História Roma Sob Suas Lentes - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias VIXX
Personagens N, Ravi
Tags Hyukbin, Keo, Navi, Vixx
Exibições 20
Palavras 790
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Romance e Novela, Slash, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi gente, tudo bem? Essa é minha primeira fic de VIXX.
Eu queria escrever mais alguns capítulos antes de postar, mas me sentiria pior ainda por enrolar a Larissa por tanto tempo ;-;

Se quiserem, ignorem essas notas aqui, é mais coisa minha do que sobre a fic.

Ultimamente tenho me sentido mal por tudo. Antes mesmo de Ma Boy acabar, eu já estava assim. Sabe quando você sente que já não tem mais o que perder? Então, em menos de uma semana, eu fui parar no fundo do poço de novo. Primeiro, o disband do 2ne1. Eu sou BlackJack a quase 5 anos, foi uma das piorers coisas que me aconteceu até hoje. Segundo, o saída do Tae do Winner. Eu não escutava tanto Winner, mas é uma situação bastante delicada e eu me sinto muito mal por isso. O garoto só queria cantar e o Winner foi a família dele, os meninos devem se sentir horríveis também.
E terceiro, minha coelha me deixou hoje pela manhã. Eu tinha ganhado ela quando era criança e ela foi minha única companhia por quase 9 anos, meus pais e irmão trabalhavam e eu vivia só, e minha neném sempre estava aqui pra me dar um pouco de carinho e conforto. Eu não sei o que eu vou ser sem ela, mas pelo menos ela tem paz agora.
Meu Deus, desculpem as notas gigantes, mas é que parece que o mundo resolveu levar metade das coisas boas que eu tinha em muito pouco tempo, e eu não tinha ninguém para desabafar --'

Enfim, boa leitura. Ignorem possíveis erros, eu venho revisar depois.

Capítulo 1 - Um belo garoto


Fanfic / Fanfiction Roma Sob Suas Lentes - Capítulo 1 - Um belo garoto

Por algumas vielas estreitas e pouco movimentadas de Roma, um rapaz procurava beleza em cada canto. Deveria ter não mais que 25 anos. Alto, particularmente bonito e com os cabelos de uma cor que nem ele mesmo sabia definir, apesar de estar entre cinza e branco. Pelo jeito casual que se vestia, qualquer um diria que era apenas um turista, com uma câmera em mãos. 

Enganados estavam os que assim pensavam. 

Kim Wonshik era um fotógrafo profissional, saiu de casa aos 17 anos para poder viajar pelo mundo, até encontrar seu lar na Itália. Não sabia como e nem o quê o atraiu até aquele país, mas havia algo que o fazia sentir que desde sempre deveria estar ali. Trabalhava em uma agência de modelos em Roma, mas em seu tempo livre, acabava por sair pela cidade em busca de paisagens ou até mesmo coisas corriqueiras, mas que julgava boas o suficiente para serem capturadas por suas lentes.

O tempo estava ameno, mas parecia que iria chover dentro de algumas horas. Eram cerca de 16 horas e ainda não havia conseguido seu achado do dia. Se sentou na ponta de uma calçada, em uma esquina, para fotografar um prédio bonito que havia ali, apesar de achar que não era nada espetacular e já havia passado diversas vezes ali desde que havia se mudado para aquela cidade. Suspirou cansado e passou mais alguns minutos ali, olhando para o prédio até tomar um rumo novamente.

Bateu a mão que não segurava a câmera na parte traseira da calça camuflada, a fim de tirar alguma eventual marca da rua dela. Se pôs a caminhar, sem ter um destino certo. Era o dia de sua folga e por não ter conseguido fotografar quase nada, sentia que havia perdido o dia todo. Sentiu o estomago roncar, não havia sequer almoçado! Apressou o passo até chegar na entrada de um café que pode ver de longe. Logo ocupou uma mesa e um atendente veio anotar seu pedido, que era apenas um suco e um lanche natural. 

Resolveu olhar as fotos daquela tarde. Foram por volta de 40 e nenhuma delas era o que esperava. Wonshik já estava impaciente, havia gastado horas atrás de algo que nem mesmo sabia o que era. Queria muito fotografar algo que não fosse a paisagem meio mórbida daquele dia. Com certeza, dias nublados não eram os melhores.

Logo seu pedido chegou. Desligou a câmera e o celular, e tentou ignorar o falatório de algumas pessoas daquele local. Para o rapaz, comer era quase um ritual sagrado, principalmente quando estava sentindo que seu estomago poderia devorar outros órgãos se não se alimentasse o mais rápido possível. Apreciou cada mordida de seu sanduíche e quando chegou quase na metade, fez uma pausa pra beber um pouco de suco.

Enquanto levava o canudo a boca, pode ver o vulto de uma pessoa passando pela porta, que estava quase em suas costas. Observou o corpo de dirigir a uma mesa em frente a sua, com a distância de, no máximo, 2 metros. Tão logo aquela pessoa sentou e já tirou um notebook da mochila que carregava, o abrindo em sua frente e começando a digitar, e não permitindo que Wonshik visse seu rosto. Julgava apenas ser um garoto, pelas vestimentas e largura dos ombros. Também não conseguiu ver o corte de cabelo, pois aquela pessoa usava uma touca preta.

Voltou sua atenção ao sanduíche, terminando de comer. Logo chamou o atendente novamente, pedindo uma fatia de torta de maçã. Assim que o moço saiu, voltou seu olhar para a frente. O garoto parecia usar também um celular, junto ao notebook, enquanto tinha ao seu lado um copo de milk-shake. Wonshik riu sozinho, deveria ser apenas um garoto que havia acabado de sair das escola e havia parado ali pra assistir alguma partida de um jogo online. 

Acabou de beber seu suco, notando uma movimentação. Tirou os olhos do copo e pode ver a pessoa a sua frente, que estava fechando o notebook e o colocando na bolsa, junto com a touca que usava. Levantou o rosto e bagunçou os cabelos da franja com os dedos, parecia nervoso. O de cabelos brancos pode notar o quão bonito era o garoto e sentiu os dedos formigarem, como se a câmera chamasse por eles, sentia que precisava fotografa-lo . Assim que o garoto abaixou a cabeça e focou na tela do celular, ligou a câmera disfarçadamente, ajustou o zoom e a apontou em sua direção, logo apertando o botão para tirar a foto.

Só não contava que o flash automático estaria ligado e que fosse acionado justamente naquele local não tão mal iluminado, chamando a atenção do garoto para si. Wonshik só conseguia pensar uma coisa.

- Fodeu.


Notas Finais


Até mais


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...