História Robot loves you too... Camren. - Capítulo 32


Escrita por: ~

Postado
Categorias Camila Cabello, Fifth Harmony, One Direction
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Harry Styles, Lauren Jauregui, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Normani Hamilton, Zayn Malik
Tags Camila Cabello, Camren, Fifth Harmony, Larry, Lgbt, Máquina, One Direction, Robô, Tecnologia, Zayn Malik
Visualizações 849
Palavras 1.847
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Ficção Científica, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 32 - Capítulo 32.


No dia seguinte.

- Todos estão prontos? - Lauren perguntou.

- Sim, mas a Normani ainda está no banheiro. - Dinah falou pegando sua bolsa.

- Normani!!!! - Lauren disse indo até o banheiro e gritou por ela.

- O que?! - Ela respondeu.

- Vamos, logo. - Lauren revirou os olhos tentando abrir a porta.

- Não posso ir de qualquer jeito e já estou terminando!

Lauren saiu de lá e se sentou no sofá, todo mundo já estava pronto, menos Normani que ficava enrolando. Todos estavam reunidos, até Louis. Ninguém queria perder a oportunidade de conhecer Clara Jauregui.

- Se ela é criadora da Lauren, ela é sua sogra? - Niall perguntou franzindo o cenho.

- É? - Camila fez uma careta.

- Eu acho que sim. - Dinah falou dando de ombros.

- Vocês são tão burros. - Louis falou. - Ela só é a criadora de Lauren e não a mãe.

- Mas é a mesma coisa, ué. - Harry disse.

- O que é uma mãe? - Lauren franziu o cenho.

- Poxa, amor. - Camila falou encarando Lauren. - É o que você pretende ser.

- Eu vou ser mãe? - Lauren encarou Camila.

- Vai. - Camila riu.

- Pronto, gente. - Normani apareceu. - Terminei.

Todos sorriram aliviados, com exceção de Dinah que sorriu apaixonada. Eles saíram da casa e os meninos foram no carro de Niall e as meninas no carro de Louis. Niall tinha que seguir o carro delas porque eles não sabiam onde morava Clara Jauregui.

- Qual vai ser o nome do bebê de vocês? - Dinah perguntou.

- Nem sei. - Camila deu de ombros. - Se for menino quero Christian e se for menina vai ser Sophia.

- Sophia? - Lauren encarou ela. - Esse nome é meio estranho.

- É lindo. - Normani disse.

- Concordo com Lauren, melhor rever isso. - Dinah disse e Lauren assentiu.

- Tudo bem, que nome você gosta? - Camila olhou para Lauren.

- Camren. - Lauren falou.

- Camren? - Ally perguntou.

- Que tipo de nome é Camren? - Camila deu risada.

- Nossos nomes juntos. - Lauren olhou para ela.

- Camren... - Dinah disse gravando a palavra. - Verdade!

- Cam de Camila e Ren de Lauren. - Normani disse.

- Meu Deus. - Elas caíram na risada e até Lauren sorriu.

Elas ficaram conversando sobre aquilo e depois de um bom tempo, entraram em um condomínio muito chique. As meninas ficaram olhando para as casas do condomínio e ficaram boquiaberta.

- Nossa... - Normani disse. - A Clara mora aqui?

- Sim. - Lauren disse.

O carro dos meninos vinham logo atrás delas. Lauren estacionou na frente de uma enorme mansão branca e todas saíram do carro e os garotos fizeram o mesmo. Em volta da mansão tinha vários robôs mas nenhum com aparência humana, eram apenas máquinas.

- Nossa. - Os olhos de Camila brilharam. - Quantos robôs. - Ela sorriu. - Isso é um paraíso.

- Olha como são lindos. - Dinah disse. - Quero apertar todos.

- Eu ficaria longe deles se eu fosse vocês. - Lauren falou.

- Eu tô apaixonado. - Harry disse sorrindo e um dos robôs veio até eles.

- Bom dia. - Ele disse parando em frente a eles. - Clara Jauregui está a sua espera Srta. Jauregui. - Ele disse virando de costas e voltando a fazer o que estava fazendo antes.

- Que coisa linda. - Ally falou pulando de alegria.

- Amor, eu quero um. - Camila falou agarrando o braço de Lauren.

- Eu também. - Dinah disse sorrindo.

- Vamos entrar. - Lauren disse indo até a entrada da mansão.

Uma bela mulher de cabelos castanhos e olhos quase semelhantes aos de Lauren, estava parada na porta. Sua pele clara combinava com seu blazer branco. Ela falava algo com um dos robôs que apenas assentiu e saiu de perto dela. Ela sorriu ao ver Lauren e caminhou até a mesma.

- Nossa, ela é linda... - Justin cochichou para Shawn que assentiu.

- Lauren, minha querida. - Ela falou abraçando Lauren fortemente. - Vejo que está acompanhada. - Clara sorriu ao ver o pessoal.

- Clara Jauregui. - Lauren apresentou ela para eles e ela sorriu acenando para todos. - E esses são Justin, Shawn, Louis, Liam, Niall, Harry e Zayn. - Cada um sorriu para ela. - E essas são Camila, Dinah, Normani e Ally.

- Prazer. - Ela disse e todas sorriam. - Então você é a famosa Camila? - Clara foi até Camila que arregalou os olhos.

- Famosa? - Camila perguntou.

- Lauren falou bastante de você quando veio pra cá. - Clara disse. - E se não estou enganada, você que ligou ela, não foi?

- Sim...

- Então você foi a danadinha que descobriu o modo correto de ligar ela. - Clara falou e Camila corou.

- Isso...

- Vamos entrando. - Clara falou e seguiram ela.

- Você que fez esses robôs? - Zayn perguntou.

- Todos eles, quando tive que desligar Lauren, minha vida ficou solitária e fiz todos. - Ela deu de ombros.

Ao entrar na casa notaram o quão bonita ela era. Havia um grande quadro na parede da sala, nele estava Clara Jauregui sorrindo para a câmera e Lauren ao seu lado com um semblante sério e Mike olhava para Lauren. Lauren olhou para a foto e se lembrou do dia que tiraram essa foto. Ela esqueceu de todos que estavam ali e Clara ficou olhando para ela com um sorriso.

- Lauren amava muito ele. - Clara disse.

- Imagino. - Camila disse.

- Lauren disse que iriam passar o dia aqui então pedi para que minha cozinheira fizesse um bom almoço para vocês. - Clara falou. - Bom... Vou mostrar o resto da casa para vocês.

Lauren saiu de seu transe e voltou a acompanhar Lauren que mostrava os cômodos da casa para todos.

- Esse aqui é o quarto que Lauren ficava. - Clara disse abrindo a porta do mesmo.

O quarto era grande, as paredes brancas e havia algumas fotos de Lauren com Mike e outras de Lauren com Clara. A atenção de Camila foi atraída por uma foto onde Lauren estava com uma menina que parecia ela e um rapaz alto, ambos sorriam para a câmera e foi a primeira foto que Camila viu que Lauren sorria.

- Quem são? - Camila perguntou para Clara.

- Oh... - Clara pegou o retrato. - São meus filhos... Taylor e Chris.

- Onde estão? - Camila perguntou.

- Na faculdade. - Clara sorriu. - Eles vão vim me visitar no Natal.

- Ela parece a Lauren. - Dinah disse se referindo a Taylor.

- Ela é irmã de Lauren. - Clara falou. - Lauren é minha filha. - Clara sorriu para Lauren. - Obrigada por ter ligado ela e por ter feito tudo que fez... Eu nunca imaginei que Lauren poderia evoluir tanto.

- Eu que agradeço por ter criado ela. - Camila falou.

Clara continuou a mostrar o resto da casa e levou todos até o quarto onde ela criava suas coisas.

- Foi aqui que você fez Lauren? - Zayn perguntou.

- Sim. - Ela disse.

- É lindo. - Dinah disse.

- Bom... É aqui que irei fazer os procedimentos para gerar a criança de vocês. - Clara olhou para Camila.

- Explica como é. - Camila falou e Clara mandou todos se sentarem no grande sofá branco.

- Bom... É um processo bem simples. - Clara falou. - Vou pegar seu DNA e os de Lauren, depois irei juntar ambos. - Ela gesticulava. - Mas irei precisar de um doador para que eu possa injetar tudo em você. - Clara olhou para Camila.

- Tipo doador de esperma? - Harry franziu o cenho.

- Isso. - Clara respondeu.

- É o mesmo que os médicos fazem... - Shawn disse.

- Não... Os médicos fazem algo bem diferente. - Clara falou. - Lauren é um robô, ela não tem o que as mulheres tem. E é algo complicado ao extremo para juntar as células dela com as de Camila.

- Então esse doador seria o pai? - Louis perguntou.

- Negativo. - Clara respondeu. - Um exemplo, para provar que é diferente do procedimento que os médicos fazem, é isso. Para os médicos, o doador teria uma percentagem de pai mas no meu procedimento não. A criança não terá nada em comum com o doador e muito menos seu DNA.

- Nossa. - Justin disse. - Isso é incrível.

- Vai doer? - Camila perguntou.

- Não... - Clara disse. - Você irá passar por tudo que uma gestante passa.

- Você não pode fazer ele igual fez Lauren? - Camila perguntou.

- Não, ele não sairia daquela forma e seria uma máquina. - Clara respondeu.

- Prefiro a dor mesmo. - Camila engoliu sua própria saliva. - E quando faremos?

- Assim que acharem um doador. - Clara disse.

- Harry! - Todos falaram juntos.

- Eu? - Harry encarou eles.

- Sim. - Dinah disse.

- Tudo bem... - Ele respondeu sorrindo.

- Todos estão de acordo? - Clara perguntou e todos assentiram. - Então vamos?

- SIM! - Camila disse.

- Camila apenas vou precisar tirar um pouco do seu sangue e Lauren... Com você será diferente... Vai demorar. - Clara olhou para Lauren.

- Tudo bem. - Lauren respondeu e Camila sorriu orgulhosa.

- Eu te amo. - Camila disse abraçando Lauren.

- Camila, me acompanhe. - Clara falou e Camila se levantou. - Sente naquela cadeira. - Camila obedeceu. - Não vai doer. É só uma picadinha.

Camila assentiu e fechou os olhos e realmente foi apenas uma picadinha. Ela abriu o olho esquerdo e viu Clara inserindo seu sangue em um pote.

- Ué, já? - Camila perguntou.

- Eu disse que seria uma picadinha. - Clara deu de ombros. - Bom, gente. Vão almoçar e enquanto isso eu irei fazer o procedimento com Lauren.

- Amém, eu estou morta de fome. - Dinah falou e todos saíram de lá.

- Conhecem o caminho? - Clara perguntou.

- Eu memorizei. - Justin disse.

- Sintam-se em casa. - Clara falou e todos se retiraram.

...

Horas depois.

Todos já haviam almoçado e Clara ainda estava com Lauren. Camila estava achando aquilo demorado demais e estava preocupada mas era normal que Clara demorasse.

- Gente, só eu estou ansioso? - Harry perguntou.

- Não... - Todos disseram.

- Camila e seus pais? - Dinah olhou para Camila.

- Vou ter que falar a verdade... - Camila disse. - Sei que não irão reclamar.

Camila estava muito ansiosa. Isso tudo era insano pra ela. Tudo aconteceu tão rápido, ela ainda lembrava do dia que foi ao Museu para ligar Lauren. E hoje lá estava Lauren fazendo um procedimento para realizar um dos sonhos de Camila. Camila se sentia mal por esconder um segredo de Lauren mas ela não queria estragar as coisas e ela achou que isso seria o melhor a fazer. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...