História Romance Proibido - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Visualizações 99
Palavras 1.612
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Mistério, Orange, Romance e Novela, Suspense, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Voltei gente! Mais um capítulo...

Capítulo 2 - Capítulo 2


Acordo no dia seguinte com meu celular tocando, eram 6:10, segundo o que Alasca disse, teríamos que estar na escola 7:00 ou seja, eu tinha que me apressar. Levanto, tomo um banho um pouco nervosa com a nova escola, será que vou me dar bem ou vou ser rejeitada por todos como na última vez? Espero que não. Assim que saio do banheiro visto uma blusa branca de alças, uma calça preta bem colada ao corpo e saltos. Coloco meus brincos e arrumo minha mochila, quando vejo que está tudo certo, desço as escadas e vejo minha mãe na porta.

 

-Filha, boa sorte no seu primeiro dia de aula, não saia de perto da Alasca tá bom? - pediu ela.

 

-Ok mãe, vou me comportar. - sorrio a olhando.

 

Logo Alasca chega com uma blusa do Rolling Stones branca, calça preta e tênis branco com desenhos coloridos e em seu rosto, trazia uma maquiagem forte, com direito à sombra, delineador e blush. Coro um pouco ao ver que nossas roupas combinam, só mudam os detalhes, mas não me importei. Sorrio pra ela assim que ela sorri pra mim e vamos até o carro dela. Nossa, nem sei o que dizer sobre o carro de tão chique que era. Sento-me no banco do carona e coloco a mochila no banco de trás.

 

-Tá nervosa? - pergunta Alasca, dando partida no carro.

 

-Um pouco. - confesso colocando o cinto.

 

-Relaxa Nath, vou te apresentar minhas amigas, elas irão adorar você. - sorri ela confiante.

 

-Espero que sim. - sorrio fraco e logo começamos a andar.

Depois de uns dez minutos, finalmente chegamos no estacionamento da escola, ele era bem grande e já havia alguns carros por lá, mas deu facilmente para ver a entrada. Não foi difícil achar a sala, mas por incrível que pareça, Alasca e eu ficaríamos na mesma turma, o que de certa forma foi um alívio. Pouco depois a professora chega e começa a dar aula. Para um primeiro dia de aula, até que as primeiras aulas passaram rápido e logo o intervalo chegou. Alasca logo se levanta e me puxa para um grupo de garotas que eu não conhecia.

 

-Oi meninas, essa aqui é a Nath. - me apresenta ela e eu sorrio timidamente.

 

-Oi Nath, Alasca fala muito de você. - sorri uma garota loira me cumprimentando com um beijo no rosto.

 

Logo comecei a me sentir mais segura, não entendi exatamente o porquê, mas sempre que ficava perto de outra pessoa, se Alasca estivesse por perto, eu confiava completamente, acho que tenho o poder de sentir a índole e a aura das pessoas e saber se elas são boas ou não. Depois de um tempo conversando, levanto para jogar o guardanapo do meu lanche fora e na volta trombo com alguém.

 

-Ai, me desculpa. - falo e olho para a pessoa.

 

-Tudo bem, eu também estava distraído. - diz a pessoa, era um menino. E nossa, que menino lindo, os olhos, o rosto de galã de novela.

 

-Tudo bem, eu… nem sei como me desculpar. - falo corando.

 

-Relaxa, não precisa. Eu sou Adam, e você? - pergunta ele.

 

-Sou Natasha, prazer. - digo sorrindo.

 

-Prazer Natasha.

 

Logo começamos a conversar, a cada palavra que trocamos eu fico mais encantada com ele, além de lindo é muito inteligente e sabia muito bem conversar. Poderia até ficar um tempo ali, mas logo lembro que tenho que voltar para minhas amigas.

 

-Bom, preciso voltar, minhas amigas novas estão me chamando. Tchau! - falei meio sem graça me despedindo rápido e voltei até elas.

 

-Achei que fosse nos trocar por ele! - brinca a loira, rindo.

 

-Jamais, vocês são mais importantes. - sorrio.

 

-Eu acho melhor não se apaixonar por ele Nath, ele é conhecido por ser muito galinha, já se deitou com várias garotas dessa escola. - diz Alasca.

 

-Não vou me apaixonar Alasca, sei me cuidar e também não quero namorar agora. - falo a olhando.

 

-Que bom. - sorri Alasca e logo voltamos a conversar, mas não conseguia tirar a imagem daquele garoto da cabeça.

 

Assim que as aulas acabaram, Alasca e eu voltamos pra casa, nós não comentamos nada sobre a minha conversa com o Adam, o que de certa forma foi um alívio pra mim, tenho certeza que ela ia me dar uma bronca daquelas. Depois que chegamos em casa, almoçamos e eu contei à minha mãe, que estava servindo a gente, sobre como foi meu primeiro dia de aula.

 

-Foi bom mãe, fiz novas amizades, conheci um garoto maravilhoso… - sorri lembrando.

 

-Que bom filha, é uma nova fase em nossas vidas. - sorriu minha mãe e eu assenti.

 

Após um tempo conversando, fui pro meu quarto e fiquei assistindo televisão até ouvir batidas na minha porta.

 

-Nath, as meninas e eu vamos no shopping, quer ir também? - perguntou Alasca abrindo a porta. Ela já estava arrumada com um short jeans, uma blusa preta da OneRepublic e saltos.

 

-Quero sim, só deixa eu me arrumar. - pedi e ela assentiu.

 

-Te espero lá embaixo. - disse Alasca ao fechar a porta.

 

Tomei um banho rápido, fui até meu armário e escolhi um vestido rodado curto que era azul na parte de cima da cintura, um cinto preto e a saia era preta. Calcei meus saltos, fiz uma maquiagem leve, não era de usar muito brilho e tals e saí. Logo saí com Alasca pela porta e vimos as garotas num carro conversível preto. Elas estava na maior farra lá no banco de trás. Sorri para elas quando chegamos no carro e logo fomos pro shopping. Em dez minutos, estacionamos o carro e descemos indo todas juntas para o saguão.

 

-Aonde vamos primeiro? - perguntou Alasca.

 

-Vamos fazer comprinhas, precisamos de umas roupas para a festa da semana que vem. - Avril disse.

 

-Que festa? - perguntei curiosa.

 

-Lembra da festa que falamos ontem, da Jasmine? Então, ela vai estar fazendo 18 anos e está louca para essa festa! - ela sorriu animada.

 

Quando as meninas entraram na loja, pareciam um bando de coelhos indo para suas tocas. Calmamente fui olhando cada peça de roupa e definindo qual era mais de acordo com o meu gosto. Encontrei um vestido marrom com vários paetês na altura do busto e decidi ir para o provador, quando me viro, esbarro em alguém.

 

-Epa, o que está acontecendo? Nos trombamos outra vez. - riu a pessoa, era Adam.

 

-O-oi Adam… me desculpa, sou desastrada mesmo. - ri sem graça.

 

-Tudo bem, acontece… o que está fazendo por aqui? - perguntou ele com aquele sorriso.

 

-Vim com minhas amigas comprar umas roupas para a festa da Jasmine.

 

-Hum, eu também vim pelo mesmo motivo, só que ainda não escolhi. E pelo jeito você tem bom gosto, o vestido é lindo e combina com você. - sorriu ele analisando o vestido.

 

-Ahn, obrigada. Se quiser eu posso te ajudar a escolher uma roupa. - sorri o olhando.

 

-Ah, uma ajuda feminina nessas horas é sempre boa, já que vocês entendem mais que nós. - sorriu ele.

 

-Então vamos. - sorri e já ia dando um passo pra frente quando ouvi Alasca me chamar.

 

-Aonde você vai? - ela me olhava brava.

 

-Ajudar o Adam a escolher umas roupas. - falei um pouco assustada com seu olhar.

 

-Nada disso mocinha, vai ficar aqui e escolher sua roupa! - pediu ela ainda emburrada.

 

-Nossa, por quê está tão brava? Só estou ajudando um garoto. - suspirei.

 

-Nath, sério, esse garoto não é quem parece ser, eu acho que você devia não dar tanta bola pra ele. - disse Avril, me olhando com calma.

 

-Tudo bem, eu não vou mais incomodá-las, foi bom te ver de novo Nath. - ele sorriu e saiu acenando enquanto eu corei de vergonha pelo ocorrido. De cabeça baixa, fui até o provador e experimentei o vestido. Quando saí, as meninas aprovaram ele e decidi levar aquele mesmo. Logo depois, paramos numa praça de alimentação, eu apenas decidi tomar um sorvete de chocolate enquanto elas lanchavam, pois não haviam almoçado.

 

-Poxa Nath, desculpa pelo que houve lá na loja, eu só não quero que ele te machuque. - disse Alasca com a mão no meu ombro.

 

-Eu sei me cuidar Alasca. - falei emburrada tomando o sorvete.

 

-Se soubesse não tinha voltado a falar com ele depois do alerta que te dei na escola. - bufou ela tomando seu sundae.

 

-Meninas, não briguem, estamos aqui para nos divertirmos. - pediu Amber e eu assenti forçando um sorriso.

 

Na volta pra casa, não falei com Alasca, só levei meu vestido para o quarto, dobrei e coloquei no guarda-roupa para esperar o dia da festa. Em seguida, deitei-me na cama e fiquei pensando no que levou Alasca a ter aquele ataque de ciúme. Será que ela já namorou com ele? Será que é apaixonada por ele? Ou será que é ciúme mesmo? Talvez ela tenha medo de se afastar de mim caso eu acabe namorando com ele. Se for isso, nada que uma conversa não resolva. Mas não vou conversar agora, preciso fazer isso no momento certo.

 

-Filha, o jantar está na mesa. - disse minha mãe na porta do quarto.

 

-Já estou indo mãe. - falei me levantando e indo até a cozinha.

 

Não falei com Alasca durante a janta, porque ela acabou de jantar e subiu para o quarto assim que eu cheguei, o que foi uma pena, porque aquilo mostrava que ela estava muito triste pela nossa briga e eu queria fazer as pazes com ela logo. Suspirei e terminei de jantar. Depois da janta, tomei um banho e deitei-me para dormir e esperar o dia seguinte.

 


Notas Finais


Até o próximo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...