História Right arm of Justin Bieber- 2 Temporada - Capítulo 27


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Jeremy Bieber, Justin Bieber
Tags Justin Bieber
Exibições 421
Palavras 711
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gente que calor e esse?
Não sei aí onde vocês moram, mas aqui tá um calor insuportável.
Boa leitura e bebam muito água.

Capítulo 27 - Briguinha de casal.


    - Tifanny isso é uma tatuagem?.- perguntou segurou firme o meu braço...
    - Aí Justin me solta.- falei tirando a sua mão do meu braço.
   - Cara. Você só pode tá de brincadeira.- falou rindo.- COMO VOCÊ FAZ UMA TATUAGEM? ASSIM GRÁVIDA?.- começou a gritar comigo e apontar o dedo pra mim, parecia que ele ia me bater.
   - Para de agir assim. Para de gritar comigo!.- aumentei um pouco o tom de voz.
   - Para? Você tem oque na cabeça? Sua idiota, isso é perigoso. Na onde você fez essa porcaria?.- o Justin deu um show, tava furioso,isso que ele não sabe da tattoo da cintura.
   - Eu sei....- ele me interrompeu.
   - Se soubesse não tirei feito.- falou segurando meu braço com força.
    - JÁ FALEI PRA ME SOLTAR!!!.- puxei meu braço e o mesmo me olhou com mas fúria ainda.
    - Cara fica calma.- o Chaz entrou no quarto e colocou a mão no ombro do Justin.
    - Como? Essa garota e idiota!.- falou saindo do quarto e batendo a porta.

   Acordei meio tarde, do que de costume. Vesti um samba canção e desci pra cozinha a mesma estava na mesa junto com uma das empregadas.

       Tifanny on.

    Desci pra cozinha e como não gosto de comer sozinha, fiz a empregada sentar na mesa comigo. Minutos depois o Justin apareceu e não gostou nada do meu ato. 

    - Oque eu falei sobre isso? Empregados não podem se mistura com patrões.- falei irritado.
    - Engraçado né. Pois eu era sua empregada. E olha onde eu tô hoje. Namorando com você.- falei rindo ironicamente.
    - Tifanny pelo amor, e diferente.- falou rindo sem graça.
    - Não é nada diferente. Eu trabalhava pra você, como elas trabalham.
    - Não vou ficar aqui discutindo com você.- o mesmo saiu e subiu pro quarto.
    - Pode terminar de comer.- falei é ri pra mesma.

    14:00 PM.

    Subi pro quarto e o Justin estava jogando algo. Peguei minha bolsa e sai do quarto sem falar com ele.     Depois de ir a uma lanchonete, fui fazer umas comprinhas por bebê. Comprei tudo que achei bonito. Voltei pra casa cansada. Subi pro quarto e o Justin não estava. Peguei meu celular é fui embora pra casa do meu pai.

    - Pai posso ficar aqui hoje?.- perguntei sentando no sofá.
    - Brigou com o Justin?.- perguntou cruzando os braços. O meu pai não gostava muito do meu namoro com o Justin, por conta do mesmo ser famoso e tals. Mas não me importava muito.
    - Sim.
    - Oque aconteceu?.
    - Fiz uma tatuagem.- meu pai arregalou os olhos.
    - Garota você tem problema?.
    - Aí pai. To cansada. Posso ir dormir?
    - Brigou com razão né. Vai menina.- subi pro quarto e fui tomar banho. Quando sai do banheiro meu celular tava tocando.

         Ligação on.

    - Onde você tá?.- era o Justin.
    - Nem me espere. Não vou dormi aí hoje.
    - Onde você tá Tifanny? Não vai dormi aqui porque?
    - Você não precisa sabe onde eu tô. Porque não quero dormi aí hoje.
    - Ok. Então amanhã nem venha mas pra casa.- oque deu nele? Não é pra tanto.
    - Ok então.- não esperei resposta do mesmo, desliguei o celular.

         Ligação off.

    No outro dia eu acordo, mas não levanto da cama.

    - Entra.- falei e a pessoa entrou.- oque você tá fazendo aqui Justin?
    - Vamos pra casa logo.
    - Oque você disse ontem? Que não era pra mim ir pra lá. Não foi?.- o mesmo se aproximou e me deu um beijo apaixonante.
    - Vamos logo. Infelizmente não consegui ficar sem você.
   
   

      2 meses depois.

    Tifanny on.

    8 meses estou esgotada, cansada, estressada, tudo. Olhando minha barriga tá enorme pra 8 meses, as vezes eu achava que tinha dois a três bebê em minha barriga.
   Acordei estressada, com sono ainda, pois dormi que é bom, nada. Eu não conseguia.
   O Justin veio me dá um beijo e eu virei o rosto. O mesmo me olhou e saiu da cama indo pra fora do quarto. Faz dois que fiz a tatuagem, até agora o Justin não viu, a da cintura. Eu não fico mas sem roupa em sua frente. Não estou mas me sentindo bem, pra isso. Pra falar a verdade tô ficando desanimada....
   
  
  
   
   
     
   


Notas Finais


Vish. A Tifanny vai ficar meio chata a partir daqui.😐
Boa tarde.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...