História Reviravolta - Capítulo 71


Escrita por: ~

Postado
Categorias Cameron Dallas, Dylan O'Brien, Luan Santana, Lucas Lucco, Shawn Mendes, Tyler Posey
Personagens Cameron Dallas, Dylan O'Brien, Luan Santana, Lucas Lucco, Personagens Originais, Shawn Mendes, Tyler Posey
Exibições 163
Palavras 957
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Famí­lia, Festa
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 71 - Capitulo - 71


Reviravolta - 71

Me deitei no quarto de Breno, Bruna disse que voltaria no dia seguinte. Dormi rapidinho.

Acordei cedo, vesti um short jeans rasgado e uma blusa folgada, amarrei meu cabelo e fiz minhas higienes.

Breno ainda dormia, preparei o café da manhã, e o peguei no colo, ele abriu os olhinhos e o amamentei.

Luan: Bom dia - disse com a mão na cabeça - Meu Deus que dor
Eu: Bebeu demais né - digo colocando um café forte em sua caneca -
Luan: Me desculpe por ontem
Eu: Sem problemas - sorri -
Bruna: Bom dia - sorriu entrando e me beijou -
Luan: O que faz aqui?
Bruna: Vim ficar com o Breno - disse o pegando de mim -
Eu: Agorinha ele vai pensar que você é a mãe - ela riu -
Bruna: Sua mãe é ciumenta - disse alisando o Breno e eu ri -
Luan: Como sabia que eu estava naquele bar?
Eu: Ligaram pra sua irmã - comi um pedaço do bolo - Então eu fui
Luan: Ah - ficamos calado - Seu/Nome?
Eu: Oi?
Luan: Você está feliz? - respirei fundo -
Eu: Estou com meu filho, é tudo pra mim - sorri -
Luan: Você pega-lo?
Eu: Pode - sorrimos -

Luan pegou Breno com cuidado, e ajeitei a cabeça dele em seu braço, Luan sorria que nem bobo para ele.

Shawn: O que ele faz aqui? - disse entrando -
Eu: Shawn? Pensei que viria mais tarde
Shawn: E por isso já estava se entregando pro Luan?
Eu: Não - Bruna se levantou -
Bruna: Olha antes de você ir brigando pergunte com educação primeiro
Eu: Bruna - a repreendi -
Luan: Ela está certa, antes de tudo ele tem que ter paciência, tem que aprender a confiar em você - sorri para ele -
Shawn: Eu confio, e confiava e olha no que deu - disse alto e eu o olhei incrédula - E larga o meu filho
Eu: Não, Luan leve o Breno para passear lá embaixo - ele assentiu -
Bruna: Vou pegar a bolsa dele - pegou e saiu -
Eu: Você acha que eu queria ter me envolvido? Presta atenção antes de falar qualquer merda - apontei o dedo em seu rosto - Porque se você tá achando que vou aturar desaforo seu pro resto da vida, está enganado
Shawn: Vai me deixar é? - fechei meus olhos -
Eu: Infelizmente as coisas não são como eu quero - sorri cínica - Breno precisa do pai, e eu sou capaz de passar por um inferno para vê-lo feliz
Shawn: - passou as mãos em seu cabelo - Me desculpa

Sai para o quarto, me tranquei lá, e chorei com o rosto afundado no travesseiro. Era hora do almoço, sai, e Shawn conversava com uma mulher.

Eu: Quem é essa? - me olharam -
Shawn: Luana, minha secretária
Eu: O que ela faz aqui?
Shawn: Vamos almoçar juntos
Eu: Vocês dois? - cruzei meus braços -
Shawn: Nós três, aliás nós quatro
Eu: Se quiser pode ir, Breno e eu não vamos - disse olhando com cara de nojo pra secretaria -

Os silicones dela saia pra fora, e a roupa indecente pra uma secretaria, e dava sempre uma piscadinha para o Shawn.

Shawn: Vai ficar assim até quando?
Eu: Até quando você saber diferenciar a vida profissional da pessoal
Shawn: Se eu não soubesse já teria demitido o Luan
Eu: Eu vou enfiar a mão na tua cara - ameacei -
Shawn: - respirou fundo -

Voltei para o quarto e depois de 15 minutos o Shawn entrou.

Eu: Por que não vai lá com aquela siliconada? Me deixa em paz - o olhei furiosa -
Shawn: Ciumenta demais - sorriu e eu tentei não derreter pra aquele sorriso -
Eu: Não estou com graça - revirei os olhos -
Shawn: Eu reservei mesa no restaurante de comida japonesa - o olhei - E pedi uma tigela de açaí enorme - fechei os olhos - Ah e chocolate
Eu: Ok, ok - sorri -
Shawn: Só assim pra você me desculpar
Eu: Quem disse que te desculpei?
Shawn: Acho que vou ter que cancelar até você me desculpar - fez bico -
Eu: NÃO NÃO NÃO - gritei - Te desculpo - pulei em seu colo -

Entrelacei minhas pernas na cintura do Shawn, e o beijei, o beijava intensamente, ele me acariciava.

Me levantei, fechei a porta e retirei minha roupa, Shawn tirou a dele, e me penetrou rapidamente.

Ele fazia os movimentos de vai e vem, e se apoiava na parede que a cama estava encostada.

Eu: Ah vai amor - puxei seu rosto -

Selei nossos lábios, e a cada gemido ele me calava com um beijo ofegante.

•• 20 minutos depois ••

Me levantei pra abrir a porta, estava apenas enrolada no lençol.

Luan: Vim trazer o Breno - me analisou - Acho que teve uma folga - seus olhos inundaram -
Eu: Luan
Luan: Parabéns pelo o filho tão maravilhoso que tem - sorriu enxugando seus olhos -
Eu: Obrigada - peguei Breno -

Luan precisava de um abraço, mas talvez só complicasse as coisas, sorri pra ele, que saiu.

Shawn: Cadê o bebê do papai? - sorriu batendo palmas para pegar o Breno -
Eu: Pai babão - rimos -

Shawn pegou Breno e ficou brincando, tomei um banho, e Shawn deu banho no Breno e depois tomou banho.

Me maquiei, arrumei meu cabelo, e me vesti:

Vesti o Breno com um macaquinho masculino preto, e uma regata branca por baixo e um vans.

Fomos para a nossa reserva, e a noite foi maravilhosa, família reunida, eu estava feliz, não tinha como negar.

Continua?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...