História Romances de uma Adolecente - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias 91 Days
Tags Naruto
Visualizações 1
Palavras 360
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Escolar, Famí­lia, Festa, Hentai
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Ohayo cheguei sei sei demorei mas tá aí mas um

Capítulo 17 - Não pode ser ou sera que pode?


   Já se passou quase um mês que a terumi não estava mas com Madara e não se falavam até porque ela não estava saindo e casa a não ser para escola onde ela o evitava a todo custo.

Já era umas seis da tarde quando ela escutar batidas na porta. A mesma abri a porta

-Yo Jyraia-Sama. Falou a moça comprimentando-

-Ohayo Mei.  

-Entre, o que te traz aqui? Fala dando passagem ao garoto é já perguntando o porque de sua visita.

 -Não Mei obrigada não vou entrar vim aqui porque tenho que falar com você mas não aqui vamos tomar um sorvete.? Ele foi direto no que queria.

-Hai. Pode ser vou só pegar um casaco. Falou ela já preocupada do que seu amigo queria.

Quando a mesma voltou já com seu casaco jyraia já sé encontrava em seu carro a mesma trancou sua casa e adentrou o automóvel. Seguiram a curta viagem até a praça mas próxima conversando sobre coisas do cotidiano de ambos.

Chegando em frente a sorveteria Jyraia estacionou abriu a porta para a moça é ambos adentraram o local.

-Que vais querer ruiva?

-Um Shaki crocante.

-Só.? Então está  certo.

Chamou a garçonete e fez os pedidos decidiu que acompanharia a mesma em seu pedido.

-Jyraia porque mim trouces aqui.?

-Seguinte Mei eu sei dos seus acontecidos com Madara.

-Hey não quero saber de nada dele.

-Mei escuta ele que mim pediu para vim aqui porque você o bloqueou em todo e não fala com ele em lugar algum.

-Não tem porque eu falar com ele. Falei cruzando os braços.

-Ele quer saber se suas regras estão ok. Falou o cara já impaciente.

Quando a Garota se tocou que estavam atrasadas e lembrou também é todo que haverá feito com Madara.

Acenei positivo no mesmo instante que a moça chegou com nossos pedidos.

-Jyraia-Sama podermos ir embora.?

-Vamos tomar primeiro.

-Todo bem então.

Não falei nada durante todo o tempo é assim também no caminho é casa para minha sorte Jyraia não mim tirou de meus pensamentos ele era um grande amigo é era notória sua preocupação.

Passei a noite a pensa em todo que poderia está acontecendo. E o que seria de mim a todo fosse verdade. 

Não não pode ser verdade ou ser a que pode?



Notas Finais


Pequeno eu sei galéra mas espero que gostem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...