História Robbers - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Vkook, Yoonmin
Visualizações 246
Palavras 940
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Fluffy, Hentai, Lemon, Orange, Romance e Novela, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


volteii

Capítulo 2 - Run


Fanfic / Fanfiction Robbers - Capítulo 2 - Run

Jimin passou o resto da noite sem dormir.De manhã,se sentiu pilhado.Tomou seu café e foi novamente estudar.
Seu celular vibrou em cima da mesa.
Hoseok: Oi,Jiminnie.
Jimin: Oi,Hobi.
Hoseok: O que faz?
Jimin: Estudando.
Hoseok: Pra aquela prova de daqui a 6 meses?Meu Deus!Larga esses livros um pouco!
Jimin: Eu não posso,preciso passar nessa prova,é o meu futuro.
Hoseok: Mas você não faz mais nada além de estudar o dia inteiro,vai fazer alguma coisa!
Jimin: Eu não posso,hyung
Hoseok: Se eu não estivesse muito longe agora,provavelmente estaria indo até a sua casa pra te arrastar pra fora daí.
Jimin: Mesmo que eu quisesse sair,não tenho o que fazer.
Hoseok: Só vai dar uma volta!Isso é uma ordem,Park Jimin!
Jimin: Tá,mas só depois que eu terminar esse livro.
Hoseok: Jimin!Sai,agora!
Jimin está offline

Desligou o celular e deixou seu amigo virtual falando sozinho.Por volta das 18:00,seus pais bateram na porta dizendo que iriam sair com os vizinhos da frente para jantar e o deixariam sozinho.Pensou no que Hoseok havia dito sobre ele só ficar trancafiado no quarto estudando,começou realmente a se sentir sufocado com tantos livros e cadernos.Aderiu dar aquela volta.Esperou seus pais sairem e colocou uma roupa qualquer,ajeitou seus cabelos loiros loiros e saiu.

Ao chegar na calçada em frente à sua casa com passos lentos,viu algo na casa dos vizinhos,no qual haviam acabado de sair com seus pais.Viu um garoto,parecia estar fazendo algo na parede com a mão.Começou a se aproximar assustado."Eu só posso ser louco,esse cara vai acabar me matando..."-pensou sentindo um calafrio.
-Ei,você!O que está fazendo aí?-conseguiu manter um tom desafiador,mas estava morrendo de medo por dentro.
O garoto nas sombras da lateral da casa riu e chacoalhou o que estava em sua mão,uma lata de tinta spray.Ele estava pichando o muro.
-Você não pode fazer isso!-falou Jimin parando perto do garoto,que usava uma toca,um casaco comprido,uma calça jeans preta rasgada nos joelhos e uma blusa preta.
-E o que você vai fazer?-riu continuando seu vandalismo-Chamar a polícia?
-Ahm...-era exatamente isso que iria fazer,mas não fez por orgulho,já que o garoto o pressionou.
-Quer tentar?-ergueu a lata à frente do loiro.
-Eu não!
-Você parece estressado-o analisou pelo olhar-Só tenta,vai te acalmar.
-Eu não estou estressado-cruzou os braços.
-Tá bom,acredito-ergueu a lata novamente-É só uma vez na vida,custa tentar?
-Mas isso é errado-apontou para a pichação.
-Vai tentar ou não?-perguntou já impaciente,mas percebendo a tentação nele.

Jimin pegou a lata de tinta,com medo e chegou perto do muro,aproximando o objeto do mesmo.Ficou assim,parado,sem espirrar a tinta.Estava sentindo seu coração acelerado,seu sangue como se estivesse quente e histérico,nunca tinha sentido isso antes.
-Ei,não vai fazer nada?-perguntou.
-E-eu não tenho coragem...-desaproximou a tinta da parede.
-Confia em mim,isso alivia o estresse-pegou a mão de Jimin com a lata e reaproximou do muro.

Ao apertar a lata e ver a tinta ser borrifada aos montes na parede,começou a rir.Era uma sensação de alívio com medo e ansiedade.Os dois caíram na risada.
-Afinal,qual o seu nome?-perguntou o desconhecido.

Quando Jimin foi abrir a boca para falar,escutaram sirenes se aproximando.O garoto tirou a lata de tinta da mão dele,pegou sua mão e começou a correr para dentro do quintal dos vizinhos.Pularam a cerca e começaram a correr pela rua.Estavam sendo perseguidos pela polícia,alguém tinha os denunciado.
-Corre!-falou rindo ainda puxando Jimin pela mão.
Ele estava rindo junto ao garoto,mas não sabia o por que,já que tudo aquilo era muito errado.

Estavam passando por um lugar escuro,quando o garoto estranho o puxou para um canto escondido na frente de um prédio,no meio dos arbustos.Os dois estavam ofegantes.Esperaram a polícia passar e voltaram a rir.
-Como se sente agora?-perguntou o menino.
-Eu não sei,é estranho,eu to histérico e...eu não sei como explicar-o encarou.
-Isso se chama adrenalina-sorriu-Nunca sentiu antes?
-Na verdade,não,nunca-riram novamente-Ah,meu nome é Park Jimin.E o seu?
-Min Yoongi-apertaram as mãos.

Jimin,ao sentir a mão fria dele na sua,sentiu seu corpo se estremecer e não conseguiu tirar seus olhos dos de Yoongi.Se perdia em pensamentos aleatórios,quando notou que já estava silêncio demais.
-Ahm...Aquela casa,ela era dos meus vizinhos-disse trocando o assunto.
-Pera,você quer dizer que conhece quem mora naquela casa?-sua expressão mudou de alegre para preocupado.
-Sim,meu pais saíram para jantar com eles agora a pouco.
-Você tem ideia de quanto isso é perigoso?
-Qual o problema?-Yoongi percebeu a ingenuidade do garoto.
-Foi um dos seus outros vizinhos que denunciou a gente,eu tenho certeza!
-E daí?
-E daí que eles podem te reconhecer!E você tava junto comigo!
-E-eu...
-Eu vou te levar pra sua casa,Jimin.Não comenta que andou comigo com ninguém-levantou e começou a puxa-lo pelo pulso.
Foram pelas ruas de trás,para não correrem o risco de encontrarem outra ronda.Entraram pulando a cerca de trás da casa de Jimin.
-Espera,Yoongi-disse se apoiando na cerca olhando do outro lado.
-Fala.-se virou para ele.
-A gente...vai se ver de novo?-Jimin tinha gostado de sentir aquelas sensações.
-Não.-seu bom-humor foi atirado contra o chão com a resposta fria do garoto-Bom,talvez.Se eu não tiver problemas-sorriu para o menor-Prometo que qualquer dia eu passo aqui.

Yoongi também tinha gostado da companhia dele.O julgou como inocente,sentia isso de longe.Ao Jimin falar que nunca tinha experimentado adrenalina,ficou surpreso,mas nem tanto quanto pensava.Esperava que ele era "santo",só pelo medo que viu em seus olhos na hora que pegou Yoongi no flagra.

Jimin entrou pela porta de trás,pela cozinha.Agradeceu internamente por seus pais não estarem.Pegou uma maçã na geladeira e subiu de volta para o quarto.Trancou a porta e parou em frente à janela.Dali dava para ver a pichação no muro lateral da casa de seu vizinho.Riu baixo e pensou:
"Gostar de ter feito uma coisa errada é uma coisa muito ruim?"



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...