História Right arm of Justin Bieber- 2 Temporada - Capítulo 66


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Jeremy Bieber, Justin Bieber
Tags Justin Bieber
Exibições 255
Palavras 990
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Bebês da Tifanny e do JB .
Boa leitura.

Capítulo 66 - Possessividade??


Fanfic / Fanfiction Right arm of Justin Bieber- 2 Temporada - Capítulo 66 - Possessividade??

-Siiiim. Fomos a família mas linda dessa casa.- falou rindo.

- Vocês poderiam me levar.- fez cara de cachorro quando cai da mudança.

- Levar pra onde?.- a Tifanny perguntou. Deve ter esquecido. E agora eu quero que seja surpresa. Eu olhei pro Chaz e o mesmo percebeu minha reação.- Sei lá.- falou dando a Mia pra Tifanny.

- Ele tem problema.- falei aliviado.

- Olha como esses olhos estão azuis.- falou balançando a Mia, que ria.

- Vou subi.- falei me levantado com o Arthur no colo.

Pov's off Justin.

Pov's on Tifanny.

Faz dois dias que o Justin e o Chaz estão estranhos. O JB não me dá atenção pois fica 24 horas grudado no celular e quando eu vou chegar perto ele bloqueia a tela, que tem senha, coisa que não tinha a dois dias atrás.

- Talvez seja coisa da cabeça da mamãe né amorzinho.- falou pra Mia que ria por qualquer coisa.- ou será que estou certa? Será que o Daddy tem outra?.- me levantei com a Mia nos braços e subi pro quarto dela, coloquei a mesma no berço e fui pro quarto onde o JB devia está.

Como imaginei ele estava lá, e com a cara no celular. Tirei minha blusa, depois o shorts e entrei no banheiro.

- Ele nem ligou!.- falei baixo completamente irritada e com medo da hipótese de ele está me traindo.

Tirei minha langerie e entrei no box, abri o chuveiro deixando a água cai em minhas costas. Terminando de toma banho eu saí do banheiro, enrolada na toalha, fui pro closet peguei a calcinha favorita dele é vesti, fiquei sem a parte de cima mesma e voltei pro quarto, deitando na cama e pego meu celular é fico mexendo.

- Amanhã vou passar o dia todo fora.- minto.

- Tá.- respira Tifanny de Albuquerque. Bufei e o mesmo período.- que foi dessa vez?.- pergunta deixando o celular no criado mudo do lado do mesmo.

- Nada.- falo já sem paciência e com uma pitada de raiva.

- Para de frescura vai.- fala beijando meu pescoço e depois vem de encontro com a minha boca.- não é isso que você que?.- pegou brincando com um dos meus seios. Não falei nada e só fechei os olhos, fingindo está querendo algo, eu não queria transar com ele agora, a única coisa que eu queria era saber oque tem tanto naquele celular.

O mesmo passou a língua no bico do meu seio e depois chupou com força, subi em cima do mesmo e o beijei. Me estiquei e consegui pega o celular dele.

- Me fala a senha.- falo saindo do colo dele.

- Então era isso que você queria?.- fala no sério.

- Sim. E eu quero a senha também.

- Não vou passa.- fala cruzando os braços.

- Não vai falar? Tem certeza?.- falei indo pra varanda do jeito que eu estava, só de calcinha, foda-se os vizinhos.

- Você não é louca.- fala atrás de mim.

- Está duvidando?.- perguntou sem olha-lo.

- Tifanny chegar né. Olha como você está. Entra.- fala calmo.

- Com quem tanto você conversar? Com uma puta?.- falou fingindo que vou jogar o celular.

- Tá brincando comigo né? Pode joga. Sabe que tenho dinheiro pra comprar outro.

- Se não tem outra então coloca a senha aqui.- falei voltando pro quarto.

- O celular e minha privacidade e não tem outra a não ser você, para com isso é vamos dormi.

- Não vou dormir até esse celular está sem a senha.

- Se eu coloca você vai para de me encher o saco?.- falou já sem paciência.

- Sim.- dei o celular pra ele e o mesmo fez oque disse. Olhei todas as redes sociais que ele tinha que dava pra se comunicar, ou seja todas. Sei que é loucura minha...mas traição eu não perdou, nem mesmo amando ele como amo.

- Tá virando possessividade.- falou deitando.

- Não questão de possessividade. Só te amo e não quero te perder pra outra.- o mesmo não falou nada e só riu com meu comentário.

- E fica mãe solteira?.- perguntou

- Não posso muito bem cria meus filhos sozinha.- falei deitando na cama.

- Desculpa aí alienígena. Fez o SEUS filhos com o dedo.

- Isso mesmo fiz com dedo e foi mas prazeroso do que quando faço com você.- falei é o mesmo ficou sério.

- Ah é. Então a partir de agora faça com o seu dedo.

- Ok. Obrigada.- falei é o mesmo levantou uma das sobrancelha.- ei? Acha que tô falando sério?

- Vai saber. Você é estranha.- falou virando de costas pra mim.

- Olha pra mim.- falo dando um tapa fraco nas costas dele.

- Que foi?.- pergunta se virando.

- Você gosta de estranha aqui né?.- perguntei fazendo cara de safada.

- Você é louca.- fala rindo.

- Sei que me ama.

- Hm as vezes até eu mesmo não acredito que amo uma mulher louca como você.

- As loucas são as melhores amor.- falo dando um selinho demorado nele.

- Então deve ser por isso que eu te amo.- falou sério.

- Owmts que fofo.- o mesmo balançou a cabeça e riu. Me levantei e abri a porta.

- Vai a onde?.- perguntou se sentando.

- Vê os gêmeos.- falei saindo e indo pro quarto deles.

Pov's off Tifanny.

Pov's on Justin.

Ela deu a louca que eu estava traindo ela é queria porque queria ver meu celular.

Dei a senha que ela tanto queria e rezei para que a mesma não achasse o site do hotel onde iríamos fica na nossa viagem, que ela também não sabe.

Depois da conversa sobre ET, sobre ela ser louca e sobre eu amar ela, a mesma saiu e foi no quarto ver os bebês, que já estão enormes e espertos.

Pov's off Justin.

Pov's on Tifanny.

Entrei no quarto e os dois dormiam iguais a dois anjinho. Eles eram uns anjinhos quando dormia e uns pestinhas quando acordavam. Principalmente Agora que já começaram a engatear, aí tem que fica 24 horas de olho neles.

   Estão tão lindos que eu fico pensando que eu e o JB fizemos um bom trabalho no sexo.....Haha.....


Notas Finais


Genteee Sorry pela demora, como disse tinha prova, e surgiu várias coisas pra fazer na escola e eu não conseguia posta nada, e aqui em casa tá um saco, eu não sei como ainda não estou louca, tô necessitando sair daqui. Eu não moro com minha mãe, moro com minha "tia" e ela e SUPER chata, se esse capítulo for postado digam amém,pois vai ser com minha net que tá uma bosta e minha tia regula o horário que o wifi fica ligado.
Desculpem o capítulo feito de qualquer jeito. E seeee posta AMÉM.
Bjs suas lindas. Adoro lê os comentários não importa se é pra criticar ou comentar por comentar, fico louca pra ler os comentários de vocês.
Good night....... Não lembro se tá escrito certo kkk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...