História Roller Coaster - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Exibições 9
Palavras 1.261
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Festa, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Então.. eu não resisti e tive que postar o segundo hoje mesmo.
ATENÇÃO AQUI : quando Mag e Olivia chegarem na festa, coloquem essa musica para dar o ritmo!
LINK: www.youtube.com/ watch?v=rQHS1ech2Ig (remova os espaços)
Divirtam-se!!

Capítulo 2 - The rave party


POV Olivia.

O dia realmente foi corrido, nós quatro conhecemos London inteiro, de ponta a ponta. Já era seis e meia da noite e os meninos resolveram ir dar uma volta sozinhos (é óbvio que sabíamos que eles iriam atrás de algumas Londrinas para foder), Maggie e eu resolvemos ir para o hotel para começar a nos arrumar para a tal festa que eu iria ser carregada a ir, combinamos em encontrar os garotos lá e então fomos para o hotel.

[...]

Mag entrou no quarto para me chamar, que já estava quase na hora de irmos. —Oli, você já está pronta?. -sai do banheiro pronta, vesti um cropped branco meio transparente, um shorts jeans claro não muito curto (mas sensual o bastante), uma jaqueta fina jeans e uma bota cano curto preta de salto. — Meu Deus do céu, assim não vale, você está muito mais gata. Se desse mole eu pegava. -Maggie me olhou de cima a baixo mordendo os lábios. Dei um riso fraco e um tapa de leve no ombro dela. — bobona, você quem está gata demais, vai pegar geral lá eim! -Ela usava um camisetão listrado azul e branco, com detalhes verde e vermelho nas mangas, uma jaqueta, um tênis branco e uma bolsa. — E essa bolsa? o que tem nela?- Maggie me olhou com um sorriso malicioso e tirou uma caixa de cigarro de dentro da bolsa. — Apenas algo para a gente se divertir mais. -arregalei os olhos e arqueei as sobrancelhas. — Maggie Lindemann! Eu não acredito nisso.- falei em tom auto e irritada. Mag gargalhou e se aproximou. — Calma Oli, não é nada demais, apenas para a gente se divertir. E além disso são cigarros de maconha, agora vamos logo! -Ela guardou a caixa na bolsa e me puxou pelo braço.- Ok, ok. -bufei e a segui.

POV Maggie.

Olivia sempre foi o tipo de garota certinha, mal saia para festas mesmo sendo livre para fazer o que quiser e quando quiser. Mas quem sabe se eu tentar, isso não mude ... essa noite vai valer a pena.

[...]

A rave estava cheia, todos no mesmo estilo. — Acho que vai ser meio difícil encontrar Carter e Noah aqui.- tentei falar o mais alto possível para que Mag escutasse pois a musica estava muito alta e tinha um ritmo que me fazia enlouquecer, querer tirar o pé do cão e sair pulando feito louca como os outros. Maggie nem deu muita bola para o que eu disse, logo tirou um cigarro da bolsa e acendeu. Eu revirei os olhos e comecei a entrar no ritmo da Rave enquanto Maggie fumava e dançava também.

A festa estava rolando e o cheiro da maconha já estava me deixando com um desejo louco e insaciável de querer provar.— Quer um? eu te ensino a tragar. -Maggie reparou que eu olhava para o cigarro com desejo.—  Um só. -falei entre pulos acompanhados das batidas da musica. Ela tirou um cigarro da bolsa, acendeu e se aproximou do meu ouvido. — Você tem que puxar a fumaça e tranca-la na garganta para poder pegar o efeito.- Concordei com a cabeça e fiz o que ela disse. Logo atrás comecei a tossir. —Eu vou morrer? -disse em meio de tossidas rindo. — Isso é normal na primeira vez, você se acostuma já já.-Mag disse debochando da minha cara. A cada minuto que passa eu puxo o cigarro e Mag parecia estar se preocupando. — Oli vai com calma ... -revirei os olhos e a ignorei. — O que? eu não estou te ouvindo, a musica ta muito alta. -sai pulando no ritmo da musica.

Estava tão empolgada que não notei a presença de uma garota e esbarrei nela em meio aos pulos.—  Ei garota, olha por onde anda! -Ela já veio toda irritada, da para acreditar? Revirei os olhos e a encarei. — Eu até pediria desculpas se você não fosse tão arrogante.- Virei de costas e ia sair dali quando ouvi ela resmungar e me provocar em meio a musica.— Vá procurar sua mãe e seu pai, pirralha! Você nem deveria estar aqui. Filha da puta.- Disse toda arrogante e isso me deu nojo, o sangue ferveu, me subiu um calor de raiva, ela não tinha o direito de falar sobre minha mãe, esse assunto me deixou triste e irritada. Me virei em direção a ela e fui dando passos lentos, então eu explodi. — Querida, se você quiser brigar é só me avisar, não precisa fazer toda essa peça, vamos adiantar e ir logo para a parte dos puxões de cabelo?-Provoquei em um sorriso confiante. Logo a tal garota revirou os olhos, bufou e veio para cima de mim.

Eu já estava meio zonza por causa da maconha, aconteceu tudo tão rápido ... eu me lembro apenas de ter um garoto/homem, loiro e que aparentava ter entre 20/23 anos, a tirando de cima de mim, ele me encarava e gritava para mim me afastar, mas eu queria voltar e bater nela com toda minha raiva, eu precisava disso, precisava me largar, poder liberar a raiva do passado e esse parecia o momento certo se não fosse por Noah me segurar e me tirar de dentro da área da festa.

— Me deixe voltar lá e acabar com aquela inútil, Noah! -eu gritava feito louca, ainda estava zonza e mal tinha forças para ficar de pé. Cambaleei para trás, mas antes que pudesse cair Noah me segurou e me ajudou a sentar em um troncos que ali tinha (já que a festa foi em um parque ao ar livre).— Onde está a Mag? eu preciso dela. -eu estava desesperada, o efeito estava passando mas eu precisava de mais, não estava pronta para voltar para a realidade. Noah me encarou nos olhos. — Olivia você fumou? -tentei me levantar mas ele me segurou. — O que foi, porra.-Noah revirou os olho e segurou minha cabeça me fazendo olhar nos olhos dele. — Quem diria você, toda certinha, arranjar confusão por causa de um garoto.- revirei os olhos.— Não foi por causa de garoto, eu nem conheço aquele sujeito que separou ela de mim. E se fosse... -engoli a seco.- você não teria nada a ... -Noah me puxou e roubou um beijo, foi literalmente um beijo forçado, eu não queria e estava chapada. Logo nos separei e o encarei sem palavras, assim que ele abriu a boca para falar algo eu o interrompi. — Tenho que procurar Mag.-me virei e sai em sentido da festa logo me perdendo de Noah na multidão.

Encontrei Mag agarrada com Carter e os interrompi. — Mag eu preciso de mais.- Ela me olhou sério.—  Mais o que, Oli?-Bufei e peguei a bolsa dela.—  Maconha, porra, eu quero maconha. - Mag me puxou a bolsa e me entregou um cigarro. — Só mais esse, você não parece nada bem.- revirei os olhos e a ignorei e continuei dançando.

Noah nos achou e foi dançar comigo, eu deixei na boa, já tinha acontecido muita coisa em algumas horas e eu só queria aproveitar o resto da noite. Lembro de eu e Noah ficarmos mais algumas vezes, ou varias vezes, e de que nós quatro acabamos com o estoque de maconha que Maggie tinha dentro da bolsa.

 

POV Olivia.

Já faz algum tempo que eu percebo que Noah fica me encarando e soltando indiretas, era difícil ser rude com ele, pois uma parte de mim sentia alguma coisa por ele, mas outra parte me dizia que eu não lhe devia explicação de nada e que aquele não era o momento certo. Não que eu não queria, mas não agora, não aqui.

[...]

 


Notas Finais


Roupa de Olivia: http://imgur.com/a/WZsZa
Roupa de Maggie: http://imgur.com/a/rMOGz
Já imaginaram quem é o tal misterioso loiro né? ahaha
Espero que tenham gostado <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...