História Romance de um Clichê ( YAOI ) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Clichê, Colegial, Drama, Romance Gay, Yaoi
Visualizações 79
Palavras 1.071
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Lemon, Romance e Novela, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


OIEEE!♥ Essa é minha segunda fanfic postada.Esta fanfic tem uma temática mais envolta do drama,diferente da minha outra fic "Contos de um Garoto" que está mais pro lado comédia...

Este é apenas um prólogo,postarei os capítulos semanalmente...A aparência do elenco da fanfic será no decorrer dos capítulos.

Espero que gostem e Boa Leitura!!

Capítulo 1 - Prólogo - Lucas Lyons


Fanfic / Fanfiction Romance de um Clichê ( YAOI ) - Capítulo 1 - Prólogo - Lucas Lyons

Me apresentando,me chamo Lucas Lyons.Sou caçula de uma mãe viúva,atualmente moro na capital de São Paulo com minha mãe,uma mulher de aparência jovem com seus quarenta e um anos,a mesma é dona e fotógrafa de um dos estúdios mais famosos de São Paulo.Meu irmão mais velho com seus dezenove anos,tem um estilo meio rebelde e atualmente está cursando Química.

 Tenho dezessete anos,e infelizmente possuo um tipo raro de Heterocromia que faz várias pessoas se afastarem ou me humilharem,minha mãe fala que meus olhos são lindos do jeito que são e não devia levar a sério aquilo que os outros falam. Nunca tive amigos,até tento conversar com pessoas da minha idade,mas sempre em vão.

Sempre quis ter aquela pessoa que possa te aconselhar,guardar seus segredos,te ajudar quando não tiver ninguém para isso.Um melhor amigo. Eu sou gay desde sempre.Meu irmão disse que sempre soube,diz ele que eu era uma "criança viada,que usava os saltos da mãe e amarrava uma camiseta na cabeça e desfilava pela casa ou então dançava as coleografia de Beyoncé e Britney Spears" fico constrangido só de lembrar. 

 Minhas esperanças de algum garoto gostar de mim são nula,se nem amigos consigo arrumar imagina um namorado?…Minhas esperanças aumentaram para 5% quando Grabiel Finezzy,o garoto mais popular da escola me ajudou …..

 - Olha só quem chegou,a aberração em pessoa _Zomba Taylor assim que passo pelo corredor extenso do colégio,ignoro o mesmo como sempre e sigo meu caminho até a sala. 

 - A onde pensa que vai? Nós ainda não brincamos com você! _Fala Taylor chamando seus cachorrinhos de estimação,ops,seus amigos. 

 - ME SOLTA! _Grito assim que o um de seus amigos me segura,o mesmo se assusta e acerta um soco em meu estômago. 

 - Ora…Ora,você anda muito desobediente.Vamos ter que te ensinar bons modos _Diz Taylor pegando em meu cabelo e me arrastando até o banheiro,tento soltar suas mãos de meus cabelos,tentativa em vão porque ele é muito mais forte que eu. 

 Taylor me joga com força em uma parede,fazendo minha cabeça colidir com a mesma,caiu no chão um pouco zonzo.

 - Vamos brincar um pouco com ele,Tay _Fala um dos garotos dando um chute em minha costela e outro em meu estômago,começo a tossir sangue enquanto algumas lágrimas descem.

 - Não me chama de Tay seu viado _Fala Taylor com raiva e o outro garoto se encolhe um pouco,Taylor vem em minha direção e acerta um soco em meu rosto,começo a ficar mais zonzo e meus olhos começam a se fechar lentamente. 

 - OQUE VOCÊS ESTÃO FAZENDO?!_Escuto uma voz de longe,mas não consigo distinguir de quem seja,meus olhos se fecham e desmaio. 




 ….. 


 Abro meus olhos e vejo um teto branco,olho pros lado e vejo que estou deitado em uma maca numa salinha pequena,concerteza é a enfermaria do Colégio. 

 - Vejo que acordou. _Fala uma voz do meu lado e me viro fitando o mesmo.

 -Hunh…_Solto um grunhido de dor quando tento sentar na maca.

 - Você está muito machucado,tem de descansar _Fala me ajudando a deitar de novo.

-Ah…Me chamo Gabriel Fine….

  - Eu sei quem você é _Corto sua frase

  - Sua mãe já está chegando Lucas.Que estranho,seu irmão estava aqui uns minutos atrás _Fala a enfermeira entrando na salinha 

 - Ele disse que ia resolver algumas coisas _Fala Gabriel coçando a nuca como se estivesse escondendo algo.

 - Oque ele foi resolver?_Pergunto o fitando sério com um olhar pouco intimidador

- ontinho,tudo resolvido.Aqueles três não vão mais te perturbar _Fala Henry entrando na sala limpando suas maos sujas de sangue em um pano..- Eles vão ter que ir pro Hospital,não me arrependo de nada.

 - Não precisava ter batido neles _Falo sério 

 - Bater foi pouco,ele espancou Taylor e aqueles dois amigos dele _Diz Gabriel

- Nem peguei pesado.Só desfigurei a cara do tal Taylor,quebrei o braço do outro e fraturei a costela do mais baixo deles _Fala Henry calmo como sempre.

 - Você é doido…E se eles te denunciar?_Pergunto preocupado 

 - Sua situação ta um pouco pior que a deles,maninho_Fala ele e logo minha mãe entra na sala me abraçando 

- Meu bebê!Olha oque fizeram com você..Henry meu amor,você bateu nos responsáveis disso né?_Pergunta minha mãe e Henry acena positivo com a cabeça..- Ótimo!Agora vamos embora meu filho,hoje tirei o dia de folga e vou fazer aquela sopinha que você ama! 

 Lá vai minha mãe me tratando como um bebê,e Henry está rindo da minha cara.Olho pro lado e fico extremamente vermelho,Gabriel está do meu lado nos encarando,ele deve achar que minha família é doida. 

- Tenho que assinar alguns documentos na diretoria,Henry vem comigo _Minha fala e sai da sala acompanhada de Henry.

 - Sua família é divertida _Comenta Gabriel

 - Porque me ajudou? _Pergunto sério

 - Não gosto de violência,ainda mais presenciar um abuso daqueles _Fala e solto um "Hum". 

 - Seus olhos são lindos sabia? _Fala sorrindo,se eu falar que quase me derreti todo por dentro com esse sorriso será verdade! 

 - Sabia _Falo soltando um pequeno sorriso pelo elogio 

 - Você devia sorrir mais _Fala

  - Não tenho o porque sorrir _Falo voltando a minha postura séria 

 - Voltamos! Vamos embora agora Lucas,você ficará uma semana de atestado.Você poderia passar o conteúdo das matéria pro Lucas enquanto ele estiver de repouso?_Pergunta minha mãe fitando Gabriel

 - Posso sim! _Responde Gabriel 

 - Ótimo! Henry,ajuda seu irmão a levantar _Fala minha mãe e Henry me ajuda a levantar

 - Tchau _Fala Gabriel após eu começar a caminhar até o carro da minha mãe,meu corpo está todo dolorido,meu rosto ardendo e minha cabeça latejando. 


 …. 


 Se eu estou feliz por Gabriel ter me ajudado?Sim..Se estou feliz pelo seu elogio?Lógico! 

 Quero nem imaginar a surra que Taylor e seus seguidores levaram de Henry,se eu fiquei com pena?um pouco,poxa!eu tenho o coração muito mole.

 - Ta' sem fome filho?_Pergunta minha mãe.Desvio meus pensamentos e encaro meu prato na mesa.

 - Ele deve estar pensando naquele "amigo" que ajudou ele. _Fala Henry com um sorriso malicioso dando ênfase em amigo.

 - Idiota! _Xingo 

 - Idiota que você ama,baixinho _Rebate Henry 

 - Parem vocês dois,parecem até duas criancinhas _Fala minha mãe

 - Acho que vou deitar,não estou me sentindo muito bem _Falo levantando

 - Boa noite ! _Fala minha indo lavar a louça

 - Boa noite nanico _Fala Henry indo pra sala .

 Vou caminhando até meu quarto segurando nas paredes,a dor pelo meu corpo está mais suportável do que antes.Deito em minha cama,com esperanças que amanhã meu corpo não doer muito.


Notas Finais


Me desculpem qualquer erro ortográfico,ainda vou revisar o capítulo...

CONTINUO A FANFIC?? Não esqueçam de comentar!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...