História Reversed - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Selena Gomez, Zayn Malik
Personagens Selena Gomez, Zayn Malik
Tags Camila Cabello, Camren, Jelena, Justin Bieber, Lauren Jauregui, Maia Mitchell, Selena Gomez, Shawn Mendes, Zaylena, Zayn Malik
Exibições 51
Palavras 1.720
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Mistério, Policial, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi amores, espero que vocês gostem.

Capítulo 12 - Again


Fanfic / Fanfiction Reversed - Capítulo 12 - Again

Zayn's Point Of View

    Maia não deixaria passar tão rápido o que aconteceu, mas eu não ligo. Estou com Selena comigo e sinto que estou cada vez mais próximo de alcançar sua confiança. Não está sendo fácil mas se for pra pensar bem, antes ela nem olhava na minha cara e agora está do meu lado. Acho que foi um progresso. Estava muito feliz, escondendo os sorrisos bobos, é claro. Quando olhei para o lado e percebi que Selena estava desmaiada, acelerei o carro e fui dirigindo o mais rápido que meu carro atingia para a casa da Lauren quando liguei para a mesma desesperado mas sempre tentando manter o controle para que ela não percebesse a aflição em minha voz.

– Estou indo pra sua casa. Se você tiver com alguma menina aí, dispensa. – disse enquanto respirava fundo para não falar tão rápido.

– Tá achando que é assim? Que vou dispensar alguém só porque tu tá afim? – ela disse enquanto eu escutava voz de alguma menina de fundo chamando pelo seu nome.

– Estou com Selena. É sério.

  Lauren's Point Of View

    Quando ouvi Zayn dizendo que Selena estava com ele e os dois estariam vindo para minha casa, Dinah já estava beijando meu pescoço enquanto ia subindo suas mãos bem devagar por dentro da minha camisa alisando minha barriga. Me levantei e fui pegando minha camisa que estava em cima da cama e fui vestindo rapidamente. Abotoei meu short e fui saindo do meu quarto descendo as escadas sem enrolar. Vi o carro do Zayn chegando e o mesmo ir estacionando tudo torto quando vejo Selena pelo vidro do carro adormecida.

    Senti meu coração acelerar e fui caminhando em direção do carro quando Zayn segurou meu braço e disse que ia arrumar as coisas lá dentro, pra eu ficar com Selena enquanto ele organizaria tudo. Ele entrou na minha casa correndo e eu não perdi tempo para me aproximar de Selena. Já fazia tanto tempo que não a via. Ela estava tão linda, talvez mais bonita ainda da imagem que me recordo dela. 

    Me sentei no banco do motorista e levei minhas mãos até seu rosto enquanto tocava o mesmo e sentia sua pele lisinha, olhei para ela. Eu deveria estar lá quando tudo aconteceu. Eu me culpo todos os dias pelo acidente. Se ela não tivesse falando comigo talvez veria o carro. Senti meus olhos enchendo de lágrimas enquanto deitava minha cabeça em seu ombro e começara a chorar.

    Senti os toques de seus dedos acariciando minha cabeça e quando levantei meu rosto, ela estava me olhando, estava olhando nos meus olhos. Senti sua mão livre ir limpando minhas lágrimas enquanto ela repetia que estava tudo bem, ela me acalmava mesmo não dizendo muito.

– Me desculpa. Eu deveria ter sido mais presente, eu deveria estar sempre contigo. Me perdoa. – dizia enquanto ela ia discordando com a cabeça e ia limpando minhas últimas lágrimas. 

– Eu já sei de tudo, eu sei que você tentou me ajudar, você poderia ter sido presa, você poderia ter se metido em encrenca mas você nem ligou na hora. – ela dizia enquanto parava de limpar minhas lágrimas e olhava nos meus olhos com muita atenção.

    Fiquei confusa na hora, não sabia do que ela estava falando.

– Eu sei que foi um erro vender as drogas e sei que deveria ter saído contigo mas você não deu tempo de me explicar e quanto te encontrei você já estava no quarto. Eu juro que te procurei, te procurei a festa inteira e sei que ficou desapontada comigo pelas drogas, sei que poderia ter me metido em encrenca. Me desculpa não ter te escutado.

Selena's Point Of View

    Ver Lauren chorar foi horrível pra mim. Sentia uma agonia e uma tremenda vontade de fazer a mesma parar. Doía em mim. Estava tentando acalma-la quando ela começou a falar sobre a festa e sobre drogas, eu fui me lembrando facilmente sobre quando descobri, lembrei-me  de quando chegamos na festa, lembrei-me de quando a beijei. 

    Eu beijei Lauren e as lembranças sobre esse dia pareciam estar completas. Agora eu entendi tudo que aconteceu, desde como fui parar até lá até como minha noite acabou. Eu estava tão contente com isso, eu comecei a sorrir, sentia o sorriso ir de ponta a ponta nos meus lábios enquanto Lauren me olhava confusa, não estava entendendo nada. Eu não sabia o que fazer, eu estava muito feliz a ver na minha frente fazia eu querer repetir o que fizemos na festa. Quando percebi, meu corpo já estava inclinado pra frente enquanto minhas mãos seguravam em sua nuca e eu ia roubando um selinho dela enquanto tinha medo da resposta da mesma. Ela foi segurando meus cabelos enquanto começara a chupar meus lábios lentamente, sorri e fui encerrando com um outro selinho.

    Saí do carro e ela saiu em seguida, estava tonta ainda mas com a ajuda dela, fui entrando em sua casa e uma menina estava saindo, parecia estar muito brava com Lauren. Quando entrei, Zayn estava com um kit de primeiros socorros e arrumando um espaço que possivelmente seria pra eu deitar. Ele caminhou até nós e foi me carregando no colo enquanto ia me colocando no sofá cuidadosamente.

    Estava com os dois sentados no meu lado. Eu queria perguntar para Lauren tudo, queria que ela me ajudasse a lembrar de tudo. Eu não sei em quem confiar. Eu não consigo ter pensamentos bons da minha irmã na cabeça, ela parece ser uma pessoa ruim para mim agora e Justin, eu não gostava dele antes, como poderia namora-lo assim? Mas se for pra ver o que é correto ou não, gostar de Zayn também não foi o certo a se fazer. E o beijo em Lauren? O que seríamos?

    Não me sentia segura em perguntar as coisas enquanto Zayn estivesse ouvindo. Ele tem sido bom comigo mas não posso confiar em ninguém por agora. Eu não quero criar falsas esperanças. Disse para ele que Lauren poderia me levar pra casa e que ele não deveria se preocupar porque estava tudo bem comigo. Ele concordou porque percebeu que não estava a vontade pra falar o que quisesse com ele por perto. Ele saiu.

    Me virei de lado e olhei nos olhos de Lauren, meus olhos por si só já pediam a verdade. Eu não tinha em quem confiar, eu não tinha muitas opções mas queria que ela fosse honesta comigo. Se não fosse ela, quem seria? 

– Lauren, eu vim aqui porque precisava de alguém que confiasse para dizer somente verdades pra mim. Eu preciso que você me conte tudo que você sabe sobre mim. Eu preciso saber de tudo que estava acontecendo antes deu sofrer o acidente. Eu necessito da sua ajuda, eu preciso que você me conte tudo que sabe.

– Eu sei de tudo sobre você mas não sei tudo que acontecia com você. Você nunca me contava muito, eu sabia do básico, nada que outra pessoa não saberia te contar. Eu sei o que todos sabem, Selena.

– Do que todos sabem?

– Você parece um abismo. Todos que gostam de você acabam se enganando. Você atraí todos e não sabe o que quer depois. Eu sei que não é sua culpa todos gostarem mas é que não entendo com você consegue tudo que quer. Eu simplesmente não entendo. Eu te procurei tanto depois até perceber que você não queria me ver e mesmo depois de ter sido rejeitada, passei cada segundo querendo voltar só pra te ver. Eu não entendo. – Lauren disse enquanto abaixava sua cabeça e com isso, seu olhar também.

– Me desculpa ter feito isso. Eu não sabia que você não tinha culpa, eu ainda não me lembrava de nada. O que você diz sobre todos gostarem de mim? Eu é que não estou entendendo.

    Ela pareceu inquieta mas tentou fazer com que sua fala soasse naturalmente

– Nem todos né, eu não gostava de você mas o Justin, o Zayn. O Zayn nunca amou ninguém, não deve amar nem si mesmo mas você, ele ama você.

– Mas eu estava com o Justin quando isso aconteceu e ele com Maia.

    Ela me olhou com os olhos surpresos e começou a rir enquanto negava com a cabeça, ela olhava em meus olhos ainda com mais fixação como se fosse um teste. 

– Você e Justin? Isso soa até estranho em ouvir você falando. Esse guri ficava colado no seu pé e você nem ligava tanto para ele. Nunca existiu você e ele. É mais fácil existir eu e você do que você e ele. 

    Ela continuou rindo enquanto eu fiquei paralisada diante do que ela tinha me contado. Eu acreditava nela mesmo vindo tanta informação tão friamente. Justin e eu, isso nunca existiu. Por que ele me enganou por tanto tempo e por que Maia mentiu também? Ela que começou quando tudo aquilo, eu me recordo disso.

    Fiquei triste em saber que estava sendo enganada por pessoas que estavam comigo na minha própria casa. Eu realmente não sei onde estou pisando. Talvez o abismo não seja eu e sim todos á minha volta. Eu me levantei e fui concordando com a cabeça enquanto processava tudo que estava pensando, eu caminhava de um lado para o outro e logo me virei pra Lauren.

– Isso é tudo? – falei com calma como se tivesse tudo sobre controle.

– Ainda não acabei. – ela falou enquanto se levantava e vinha caminhando em minha direção.

    Ela colocou sua mão em minha cintura e foi aproximando sua cabeça da minha, subi minhas mãos com rapidez até o seu rosto e fui segurando o mesmo enquanto suspirava e dizia:

– Me desculpa, eu tenho que pensar em tudo que está acontecendo.

    Ela abaixou minhas mãos e foi colocando as mesmas em sua cintura fazendo com que eu a segurasse, ela sorrio enquanto olhava em meus olhos e dizia:

– Isso você faz depois.

    Respirei fundo e fui fechando meus olhos enquanto sentia seus lábios irem colando nos meus. Senti a língua dela ir deslizando por todo o canto da minha boca enquanto eu relembrava o gosto do seu beijo e depois de ir me negando a continuar, não consegui resistir. Enfiei minha língua por dentro da sua boca e comecei a chupar seus lábios enquanto ouvia sua respiração ofegante e ia subindo minhas mãos até sua nuca e ia segurando a mesma com firmeza.

 


Notas Finais


Amores não esqueçam de comentar o que acharam, eu acho isso muito importante. Espero que vocês tenham gostado! <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...