAA. .. Uma batida
_CAMILAAAA. .. Duas batidas
Eu ouvia batidas na porta e meu nome sendo chamado,mas eu não sabia dizer se era um sonho ou se era realidade porque a voz e as batidas pareciam tão distantes,será que eu estava sonhando? 
Eu tive certeza que não quando uma voz sussurrou em meu ouvido.
_ Alguém está chamando você, e parece ter pressa. 
Eu estava deitada de bruços sobre a cama macia e tinha meu  rosto enfiado no travesseiro,mas quando eu ouvi a voz nítida em meu ouvido a realidade me acertou em cheio e eu sentei imediatamente sobre a cama,o que me fez me arrepender amargamente,porque a pontada de dor que atingiu minha cabeça me deixou até tonta, mas mesmo assim eu conseguia raciocinar o que estava acontecendo. 
_ Merda, que horas são? 
Eu perguntei para mim mesma quando saltei da cama,foi então que eu percebi a presença da garota que havia sussurrado em meu ouvido,pelo que tudo indicava  havia dormido comigo na madrugada. 
As lembranças veio aos poucos,eu estive em uma festa na noite passada do domingo,bebi demais e trouxe uma mulher para minha casa,ótimo. 
_ Não vai atender? 
A garota perguntou me tirando dos meus devaneios,então eu voltei a atenção para as batidas frenéticas na porta. 
_ Sim eu vou!
Disse para a ela que estava me analisando,garota essa cujo eu não lembrava o nome.
Me enrolei no lençol e caminhei até a porta do meu quarto,mas antes de abri- lá pude ouvir mais um bérro que eu deduzir ser de Dinah.
_ CAMILAAAA eu vou arrombar essa merda.
Ela disse e eu não esperei para ver,por que era Dinah jane,ela teria a capacidade de fazer aquilo. 
_ Eu vou te matar sua cretina. 
Dinah disse assim que eu abri a porta. _ Ela vai te matar! 
Disse Normani que estava ao lado dela. 
_ Você sabe que horas são e que dia é hoje camila? Por um acaso você esta perdendo o juízo?
Dinah perguntou ao passar por mim e adentrar o quarto com Normani em seu encalço,eu fechei a porta atrás de mim e fitei as duas com uma expressão de incredulidade. 
_ A meu Deus. . Que merda! 
Eu disse para mim mesma assim que me toquei do que minha amiga estava falando,eu fiz menção de correr para o banheiro mas fui impedida por Dinah. 
_ Nem pense nisto!
Ela me cercou. 
_ Dinah eu preciso tomar um banho,eu estou.... Eu nem preciso dizer o que eu estou não é mesmo?
Eu disse deixando a frase subentendido. 
_ Camila a reunião era as 9 da manhã,já são quinze para o meio dia,eu segurei os empresários até agora para vim te buscar,não vai dar tempo de você se embelezar toda.
Dinah disse bufando. 
_ Eu não vou demorar eu prometo. 
Eu disse e passei feito uma bala por ela e adentrei o banheiro.
Como já estava nua,apenas me livrei do lençol,liguei o chuveiro e me enfie debaixo,como eu disse não levou mais de cinco minutos,sai do box e escovei os dentes rapidamente na pia do banheiro. 
Eu mesma não acreditava que havia me atrasado para uma reunião importante da minha empresa, nunca deixei isto acontecer,foi um deslize e tanto,minha amiga tinha razão de estar bufando de raiva. 
Sai do banheiro as pressas e quando cheguei lá Dinah e Normani já tinham separado minhas roupas e tudo mais. 
_Vista isto e rápido,não sei se os empresários podem esperar por mais tempo. 
Ela disse e eu não tardei em pegar as peças de roupas de sua mão e começar a vestir,elas haviam escolhido um vestido rosa de alças que beijava meu corpo,o vestido ia ate abaixo dos joelhos e era acompanhado de um cropped da mesma cor que ia por cima do vestido. 
Nos pés eu calcei uma sandália de salto mediano na cor rosa claro.
Quando estava acabando de me vestir Normani se pronunciou. 
_ E a moça?
Ela perguntou e foi ai que eu me dei conta que a garota ainda estava ali,ela permanecia sentada em minha cama encostada na cabeceira e o ededron lhe cobria o corpo até a altura dos seios. 
_ A meu Deus! Me desculpe por isto,eu tenho uma reunião importante agora, se importa de eu te deixar aqui? Minha governanta está no andar de baixo ela vai te auxiliar no que precisar!
Eu disse tudo em um fôlego só procurando pelo meu batom,Dinah batia o pé impaciente ao me esperar,e Normani apenas observava. 
_ Está tudo bem,eu deveria ter acordado mais cedo, acabei te atrasando. 
A garota disse. 
_ Claro que não,você não teve culpa. ..
Eu fiz uma careta e todos naquele cômodo percebeu que eu não fazia a mínima idéia de qual era o nome da garota. 
_ Hailey,meu nome é Hailey. 
Ela disse parecendo constrangida. 
_ Me desculpe Hailey,eu tenho memória fraca para nomes,me desculpe mesmo eu preciso ir,vou deixar esse dinheiro aqui para você pegar um taxi para voltar para casa.
Eu disse abrindo a bolsa e pegando uma quantidade de dinheiro o deixando em cima da cômoda. 
_ Eu posso te ligar depois?
A garota perguntou,eu fiz a minha melhor cara de compreensiva e respondi. 
_ Claro,você pode sim! Bom qualquer coisa chame a minha governanta eu preciso mesmo ir,mas você pode ficar a vontade. 
Eu disse caminhando até a porta e Dinah e Normani me acompanharam.
_Até mais Hailey.
Eu disse e sai do quarto logo de uma vez acompanhada pelas outras duas,descemos as escadas e Dinah mal esperou alcançar uma distância considerável do quarto para me questionar. 
_ Você e essa mania de ficar trazendo mulheres para a sua casa, você nem se lembrou o nome dela camila,sabe pelo menos quantos anos ela tem?
Dinah falava sem parar enquanto caminhávamos rapidamente até a saida de casa,mas antes eu parei para falar com Rubi minha governanta. 
_ Rubi tem uma moça em meu quarto,lhe sirva o café da manhã e a ajude no que ela precisar. 
Eu disse tudo rapidamente quando me aproximei da mulher, a pressa era tanta que eu nem lhe desejei bom dia. 
_Sim senhorita Camila. 
Eu mal esperei a mulher terminar de falar e segui caminho até o carro do meu motorista que já estava a nossa espera,com certeza Dinah havia o avisado para ficar no aguardo. 
_ Para a SUN  yan.
Eu disse assim que eu e as meninas adentramos o banco de trás do carro, o motorista deu a volta no carro,o adentrou e deu partida ganhando a rua e partindo a caminho do lugar destinado. 
_ E então camila? Eu te fiz uma pergunta. 
Dinah disse assim que se fez silêncio no interior do carro. 
_ Ela é maior de idade Dinah,você sabe que eu não me envolvo com adolescentes. 
_ E então? Essa já é a décima do mês camilinha? 
Normani perguntou zombeteira.
_ Décima? Essa já deve ser a centésima. 
Disse Dinah. 
_ Porque ao invés de vocês questionarem sobre os meus affair,vocês duas não me passam as informações sobre a reunião? 
Eu sugeri encarando as duas. 
Não era segredo para ninguém que eu era uma conquistadora,desde meu último relacionamento com a cretina da Michelle cinco anos atrás,eu não me envolvi emocionalmente com mais ninguém,eu apenas satisfazia meus desejos sexuais com mulheres maravilhosas e depois sumia das vistas delas,uma porque a empresa me tiravam todo tempo,e outra porque eu não acreditava mais que eu seria capaz de amar, a decepção com o meu primeiro amor me deixou fria e desacreditada,primeiro amor esse qual eu ainda insistia em procurar para fazer pagar por cada centavos que me tirou,teve uma época em que fiquei obcecada por isso,mas Dinah sendo boa amiga como sempre me fez acordar para a vida,me fez entender que eu tinha que dar tempo ao tempo. _A reunião já deveria estar acontecendo a muito tempo atrás camila,mas a senhorita fez o favor de se atrasar,sorte a sua e que eles querem fazer essa reunião mais que qualquer coisa nesse mundo. 
Dinah disse olhando o relógio de pulso. 
_ A Sun é o melhor para eles,não tem outra em Cuba que possa ser melhor. 
Eu disse convicta,mas essa era a verdade. 
_ E então,se eles concordarem com as suas exigências vamos mesmo transferir a empresa de país? 
Normani perguntou. 
_ É a oportunidade perfeita para nós Mani, a empresa vai se tornar um evento maior do que já é. 
Eu a respondi com um sorriso convincente. 
.....
Logo o motorista estacionou o carro na porta da empresa e eu desci acompanhada de minhas sócias e amigas,Dinah e Normani eram meus olhos e ouvidos dentro daquela empresa. 
Eu coloquei meu óculos escuros e tomei a pose de empresária.
Caminhamos lado a lado e adentramos as grandes portas,era sempre assim quando eu chegava no local. 
Os funcionários corriam e ocupavam seus lugares, as conversas cessavam e ninguém ousava me encarar,eu desejava bom dia para quem estivesse mais próximo e eles me respondiam com um sussurro que na maioria das vezes eu nem ouvia,o tempo havia me tornado uma nova mulher, o poder era minha libido,eu descobrir que o domínio era excitante, ter poder era minha sina.
_ Eu vejo o dia em que seus funcionários vão pular da janela desse prédio de medo de você. 
Normani disse em meio a uma risada enquanto subiamos no elevador. 
_ Meu Deus,eles faltam se curvar quando essa dai chega. 
Dinah completou. 
_ Gosto assim! 
Eu disse com o queixo erguido,nós três nos encaramos por alguns segundos em silêncio e logo explodimos em uma risada.
_ Você é ridícula camila, se acha a rainha da porra toda. 
Dinah disse me empurrando com o ombro assim que saimos do elevador e fomos em direção a minha sala onde os empresários nos aguardava. 
_ E eu sou,agora façam cara de sérias que vamos entrar. 
Eu disse e assim nos fizemos,eu tirei meu óculos e abri a porta da minha sala onde estava todos os outros homens vestidos por terno preto,minha secretária tratava de servi - los pelo que eu deduzi ser café. 
_ Boa tarde a todos,eu peço milhões de desculpas pelo atraso mais que inadequado. 
Eu disse assim que dei a volta na mesa e ocupei minha cadeira na ponta,Dinah e Normani se sentaram uma de cada lado da mesa.
_ Nós entendemos,mas que a senhorita tenha mais comprometimento da próxima vez. 
Disse o senhor mais rechonchudo que ocupava o lado direito da mesa.
_ Se minha empresa está no topo com o título de a melhor do país com certeza não foi por falta de comprometimento,imprevistos acontecem senhor, se não está satisfeito comigo por causa de um atraso acho que não é necessário que continuemos com essa reunião não é mesmo?
Eu disse seca.
_ Não é necessário interromper uma reunião por causa de um atraso,nós compreendemos senhorita Cabello,acho que já devemos começar com a reunião e deixar as contendas de lado. 
Um outro senhor disse intercalando o olhar entre mim e o outro homem abusado demais para o meu gosto. 
_ Claro! Então vamos lá! Qual a proposta de vocês?
Eu perguntei dando início a reunião. 
_ Nossa proposta é que como sócios daqui,mesmo que só de trinta por cento,queremos sugerir que a senhorita transferisse a SUN ENTERPRISE para o USA como eu disse no email que lhe enviei. 
_ E porque eu faria isto? 
Questionei ao senhor!
Mesmo tendo quase certeza que queria a transferência eu precisava fazer jogo duro com eles.
_ Porque a Sun se tornou uma empresa de potência,e cuba já não consegue mais dar suporte a ela,mas USA é um país potente,sem contar que tem várias empresas por lá no ramo diferente da publicidade mas que dá complemento para a SUN o que vai ajudar e muito nas vendas,Um grande exemplo é a Potente DOPE que se encontra na mesma cidade que pretendemos transferir a Sun.
_ Nunca ouvi falar dessa empresa. 
Eu disse sincera. 
_ É uma empresa maravilhosa,mas este não é o caso, o importante aqui e sabermos se esta ou não de acordo com a transferência da empresa. 
O senhor disse,enquanto os outros apenas observavam. 
_ Eu sei que é uma oportunidade maravilhosa para a Sun, mas eu tenho uma vida aqui Augusto,não teria que mudar apenas a empresa mas minha vida também. 
Eu disse. 
_ Senhorita Camila,você é uma jovem com um futuro promissor,se ficar reclusa do mundo vai reprimir o que tem a oferecer dessa mente maravilhosa que todos aqui sabe que você tem,se permita ter mais do que construiu aqui.
O homem disse e eu me permiti pensar, eu havia viajado a negócios para vários países diferentes,mas nunca morei em outro que não fosse cuba, minha vida inteira vivi aqui.
_Eu posso falar com minhas sócias em particular? 
Perguntei para os senhores que estavam na mesa. 
_ Claro! Fique a vontade. 
O homem disse. 
Então eu me levantei e pedi licença para eles,Normani e Dinah me acompanharam até a outra sala. 
_ Eu quero aceitar a proposta mas eu preciso saber se vocês estão de acordo,por que eu não vou a lugar nenhum sem vocês. 
Eu disse fitando as duas depois que adentramos a outra sala.
_ Camila você sabe que para mim seria maravilhoso, Usa é meu país de origem, eu teria que voltar mais cedo ou mais tarde para lá. 
Normani disse e eu compreendi, a morena era americana, veio para cuba para fazer faculdade pois seus avós moravam aqui,foi quando eu e Dinah a conhecemos e desde então ela se tornou parte da nossas vidas. 
_ Eu estou com você para o que der e vier camila. 
Disse Dinah.
Eu encarei as duas e soltei um suspiro pesado. 
_ Bom! Acho que teremos que nos despedir de cuba meninas. 
Elas entenderam a referência e nós nos abraçamos as três em comemoração,logo após nós voltamos para a sala de reunião,eu me sentei novamente em minha cadeira e me pronunciei.
_ Eu aceito a transferência da empresa, mas eu tenho algumas exigências. 
Eu disse e todos os homens ali presentes comemoraram.
Ficamos por horas discutindo sobre como seria as coisas dali em diante e depois de um longo tempo a reunião teve fim,nos despedimos dos empresários e eles foram embora. 
_ Até que enfim! 
Dinah disse se jogando no sofa da minha sala da presidência. 
_ Nossa aqueles velhos secavam a gente como se não transassem  a anos. Foi Normani quem disse se jogando ao lado de Dinah no sofá. 
_ E com certeza não transam.
Eu disse e nós caímos em uma gargalhada. 
Ficamos ali conversando sobre como seria as coisas dali em diante e depois de um tempo elas se retiraram me deixando só. 
Eu me levantei e me servi de uma xícara de café,caminhei até a parede de vidro e me pus a observar toda a vista da cidade que a vidraça me proporcionava. 
Eu me mudaria dali mas com certeza eu sempre iria visitar aquele lugar,não me sentiria sozinha no novo país pois Dinah e Normani iriam comigo, e também eu me sentia feliz por Normani que voltaria para casa depois de tantos anos, desde que conheci a garota ela sempre dizia que sentia falta de casa.
Conhecer ela foi uma das melhores coisas que aconteceu em minha vida, pois além de Dinah eu ganhei outra irmã.

Flashback ON
4 anos atrás

Já tinha se passado um ano desde que eu e Dinah nos ingressamos na faculdade, e um ano desde que eu assumi o controle da empresa que era de minha mãe, A Sun estava indo bem,Sun foi o novo nome que eu dei a empresa pois o antigo era as iniciais do nome da minha mãe, eu fazia aulas e tudo que eu aprendia na faculdade eu aplicava na empresa!
As terras alugadas eram o que me mantinha estável na questão financeira,eu usava o dinheiro para pagar a faculdade e para pagar todos os tipos de Detetive particular para procurar por Michelle.
Eu estava obcecada em encontrar - la e pegar de volta o que ela me roubou, mas os detetives nunca encontravam pistas dela,Michelle era um nome desconhecido por todos,o dinheiro começou a me faltar e eu fiquei apenas com Nick,o detetive criou uma certa amizade comigo, e mesmo recebendo pouco não desistiu de me ajudar.
Até que um dia que ele me trouxe a primeira pista de Michelle depois de mais de um ano,ele havia encontrado uma mulher que também sofreu um golpe aplicado por aquela que eu considerei um dia ser o amor da minha vida. 
Nick marcou um encontro entre nós duas para que eu pudesse obter informações necessárias. 
_ Ela vai te esperar no le café, pergunte o máximo que puder camila! 
Nick me orientava antes de eu ir de encontro a tal mulher,Alice ! Era o nome da mulher. 
_ Ok! 
Eu disse a Nick e dei partida no carro dirigindo até o local.
Não demorou muito e eu cheguei até o lugar, estacionei o carro desci e caminhei até a entrada,entrei e passei os olhos pelo lugar,tinha poucas pessoas ali,mas mais ao canto em uma mesa afastada eu pude ver uma mulher que parecia ser a tal Alice pelo que nick descreveu. 
Caminhei até a mesa onde ela estava,a mulher lia o cardápio e não me viu chegar. 
_ Alice?  Chamei assim que me aproximei. 
_ Sim! Você é a camila? 
A mulher perguntou assim que se levantou para me cumprimentar. 
_ Sim sou eu, muito prazer. 
Eu disse apertando a mão dela e trocando um beijo no rosto. 
_ Sente-se por favor. 
Ela disse e assim eu fiz,e ela fez o mesmo. 
_ Vai tomar alguma coisa? 
Ela perguntou e depois chamou o garçom. 
_ Um chá mate por favor. 
Eu disse e ela fez os pedidos, ela pediu um café para ela e o meu chá, o garçom anotou os pedidos e se afastou,eu estava ansiosa então fui direto ao assunto. 
_ Então o que sabe sobre a Michelle? 
A mulher soltou um suspiro e se pronunciou. 
_ Eu convivi um ano com ela,tudo começou quando ela apareceu na porta da minha casa se oferecendo para a vaga para cuidar de minha mãe,ela me disse que era adotada mas não dava certo com os pais adotivos,eu compadeci da situação e resolvi ajuda - la.
A mulher foi interrompida pelo garçom que trouxe nossos pedidos,ela agradeceu ao garoto que se afastou,e continuou a contar.
_ Michelle era uma garota fechada,mas era maravilhosa fazia curso técnico com o dinheiro que eu pagava a ela,eu cedi um quarto para ela em minha casa e assim a vida seguiu,até que um dia eu me vi encantada por aqueles olhos verdes e me entreguei a ela.
A mulher disse e me fitou nos olhos,percebendo meu incomodo com aquelas palavras,então ela abaixou o olhar para a xícara e voltou a falar. 
_ Mas quando eu menos esperava ela fugiu levando a metade do meu dinheiro e meu carro. Eu fiquei devastada, dei queixa na polícia, mas eles não deram a mínima para mim,então eu apenas desisti. 
Eu ainda a amava e preferi perdoa - la, eu sentia que tinha alguma coisa errada com ela, mas eu não fui o suficiente para ela se abrir comigo, no fundo eu sei que Michelle é uma boa pessoa ela só. ...
_ Boa pessoa? 
Eu a interrompi com uma risada sarcástica. 
_ Ela roubou você e fugiu e você ainda acha que ela é uma boa pessoa? 
Eu explodi com a mulher que parecia tão calma.
_ As pessoas fazem coisas que lhe parece fácil quando estão em momentos de dificuldades na vida camila. 
_ Eu não acredito que você defende ela! 
Eu soltei incrédula com a mulher. 
_ Eu não estou defendendo ela,só estou dizendo que eu a perdoei e que um dia a vida vai fazer por si só ela pagar pelo que faz,e que ela deve ter algum motivo,pessoas erram camila,e nós temos que liberar perdão. .
_ Ela me fez se apaixonar por ela e me roubou mais de 2 milhões e você está me pedindo para perdoa - lá? 
Eu perguntei incrédula para a mulher,eu já estava mais que nervosa. 
_ Sim eu estou camila, a vida ela...
_ Nunca,eu disse nunca! Que eu vou perdoa lá, e tem mais,eu vou encontrar ela passe o tempo que passar,e vou fazer da vida dela um inferno. 
Eu disse ríspida interrompendo a mulher novamente. 
_ Eu já entreguei o boletim de ocorrência para o seu detetive camila,e a única coisa com que eu poderia te ajudar. 
Alice disse me fitando serena. 
_ Você está com o coração cheio de mágoa camila, vingança não vai te levar a lugar nenhum. 
Ela me disse.
_ É o que veremos. 
Foi tudo o que eu disse antes de tirar do bolso o dinheiro para pagar o meu chá,deixei em cima da mesa e sai dali deixando aquela mulher para trás. 
Dirigi até a casa de Dinah que eu ainda morava e tomei banho para irmos para a faculdade,mal acabei de me arrumar e Dinah apareceu no quarto para me chamar. 
_ Vamos chancho. 
_ Eu já estou indo. 
Eu disse bufando e minha amiga percebeu minha irritação. 
_ O que aconteceu camila? 
Dinah perguntou. 
Eu ponderei um pouco antes de contar para ela por que eu sabia o quanto ela odiava que eu procurasse por Michelle, mas eu precisava desabafar com ela ou eu iria explodir.
_ Nick encontrou uma mulher do passado de Michelle e eu fui me encontrar com ela. 
_ De novo essa história camila? Meu Deus você prometeu deixar esse caso com a polícia. 
Dinah  explodiu jogando a mochila dela sobre minha cama e cruzando os braços. 
_ Eu sei Dinah mas foi a única pista que eu tive sobre ela em anos! 
_ Camila você está afundando nisso,para pelo amor de Deus! Você gasta cada centavos seu atrás dessa mulher. 
_ Ela me roubou tudo Dinah,Tudo.
Eu gritei explodindo em lágrimas
_E vai levar muito mais se você continuar nessa obsessão de encontra - lá. 
Minha amiga disse e eu cai em um choro intenso, ela se aproximou e me abraçou.
_ Camila você me disse que iria levantar seu império, mas ele só está caindo,você está perdendo tudo de novo com ela,foca no agora se levanta, e depois quando você tiver o suficiente você faz o que tiver que ser feito. 
Ela me disse e eu vi que ela tinha razão. 
_ Você tem razão. 
_ Eu tenho,agora vamos. 
Ela disse pegando a mochila dela e eu peguei a minha,nós descemos as escadas e fomos para a garagem pegar o carro e partir a caminho da faculdade. 
Não demorou muito e estávamos estacionando o carro no estacionamento da faculdade. 
Descemos e Caminhamos até os corredores, eu me sentia mais calma e decidida a dar um tempo  na busca por Michelle. 
Eu e Dinah caminhávamos pelos corredores até que alguém nos chamou. 
_ Hey vocês! 
A voz atrás de nós soou e nós nos viramos para ver quem era.
Se tratava de uma garota negra e muito bonita, ela tinha uma pasta em mãos e a mochila no ombro direito. 
_Você está falando com a gente? 
Dinah perguntou. 
_ Sim!  É que eu estudo aqui a um tempo, e sempre vejo vocês, na verdade eu soube que você tem uma empresa de Publicidade e eu estudo na área,bom queria saber se há possibilidades de você me ceder uma vaga por lá.
A garota disse tudo em um fôlego só. 
_ Qual é o seu nome? 
Eu perguntei. 
_ Normani. 
Ela respondeu,eu troquei um olhar com Dinah e ela deu de ombros. 
_ Que tal a gente tomar um café ali na cantina e então conversamos?
Eu sugeri. 
_ Ótimo! 
Ela disse com um sorriso nos lábios. 
E então fomos as três,conversamos com a garota e podemos perceber o quanto ela era inteligente, não pensei duas vezes antes de ceder uma vaga em minha empresa para ela.
O tempo foi passando e Normani se tornou nossa amiga inseparável. 
Eu ela e Dinah depositamos tudo de nós na empresa fazendo nosso trabalho conhecido cada dia mais,depois que nós nos formamos tivemos mais tempo ainda para a empresa e foi ai que ela entrou no auge,se tornando a melhor do país, Eu havia me tornado uma mulher poderosa e o dinheiro me vinha como água. 
Decidi que era hora de morar sozinha,não que viver com a família de Dinah fosse algo ruim, mas eu queria privacidade, já que o tempo me tornou uma paqueradora de primeira. 
Enfim! Eu reergui meu império,me tornei uma nova mulher,deixei de ser aquela garotinha boba e medrosa,a vida me ensinou a não confiar em todo mundo que se aproximava de mim,o coração quebrado se tornou um coração arisco e fechado. 
Eu gostava do que eu me tornei e era assim que eu iria ser,e ninguém iria me derrubar.

Flashback off
Dias Atuais

_Está na hora do mundo conhecer você camila. 
Eu disse a mim mesma e tomei o café que estava na xícara.


Notas Finais


Até a proxima


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...