História River. - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster
Exibições 65
Palavras 823
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi, nos vemos nas notas finais, leiam!!!!!!

Capítulo 11 - Ultimo capítulo.


Fanfic / Fanfiction River. - Capítulo 11 - Ultimo capítulo.

 

Ele olha para mim, coloca um lindo sorriso largo em rosto, e logo uma onda o consome por inteiro.

Meu amado havia morrido ali naquele momento.

 

 

(...)

 

Último capítulo:

 

 

Um sentimento invadiu todo meu ser, paz;

Não me sentia tolo, muito menos doido, eu entendi o que se passa quando a solidão faz morada em nossas mentes.

No decorrer das horas nós criamos situações que nos favorecem de alguma forma, é como se fosse um sonho impossível, um desejo proibido ou apenas capricho; Namjoon foi para mim aquilo que eu sentia falta, carinho e atenção, minha mente ardilosa planejou tudo e eu apenas cai, mas no final tudo serviu para um belo aprendizado.

 

Àqueles pequeninos grãos de areia se esfriaram, o céu tornou-se denso e escuro, o tempo havia passada como uma rápida piscadela, a noite havia chegado.

 

Não tinha mais sentido eu ficar ali e nem voltar ali, o relógio que antes estava preso em meus pulsos agora estava voando em direção àquelas águas, levanto e faço o caminho até a grande rua que me esperava.

 

(...)

 

 

- Senhor, está tudo bem? - Disse Jung assim que me viu entrar pela porta da frente de minha enorme mansão.

 

- Sobe comigo? - Digo sem vacilar e ele apenas assente seguindo-me.

 

Quando chegamos ao meu quarto percebi o olhar de Jung sobre mim, queria foder com ele ali naquele momento, mas não seria justo usar do menor para afogar minhas mágoas?

 

Sento sobre o colchão fofo, e Jung sentou-se ao meu lado.

 

Acariciei sua mão, ele permaneceu do mesmo jeito como sentou, sem reação.

 

- Não pense que eu sou louco. - Digo e ele continua no mesmo estado. - Eu não sou louco! - Vacilo ao pronunciar, minha voz saiu embargada devido a uma grande necessidade de chorar.

 

Jung surpreende-me com um abraço, e eu apenas afundo meu rosto em seu peitoral tornando-o meu refúgio.

 

Ele arrastou-se comigo até ficarmos deitados confortavelmente na cama onde adormecemos juntos.

 

[...]

 

Já era manhã, e o sol estava a brilhar, os pássaros a cantar e Jung ainda estava ao meu lado, tinha sido uma longa madrugada, na qual Jung me cedeu seu ombro e seu corpo, onde desfrutei sem pena.

Todavia esta atitude atormentou-me, tanto que sequer dormi, fiquei a admirar a criança que fora usada tão suja e cruelmente, me sinto um lixo.

 

Minha rotina continuava a mesma, porém ninguém iria ousar me repreender ao chegar atrasado, pois a empresa era minha. Minhas mãos estavam a acariciar os cabelos sedosos daquela criança que tinha sentimentos por mim, mas eu, egoísta como sou, não conseguia retribuir-lhe decentemente.

 

O garoto abriu os olhos devagarmente, piscando algumas vezes e quando me viu ao seu lado levantou de supetão, acredito que flashes da noite passada rondavam sua cabeça neste momento, então para acalmá-lo entrego-lhe um sorriso largo, e o mesmo retribuiu.

 

 

Nos vestimos sem trocarmos uma sílaba sequer, e descemos para tomarmos café.

 

 

 

 

Dez meses depois…

 

Estava há dez meses sem ir ao rio, meu relacionamento com Jung estava avançando cada vez mais e eu nunca mais vi o Namjoon, e estava tirando um tempo para me divertir, com Jung é claro; Depois daquela noite que passei com a minha criança eu percebi que eu precisava de afeto e atenção, e o único que me oferece isso a todo o momento é Jung, então tivemos uma conversa definitiva naquela manhã.

 

FlashBack:

 

- Jung eu, eu queria lhe dizer que…

- Shhh, não diga nada! - Disse após colocar o indicador em meus lábios.

 

Tomei para mim a sua destra e beijei as costas de sua mão, por fim ele disse:

 

- Eu não preciso que você me ame, apenas deixe-me lhe amar, eu preciso amar você Jin. - Disse o menor avançando seus lábios para os meus, recuei.

 

- Não sei se seria certo, nós dois, a nossa diferença de idade, nossa diferença social, não quero magoá-lo! - Exclamei, dando-lhe as costas, ouvi o menor suspirar.

 

- Ei! - Ele toca-me os ombros, e eu me viro para olhá-lo nos olhos. - Eu não ligo para as nossas diferenças, eu só preciso que me dê uma chance. - Ele avança os lábios dele para os meus mais uma vez, mas dessa vez não consegui resisti e cedi.

 

 

+

 

Estava a caminho do Rio, sentia falta da brisa que batia contra meu rosto, sentia falta do estado de calmaria que eu entrava quando sentava sobre a areia fofa.

 

[...]

 

A brisa invade meus pulmões, revigorando meu humor e minha mente.

 

- Com licença, será que eu poderia sentar-me aqui?

 

Aquela voz? De novo?

 

Meus olhos que antes estavam fechados agora fitavam o rapaz de cabelos azuis que havia sentado ao meu lado.

 

Um sorriso se formou no canto de meus lábios.

 

- Claro que pode, Qual é o seu nome? - Pergunto, mas eu já sabia a resposta.

- Namjoon, mas pode me chamar de Rap Monster se quiser.

 


Notas Finais


Eu tenho que pedir desculpas a vocês, mas eu tenho um motivo muito bobo para não ter postado esse ultimo capítulo, eu realmente gosto dessa fic e fiquei com pena de colocar, e só agora que vi que eu tinha que fazer isso...
bom, eu queria agradecer a todos que acompanharam essa história, muito obrigada mesmo!!!

e venho informar que sim, esse final é uma ponte pra uma segunda temporada, mas eu não disse que ia fazer, disse?? certo!!

Gente, obrigada e desculpa pelos erros que cometi aqui!!

até a próxima!!

Vou deixar uns links aqui pra vocês se quiserem acessar:

https://spiritfanfics.com/historia/imagine-com-ravi-by-vixx--my-revenge-5205282
https://spiritfanfics.com/historia/my-demon-5326539
https://spiritfanfics.com/historia/imagine-com-baekhyun--photograph-6179535
https://spiritfanfics.com/historia/my-not-perfect-life--imagine-jungkook-6297807
https://spiritfanfics.com/historia/eu-odeio-amar-voce-6705795
https://spiritfanfics.com/historia/o-adversario-perfeito-jiminseulgi-6448424


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...