História Rock me - Capítulo 36


Escrita por: ~

Postado
Categorias Lily Collins, One Direction
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Personagens Originais, Zayn Malik
Exibições 151
Palavras 957
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Heeeeey! Sorry pela demora, mas então, eu esqueci o que ia falar 😂 então vou deixar de enrolação e bora pra mais um capítulo. Boa leitura amorecos 💙

Capítulo 36 - Eu estou aqui


Fanfic / Fanfiction Rock me - Capítulo 36 - Eu estou aqui

    Anne pov's
Meu celular tocava sem parar enquanto lágrimas tomavam conta do meu rosto. Eu havia confessado que o amava e ele simplesmente não falou nada..Dizem que o silêncio as vezes é a melhor solução, mas naquele momento não era. Eu o queria como nunca quis antes e hoje tive a conclusão que só havia amor de minha parte. Sentei-me embaixo de uma árvore, analisando tudo ao meu redor. Eu nunca fui boa com amores ou namorados, vejo isso pelo que faço com Jake, ele é tão bom comigo enquanto eu agi como vadia, me entregando pra outro homem, mas não era qualquer um, era Zayn, o homem que eu amo.
Estava perdida em meus pensamentos quando uma sombra se fez presente em minha frente, ergui o olhar encontrando Ed, limpei as lágrimas rápido e sorri de leve.
   - Anne? O que houve? Porque está chorando? - agachou em minha frente, me atacando de perguntas.
    - A-ah não, eu...eu, desculpa eu não queria te preocupar - respirei fundo.
    - Ei tudo bem, amigos são pra isso - sorriu limpando minhas lágrimas - Vem, vamos tomar um café.
Ed me ajudou a levantar e me abraçou, retribuí o abraço contendo as lágrimas, nos separamos e ele me abraçou de lado, me guiando até uma Starbucks.
O caminho foi em silêncio, e eu agradeci por isso, não comentar nada na rua.
Chegamos a uma Starbucks e sentamos numa mesa afastada, Edward foi fazer os pedidos quando meu celular tocou. Pensei que era Zayn, novamente mais me enganei assim que vi Nini no visor, abri a mensagem.
   "Anne? Aonde você se meteu? Estamos loucos atrás de você. Nos dê sinal de vida! xxNiall"
   " Estou bem, saí pra pensar um pouco, estou com meu amigo Edward. Não se preocupe! xoxoAnne"
Guardei o celular respirando fundo, e Edward chegou com os pedidos, forcei um sorriso e ele se sentou a minha frente.
   - Bom, acho que agora é a hora que você me conta o que aconteceu - bebeu seu café.
   - Olha Edward, eu não sei como te contar, tá tudo muito confuso, eu...eu só sei que o amo - me encolhi na cadeira.
   - Malik? Ah até que enfim se entregou - suspirou.
   - O-oque? C-como? - falei confusa.
   - Sabe quem não notar isso é um babaca, tá na cara que vocês se amam - falou firme.
   - Você está errado, ele não me ama - abaixei o olhar - Eu queria  Ed, eu queria amar o Jake como amo o Zayn, seria tudo mais fácil - comecei a chorar.
   - Não chora, eu estou aqui - me abraçou. Ficamos assim um tempo - Vem, vou te levar pra casa.
Pagamos a conta e saímos dali. Durante o caminho eu pude pensar e tomei uma decisão: Não haveria mais qualquer tipo de relação entre mim e Zayn.
Isso já havia ido longe demais, eu continuaria namorando Jake e esqueceria o Malik, nem que eu tenha que sofrer mais do que estou sofrendo. Voltaria ser a Anne, grossa e fria que era, seria o melhor pra todos.
Agradeci a Edward pelo que fez por mim e entrei em casa. Dei graças a Deus pela casa estar vazia. Subi direito pro meu quarto e quando abri a porta paralisei. Meu coração acelerou e minhas pernas ficaram bambas. Eu não podia falhar, me recompus rapidamente.
    - O que faz aqui? - fechei a porta atrás de mim, sem desviar o olhar.
    - Aonde estava com aquele babaca? - Zayn levantou vindo em minha direção, parando a minha frente.
    - Não é da sua conta, agora por favor saia do meu quarto - passei por ele, indo até o meu closet.
    - Ah não? Meu, você sai daqui e some, e ainda por cima com ele. Eu exijo uma uma explicação - falou irritado.
    - Você não é nada meu pra exigir isso, vai embora - passei por ele pra abrir a porta mais ele me segurou - Não toca em mim! - minha voz saiu embargada.
    - Para de me tratar assim, eu não te fiz nada. Sempre tentei te ajudar e você sempre me dava patada. Essa não é a Annelise que eu conheci a semanas atrás porra - me puxou pela cintura, me soltei.
    - Aquela Annelise nunca existiu, me esquece, esquece qualquer tipo de afeto que a gente tinha. Eu quero que você vai embora daqui, não quero te ver, me deixa em paz! - falei chorando.
Abri a boca pra falar, mas fui interrompida por seus lábios contra os meus. Zayn segurou minha cintura com força, enquanto lágrimas desciam por meu rosto. Eu ia sentir saudades dos seus lábios, do seu corpo sob o meu, do seu sorriso, do seu cheiro, do seu toque, de tudo, mas isso não podia continuar. E foi pensando nisso que o empurrei, dando-lhe um tapa na cara, aquilo doeu mais em mim do que nele.
Ele colocou a mão no rosto e me olhou. Eles transmitiam tristeza, aposto que os meus estava pior.
     - Nunca mais faça isso, vai embora - abri a porta do quarto em lagrimas sem olhar em teus olhos.
Zayn continuou me encarando mais assentiu respirando fundo, passou por mim e parou ao meu lado, me olhando pela última vez antes de sair pela porta.
Fechei a porta com força e desci pela mesma até estar no chão, coloquei a cabeça entre meus joelhos e chorei.
Me levantei atordoada e comecei a quebrar tudo o que via pela frente, eu estava com raiva, raiva da minha vida, por tudo dar errado.
Olhei ao meu redor e gritei, vendo meu quarto todo revirado e quebrado, me sentei aos pés da cama e chorei mais, até cair no sono.


Notas Finais


Eitaaaa, até eu tô tensa. O que acharam?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...