História Reviravolta - Capítulo 77


Escrita por: ~

Postado
Categorias Cameron Dallas, Dylan O'Brien, Luan Santana, Lucas Lucco, Shawn Mendes, Tyler Posey
Personagens Cameron Dallas, Dylan O'Brien, Luan Santana, Lucas Lucco, Personagens Originais, Shawn Mendes, Tyler Posey
Exibições 162
Palavras 815
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Famí­lia, Festa
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 77 - Capítulo - 77


Reviravolta - 77

Shawn: Oi meu amor - me beijou -
Eu: Oi - digo tremula -
Shawn: Cadê o Bre?
Eu: Na casa do Luan - fechei os olhos e abri rapidamente, sua expressão estava de raiva -
Shawn: Eu pensando que depois que o Breno nascesse, descobriríamos quem é o pai, o Luan ia sumir das nossas vidas, mas não, você insiste em deixar ele ficar na sua vida
Eu: Mas que nunca ele vai ficar na minha vida agora, NA MINHA - ele me olhou confuso - Luan é pai
Shawn: Fico feliz por ele, mas agora vamos buscar o meu filho - disse dando as costas indo em rumo ao elevador -
Eu: Shawn, o Breno é filho do Luan - ele me olhou -
Shawn: O que? Isso é mentira - seus olhos inundaram -
Eu: Amor, falsificaram o DNA - eu já estava chorando também - Vem cá, vem - ele afundou seu rosto em meu pescoço -

Entrei pra dentro novamente, e Shawn chorou em meu colo, e eu com o sofrimento dele, chorei junto.

Fiquei ali tentando o acalmar, e fiz um chocolate quente e comprei uns pão de queijo, ele adora.

Eu: Meu anjo - ele me olhou com os olhos vermelhos -
Shawn: Pode dizer
Eu: Preciso ir conversar com o Luan
Shawn: Ei - puxou meu rosto - Se você quiser pode ficar com o Luan, o Breno precisa do pai - sorriu de canto - Eu só quero vocês dois felizes
Eu: Não sei o que fazer - olhei pra cima segurando as lágrimas -
Shawn: Independente da sua escolha - o olhei - Você sempre vai ser o meu primeiro amor - as lágrimas caiam -
Eu: Eu te amo - colei nossas testas -
Shawn: Eu amo muito mais - sorriu fechando os olhos -

Ele encontrou os seus lábios aos meus, e paramos por falta de ar. Me levantei pegando a chave do carro.

•• 15 MINUTOS DEPOIS ••

Bruna: Oi amiga - sorriu - E essa cara?
Eu: Tive uma longa conversa com o Shawn
Bruna: Eita
Eu: Cadê o Luan?
Bruna: Dando banho no Breno - sorri imaginando a cena - Vai lá
Eu: Tá bom - fui até o quarto dele e entrei no banheiro -
Luan: Oi meu amor - sorri disfarçando a cara de choro - Vixi a cara tá péssima
Eu: - olhei pro banheiro e havia água até no teto, Breno batia na banheira que era mil vezes maior que ele, as gargalhadas dele -

Ele tacava água no Luan, eles estavam encharcados, Luan ria sem parar das palhaçadas do filho. Era lindo aquela cena, eu sorri de imediato.

Breno: Vem mamãe - sorriu sapeca - Vamos atacar o papai - disse com voz de bebê -
Luan: Me chamou de que? - sorriu com os olhos brilhando -
Breno: Papai - riu -
Luan: Meu filho - sorriu o abraçando e ele caiu na banheira junto -

Cai na gargalhada, e Luan ainda estava com os olhos brilhando, Breno adorou o Luan, e já tá com a ideia de que Luan é seu pai.

Luan terminou de dar "banho" no Breno, em seguida ele vestiu uma roupa e depois vestiu o Breno.

Breno acabou pegando sono, ele estava todo esparramado na cama do pai que era enorme.

Luan: Já dei o mama pra ele - sorriu -
Eu: Bom trabalho - rimos - Conversei com o Shawn
Luan: Podemos ir pra outro lugar?
Eu: Nossa casa? - digo tímida e ele sorriu afirmando -

Entramos no carro dele, e fomos para a nossa casa.

Eu: Ele chorou demais, e eu chorei junto. Não sei nem o que fazer mais, não posso deixar o Breno crescer sem o Shawn e muito menos sem você
Luan: Mais pra frente o Breno vai entender, independente da sua decisão - alisou meus cabelos - Mesmo que você escolha o Shawn eu vou tá aqui, pro que der e vier - sorriu me trazendo uma paz -
Eu: Obrigada, de verdade - me abraçou -

Ficamos ali abraçados, em seguida voltei pra pegar o Breno, e fomos pra nossa casa. Chegando lá, Shawn não estava, deve ter saído.

Breno estava assistindo desenho.

Eu: Vou tomar banho, fica quietinho tá?
Breno: Tá mamãe - disse atento a TV -

Entrei no banheiro, tomei um longo banho, e em seguida vesti um vestido confortável, e deixei meus cabelos secarem naturalmente.

Olhei no closet e as roupas do Shawn não estava ali, me desesperei caçando cada coisinha dele, e não sobrou nada, absolutamente NADA.

Peguei meu celular, e liguei, ligava sem parar, e só caia na caixa postal. Eu estava desesperada, preocupada, e claro eu estava chorando.

Chorar é a única forma de eu me expressar, Breno me olhava preocupado perguntando se tinha algo a ver com o pai.

Continua?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...