História Revival - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Depressão, Drama, Originais, Wicca
Exibições 4
Palavras 568
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Misticismo, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Self Inserction, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Olá pessoas, olha quem voltou.

Agora fiquem com o capítulo, espero que gostem, por favor comentem, divulguem com os amigos e favorita.

Um beijo.

Tiau.

Capítulo 2 - Primeiro Capítulo


Fanfic / Fanfiction Revival - Capítulo 2 - Primeiro Capítulo

 

 

Primeiro Capítulo

 

Eu observava ele lendo seu livro na frente da lareira, seu rosto sereno e calmo focado nas palavras escritas ali, céus, como eu desejava que ele me olhasse daquele jeito, como queria que seu calor me esquentasse nas noites frias de Louisiana, como desejava que ele ao menos tivesse ideia de como eu precisava dele ao meu lado.

 

Encarava os largos e grandes portões daquela casa que seria meu novo lar, a casa parecia ser muito antiga com seu estilo vitoriano com uma mistura gótica, não sabia identificar.

Peguei minha mala e ajeitei minha mochila nas costas deixando minha franja cair aos meus olhos, entrei pelos grandes portões e minha mãe estava dizendo algo sobre uma grande reforma que faria para deixar aquela casa mais moderna.

Sua futilidade me irritava, não pensem que sou o tipo revoltada que odeia todo mundo e quer que todos morram, relativamente, somente tenho ideias contrarias a maioria dos adolescentes da minha idade.

Enquanto alguns desejam viajar, ser livre, eu só desejava uma paz depois de tudo o que aconteceu.

Ah! Olá meu nome é Faith, sim poderia ser um nome menos irônico? Caso não saiba significa fé, aliás, não tenho nada contra pessoas religiosas pelo ao contrário, respeito todas desde que respeitem a minha.

Voltando a minha breve apresentação... tenho 15 anos, bem nova para alguém que já passou por tantos altos e baixos na vida não acham? Concordo, mas é como digo ‘’ Ás vezes temos que passar por situações bem difíceis para aprendermos com nossos erros, ou errar de novo, vai saber. ‘’

De qualquer forma, mais para frente vocês saberão mais sobre mim.

 

A casa estava totalmente empoeirada me pergunto como minha mãe conseguiu comprar algo desse jeito, parecia que ninguém ia lá a séculos.

 

- Seu quarto é lá em cima, deixe suas coisas lá e veja se o pessoal da mudança deixou tudo em perfeito estado – Falou mamãe, com seu tom de general.

 

Subi as escadas silenciosamente, pude reparar que algumas coisas nossas, talvez, ainda estavam com lençóis.

Abri a última porta que julguei ser meu quarto e joguei a mala na enorme cama que até hoje acho desnecessariamente enorme, simplicidade sempre foi meu ponto forte, se eu pudesse moraria na praia.

Ah praia... quanto tempo não vou a uma boa praia, a última vez foi antes de tudo acontecer...

 

Me deitei na cama e acabei pegando no sono.

P.O.V Sonho On

 

- Fay, lute pela gente – Eu ouvia aquela voz longe –

Corria atrás daquela voz que sentia falta á meses, que saudade daquela voz, que saudade de seu beijo.

Vi sua sombra a minha frente e levantei minha cabeça.

 

- Eu sinto tanto sua falta – Digo correndo em direção aos seus braços.

 

- Fay, porque me deixou partir? Poderíamos ter continuado juntos – Ele disse deixando uma lagrima descer –

 

Eu nunca tinha visto lagrimas vindo dele, logo ele que sempre foi meu porto seguro, a minha alegria.

- Me desculpe, e-eu sei que devia ter fi-ficado – Digo entre soluços, sendo inundada pelas lagrimas.

Ele me olha pela última vez e some em meus braços.

P.O.V Sonho off

 

Acordei desesperada, com o rosto molhado pelas lagrimas quentes, havia pensado que esses sonhos haviam acabados, depois que comecei a tomar remédios para dormir há muito tempo não sonhava com ele.

Por que logo agora?

Essas malditas lembranças seriam meu fantasma, sempre me perseguirão.

Até o próximo capítulo.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...