História Romeu e seu Vagabundo - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Linkin Park
Personagens Brad Delson, Chester Bennington, Dave Farrell, Joe Hahn, Mark Wakefield, Mike Shinoda, Rob Bourdon, Scott Koziol
Tags Bennoda, Linkin Park
Exibições 45
Palavras 556
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Festa, Hentai, Lemon, Musical (Songfic), Orange, Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - Losing Control


Fanfic / Fanfiction Romeu e seu Vagabundo - Capítulo 2 - Losing Control

~Chaz on

Fazer aquela demo e entregar para aqueles caras foi a única decisão certa que eu fiz na minha vida.

Não sei o motivo daquele japonês me olhar tanto, será que eu estava com alguma coisa nos dentes? Eu estava fedendo?

Suspirei quando tudo havia acabado e eu teria de voltar para aquela casa minúscula, que nem me cabia direito.

-Mora muito longe daqui?- Pergunta Rob, batucando na mesa da cozinha.

-Não. Por que?- Pergunto enquanto procuro minha chave da moto.

-Tá sobrando um quarto na casa do Mike, vamos todos dormir aqui, o que acha de ficar? - Olho para o japonês, que se assusta com o convite de Rob, acho que ele não foi mesmo com a minha cara.

- Foi mal... Eu tenho que arrumar algumas coisas, talvez na próxima.- Sorrio e dou um tapinha nas costas de Rob, me despedindo do resto.
Enquanto deixo o local, ouço uma porta se fechar bem rápido.

-Onde acha que vai? - Olho para Joe, que está abraçado de lado com Mike, tento falar mas o mesmo não deixa.

-Nada de sair. Vai passar a noite aqui e pronto. - No final eu não  consegui arrumar nenhuma outra desculpa, além de estar nesse momento sozinho com Mike.

-Gostei da música...- Me surpreendo ao ouvir o moreno puxar um assunto do nada comigo.

-Valeu...- A coisa mais esquisita aconteceu naquele momento, ficamos corados ao mesmo tempo, eu nunca fiquei envergonhado.- Acho que já vou deitar, valeu pelo quarto..- Fui até o quarto tirando minha camisa e minhas calças, Joe me pediu para me sentir em casa, apenas estou fazendo o que ele pediu.
Me deito, pensando naquela cena, quando se tratava de relacionamentos, eu nunca tive vergonha na cara.

De manhã

Me levanto, sem perceber que ainda estava de cueca, vou até a cozinha olhando para o bilhete de Brad:

" Fomos buscar pão e leite"

Acaricio os meus olhos, procurando por um copo de água. Finalmente eu encontro um, infelizmente eu teria de agachar, não que foi difícil mas meu sedentarismo tava foda.


~Mike ON

Acordo meio perdido na vida, ao pensar naquele cena de ontem, ainda não consigo lidar com a fofura. MEU DEUS MIKE PARA DE SER UM BIXINHA, SE CONTROLA.
Consegui controlar meu chiliques por pouco tempo, até ver aquele Chaz agachado de cueca procurando por algo.

MEU DEUS, CONTROLE! RESPIRA! AÍ MEU DELSON DO CÉU,  COMO QUE SE RESPIRA MESMO?!

-Ah! Bom - dia- Aquela criatura finalmente se levanta, sorrindo, não sei como eu ainda estou em pé.

- É mesmo um bom dia. Não pera.- Meu cérebro parou de funcionar, me virei de costas pois eu estava parecendo um tomate.

-Ei... Está tudo bem com você? - O tatuado rapidamente coloca as mãos na minha testa, como que ele foi parar na minha frente tão rápido?!
Olho para o seu corpo definido, logo sinto como se meu coração estivesse na minha garganta, antes que algo acontecesse comigo a porta se abriu.

-Café da manhã!- Joe grita alegremente, enquanto o resto para ao olhar aquela cena.

-Han... Eu acho que vou... tomar um banho... bem frio...- Corro até o banheiro.

-Oxi. O que deu nele?- Joe ri e dá uns tapinhas em Rob, que ainda olhava para Chaz.

-Isso vai ser divertido...- O baterista fala baixinho, ainda olhando para o tatuado.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...