História Rock-Me - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Karol Sevilla, Ruggero Pasquarelli, Sou Luna
Personagens Karol Sevilla, Ruggero Pasquarelli
Tags Drama, Romance, Ruggarol, Sexo
Exibições 394
Palavras 823
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 3 - Chapter Three


 

Chapter Three 

 

Segunda-feira. Mais um dia normal, diriamos. Não, na realidade nenhum dia é normal quando você acorda com o pau duro. É eu sei, tá foda. Mas eu logo digo que, a Candelaria já não me satisfaz. E isso é, vamos dizer, pertubador. Desliguei o despertador já esfregando os olhos, eu tava cansado, eu tinha ido dormir pensando no que tinha acontecido naquele churrasco, mas fazer o quê, ela tinha controle sobre tudo que se relacionava a mim. 

— Amor? — escutei Candelaria resmungar. Eram seis da manhã, ela podia continuar dormindo. 

— Volta a dormir Candelaria. — eu disse seco, mas ela não percebeu. 

Levantei e fui fazer um café. Tomei rapidamente, subindo pra tomar banho e colocar uma roupa, eu tinha que ir trabalhar, afinal eu que sustento essa casa mesmo. E ah, a Candelaria também. 

Eu já estava pronto, desci pegando as chaves do carro e abri a porta sentindo aquela brisa gelada que eu costumava sentir diariamente. Entrei no carro e parti. Minha mente tava confusa, talvez desejo poder falar mais do que amor ou paixão, não sei. Talvez eu esteja delirando, é. E talvez nem seja ela ali andando com aquela saia curta do uniforme. O QUÊ? ELA TÁ ALI? Ai Deus. 

Eu observei ela, com a saia minúscula do uniforme, deixando a mostra suas coxas, a camiseta social amarrada, deixando aparecer sua barriga e usava maria chiquinha. Ela tava ouvindo um Ipod, e estava muito gostosa, isso sim. Andei devagar ao seu lado e abri o vidro, ela me olhou de relance e parou de andar, entrando no carro sem mais nem menos, isso porque eu nem convidei. 

— Não acha que essa roupa tá muito imprópria pra ir à escola, Senhorita Sevilla? — eu perguntei olhando pra frente com a mão no volante. 

— Não acha que você deveria falar menos e prestar mais atenção senhor Ruggero ? — ela disse também olhando pra frente. 

— O que você quer dizer com isso? — eu perguntei arqueando uma sobrancelha. 

Ela sorriu com malícia e deixou o corpo virado pra mim, colocou um dos pés em cima do banco e abriu a perna deixando claro que estava sem calcinha. 

— Você...tá... sem ca-calcinha. — eu falei engolindo em seco voltando o olhar pra frente de novo. 

Ela respondeu com um simples " uhum" continuei dirigindo e coloquei uma mão na perna que estava balançando freneticamente. Ela olhou pra minha mão e pegou nela devagar, eu virei o rosto pra ela imediatamente e fiquei observando sua mão que trazia a minha pra mais perto dela, e aos poucos eu vi onde ela queria colocar minha mão. Eu não hesitei, apenas a vi fechar o olho quando minha mão tocou seu orgão, eu abri a boca sentindo que o tesão não passaria rápido e estacionei o carro, só com uma mão no volante, num beco qualquer já no centro da cidade. Tirei meu cinto sem tirar a mão de onde estava e inclinei meu corpo pra ela, abrindo mais as suas pernas e aprofundei a mão fazendo ela soltar um suspiro e jogar a cabeça pra trás. Eu fazia movimentos circulares que nem eu havia observado ela fazer outro dia, a cara de prazer que ela fazia me dava tesão, e eu tinha que sentir aquele corpo junto ao meu, mas isso era impossível no momento. Inclinei mais, abaixando a cabeça e levantando mais a saia, ela por sua vez encostou na porta do carro e apoiou no banco deixando uma perna em cima do meu ombro e a outra em cima do volante. Eu passei a ponta da língua devagar por cima do clitóris dela e ela soltou um gemido que me deixou arrepiado. Senti sua mão agarrar meus cabelos e eu aprofundei a língua inteira nela fazendo-a soltar um gemido mais intenso. 

— Vai Ruggero, você faz melhor que isso. — eu escutei ela falar entre gemidos. 

Eu segurei forte em sua coxa, e passei a língua em movimentos rápido pelo clitóris todo, e ela gemia e gemia cada vez mais alto. Eu dava chupadinhas que eu sabia que a deixava louca de prazer, e por fim eu fiquei a chupando por um tempo mais longo até ouvir ela soltar um gemido estendido, e puxar meu cabelo levando minha cabeça pra cima. Ela estava ofegante e com um sorriso extremamente safado no rosto. Eu sorri devolta, dessa vez sem malícia, apenas sabendo que ela havia tido um orgasmo e havia gostado bastante. 

— Eu amo... sexo oral. — ela disse suspirando. Eu dei risada, e cheguei com a boca perto do pescoço dela e a beijei rindo.

— E você prática tão bem... — foi a vez dela rir. 

— Eu sei, e eu to atrasada pra escola senhor Pasquarelli . — ela disse me empurrando e abaixando a perna. 

Eu sorri mostrando em meus olhos o quanto ela era malvada, ela apenas voltou a posição normal e olhou pra frente arrumando sua maria chiquinha. 

— Você não presta Karol. — eu falei rindo dando partida no carro. 


Notas Finais


O capítulo tá pequeno? Ah vc poderia fazer maior? Sim eu poderia mais n tenho tempo, e as únicas horas do dia que me sobram e pra terminar de escrever o epílogo de O nerd e estudar. 🙄😐😐

Mas calma, essa história tbm tem muitos segredos para revelar, assim como em O Nerd o Ruggero era um mistério, nessa fanfic a Karol tbm é. E ISSO É UM SPOILER HAUSHAUSHAUSH

Até sábado que veeeeeeeem 🤗


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...