História Rock me - Capítulo 34


Escrita por: ~

Postado
Categorias Lily Collins, One Direction
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Personagens Originais, Zayn Malik
Exibições 168
Palavras 1.146
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olaaaa minhas queridas, tudo bem com vocês? Espero que sim. Antes de postar mais um capítulo (que sem me gabar, tá top) vou esclarecer uma coisinha.
Lembra do cara que a Anne esbarrou no corredor? Então ele se chamava Dylan, isso chamava, não chama mais. Bom, eu além de escrever sou leitora, e acabei vendo que em muitas fic tem esse nome: Dylan. Por isso resolvi mudar, a partir de hoje ele se chama Theo! Boa leitura, até mais! 💕

Capítulo 34 - Ah mais você vai gritar


Depois que minha mãe e meu tio se instalaram, conversamos até escurecer. Logo eles tomaram um banho e saíram, dizendo que tinham coisas pendentes a resolver, o que resultou em uma Anne sozinha.
Após meu banho, coloquei uma camisola e pedi uma pizza. Poucos minutos depois a mesma chegou, paguei o entregador e fui pra cozinha. Estava comendo, quando ouvi a porta da sala sendo aberta.
    - Annelise? - ouvi a voz de Zayn, e a porta sendo fechada.
    - Na cozinha - falei de boca cheia.
Ouvi seus passos e em alguns segundos ele estava em minha frente. Fiz um gesto pra ele se sentar e assim ele fez. Comemos a pizza em silêncio, porém a troca de olhares era inevitável. Zayn ia falar alguma coisa, quando meu celular apitou, indicando uma mensagem. Olhei no visor e vi "Theo", sorri. Bom, depois daquele esbarrão no corredor da faculdade, começamos a conversar mais. Ele era um amor de pessoa!
    - Quem é? - me olhou de canto com a boca cheia.
    - Ah...é o, ah...é o Theo - sorri sem graça.
    - Theo? Eu conheço? - Zayn arqueou uma sobrancelha.
    - Bom, é...não! Ele trabalha como estagiário lá no orfanato - dei de ombros, abrindo a mensagem.
   "Oii Anne, tudo bem? Bom, sábado vai ter uma festa da facul, e bem...Estou sem acompanhante. Gostaria de ir comigo? xxTheo
Sorri com seu convite. Pensei um pouco e resolvi aceitar, afinal estava também sem acompanhante, e eu queria sair então, porque não? 
   "Oii, tudo sim e você? Bem, claro que eu aceito. Te espero no sábado! xxAnne"
Enviei e logo a resposta chegou.
   "Ótimo! Te pego as oito, até mais. xxTheo"
    "Até :p"
Enviei e olhei pro lado sorrindo, encontrando um Zayn com a cara fechada.
   - Já pode ir desmarcando, você não vai sair com esse cara - falou sério.
   - O que? Você tá zoando com minha cara - falei indignada, mas levantei.
   - Claro que não, tô falando serio - levantou também.
   - Eu mereço, vamos resolver algumas coisas Zayn - me aproximei - Eu já sou grandinha o suficiente pra saber o que faço da minha vida, então eu vou nessa festa com o Theo sim, estamos entendidos? Ótimo - sorri cínica e subi pro meu quarto.
Assim que pisei no último degrau senti mãos em meu braço me segurando, bufei.
   - Se eu falei que não vai, você não vai - Zayn falou entre dentes.
   - Vou sim - tentei me soltar.
   - Não vai e pronto - segurou meu braço mais firme.
   - Vou e me solta idiota - fiz força mais nada adiantou.
   - Não, não e não - segurou os dois braços me olhando intensamente, um calafrio me subiu assim como a raiva.
   - Me larga ou eu vou grita seu babaca - falei alto me debatendo.
   - Ah mais você vai gritar - aproximou nossos corpos - Na cama e pelo meu nome!
E me beijou, tentei me soltar, mas quando vi estava totalmente entregue. Segurei em sua camiseta e o puxei mais pra mim, Zayn segurou meus cabelos e eu gemi, ele sabia meu ponto fraco.
Zayn me empurrou contra uma porta e pediu passagem com a língua, que óbvio cedi. Tateou com uma mão a porta atrás de mim e abriu, nos empurrando pra dentro.
Ele desceu os beijos por meu pescoço e sugou a carne do local, segurando com mais força meus cabelos, gemi.
    - Você é um cachorro - mordi o lábio.
    - Eu sei que você gosta - sorriu e eu colei nossos lábios novamente.
Ele desceu as mãos por minhas coxas apertando com desejo, e tirando minha camisola, suspirei contra sua boca puxando seus cabelos. E tirei sua camiseta, analisando seu belo corpo.
    - É eu gosto - sussurrei puxando sua calça, fazendo ele rir.
   - Tá com pressa é? - mordeu meu seio forte.
   - Aí Zayn! Vai ter volta - mordi seu labio nos virando, me deixando por cima.
Zayn riu segurando minha cintura, comecei a distribuir beijos, mordidas e chupadas por seu corpo, causando gemidos baixos dele, sorri e rebolei em cima de seu membro.
    - Porra - gemeu e começou a chupar meu seio, segurei seus cabelos.
    - Você gosta disso Z? - rebolei novamente.
    - Ôh se gosto - apertou minha cintura.
  O beijei e me ajoelhei abaixando sua cueca, fazendo seu membro saltar pra fora, umedeci os lábios e o abocanhou, fazendo Zayn gemer alto.
Comecei a fazer movimentos de vai e vem, e o que não cabia fazia com a mão, que o deixou delirando. Senti ele engrossar e passei a língua pela cabeça, fazendo ele vir em minha boca. Engoli o que consegui, deixando um pouco cair ao redor de meus lábios, mas tratei de lamber, Zayn e gostoso em todos os sentidos.
Sorrimos e Zayn me puxou pra cima me beijando ferozmente, nos virando, ficando ele novamente por cima.
    - Zayn a porta - mordi seu lábio inferior.
    - Perai - me deu um selinho indo até a porta trancando, pegou na carteira uma camisinha e colocou - Pronto babe, de prepare!
Rapidamente ele me cobriu com seu corpo e me penetrou forte.
    - Zayn! - gritei arranhando suas costas.
    - Falei que você ia gritar pelo meu nome - sorriu sacana, estocando mais uma vez forte.
    - Ah..eu te odeio - o beijei.
Céus! Aquele homem me deixava nas nuvens, a cada estocada um gemido alto. A sincronia que nossos corpos e gemidos faziam era maravilhoso. O suor já se fazia presente, deixando tudo mais quente ainda. Eu arranhava suas costas sem parar com tamanho prazer, assim como Zayn deixava chupadas pelos meus seios.
Finquei minhas unhas em suas costas com mais força, quando cheguei ao meu ápice. Meu corpo todo tremeu e mordi meu lábio forte pra não gritar alto, mas um mesmo assim um gemido saiu. Mais algumas estocadas e Zayn chegou ao seu ápice chamando pelo meu nome.
     - Annelise! - gemeu colocando seu rosto na curva de meu pescoço, deixando um beijo ali.
    - Ual, estamos melhorando - acariciei seus cabelos, ofegante.
    - Você me deixa louco - riu saindo de dentro de mim, jogando a camisinha fora.
    - Digo o mesmo de você badboy - sorri e ele deitou ao meu lado.
    - Vem cá vem - me abraçou, me aconcheguei em teus braços braços beijando seu peito.
    - Acho que foi a despedida - murmurei brincando com nossos dedos, enquanto ele nos cobria.
    - Como assim? - acariciou meus cabelos.
     - Eles voltaram - me sentei na cama enrolada no lençol.
    
 
   


Notas Finais


Mano eu amei esse capítulo sem zoas. Vish e agora? O que eles vão fazer? O que acharam migas?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...