História Room C-19 - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Camren
Visualizações 30
Palavras 978
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Orange, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 7 - Seven


POV LAUREN 


Ao sairmos do quarto, nós fomos direto para o lado de fora do setor, onde eu logo avistei Lucy e Vero encostadas no carro. 


Ao chegarmos perto do carro, Lucy nos olhou e sorriu. 


-Finalmente! - Lucy disse. 


-Pode ir parando Pomba. A gente nem demorou. - Falei. 


-Boa noite meninas. - Camila. 


-Boa. - Vero falou. - Senti saudades Camila. - Ela se aproximou de Camila e a abraçou. 


Não gostei daquilo, não gostei mesmo. 

-Eu também senti saudades Iglesias. - Camila disse. 


-Me senti excluída nesse negócio de saudade. - Lucy falou. 


-Não enche pomba. - Eu falei e Camila riu. 


-Ah, que isso Laur. - Camila disse. - Senti saudade de você também Little pomba. 


-Little pomba é você. - Lucy disse dando um abraço em Camila em seguida. 


-Bom gente o filme vai começar em 30 minutos, vamos logo. - Falei empurrando Lucy e Vero. 


Elas entraram na frente e eu fiquei no fundo com a Camila, e logo Vero tratou de dirigir. 


Estávamos cantando todas as músicas que tocavam na rádio, de vez em quando Camila trocava olhares comigo sorrindo e foi assim até chegarmos no cimema.


XXX


Não vou dizer se o filme foi bom ou ruim porque pra falar a verdade, eu nem prestei atenção.


Estava mais interessada nos lábios da Latina que estavam colados nos meus. Hora ou outra Vero e Lucy jogavam pipoca na gente para nos fazer prestar atenção no filme. 


Mas a pergunta é o seguinte: Quem é que vai ao cinema acompanhado de uma Latina linda apenas para assistir o filme? 


NINGUÉM


Mas o fato interessante foi que minhas belíssimas amigas sumiram durante uma parte do filme, e quando voltaram apenas disseram que foram buscar mais pipoca, só que não tinha mais. 


Essa realmente foi a pior desculpa que elas deram para mim. 


Elas não sabem disfarçar. Voltaram ofegantes e desconcertadas. Eu sei que elas ficam só não sei se elas sabem que eu sei. 


Bom, depois que saímos do cinema, nos fomos para um bar que tinha bem perto do campus. 


Ficamos por um tempo lá, bebemos pra caralho e depois fomos para nossos quartos. 


-E aí Camz, gostou do filme? - Perguntei tentando, na medida do possível, ficar séria enquanto destrancava a porta do quarto. 


-Sabe que eu não sei. - Falou rindo. - Acho que eu tô um pouquinho bêbada. 


Assim que entramos no quarto, que estava bem escuro, eu fechei a porta e Camila me puxou pela camisa para logo em seguida me beijar. 


-BONITO CABELLO. - Dinah falou alto fazendo a gente se afastar bruscamente.


Naquele instante eu corei violentamente e logo sentei em minha cama. 


-Porra Dinah. - Camila falou. - Segunda vez que você me assusta hoje. 


Dinah sorriu e foi caminhando lentamente até chegar em Camila, aproximou-se do ouvido dela e falou alguma coisa. 


Camila olhou para Dinah, colocando a mão sobre a boca em seguida para logo soltar uma risada. 


Eu observava aquilo sem entender nada. 


-Laur... - Camila começou. - Eu quero te levar em um lugar. 


Levantei da cama e fui até Camila, e logo saímos do quarto. 


-O que foi isso lá dentro? - Perguntei sem entender e Camila pegou em minha mão. 


-Nada não, Dinah só me disse que nos viu no cinema e pediu pra gente comprar alguma coisa pra ela comer, e eu como sou uma boa amiga, eu vou lá. - Falou ainda rindo. 


-E onde eu entro nisso? - Perguntei. 


-Você é minha bela acompanhante que tem que me acompanhar. - Ela disse. 


Andamos pelos corredores vazios do setor C até chegarmos na rua. 


-Você sabe que a gente não vai achar nada aberto né?! - Falei e Camila me olhou. 


Ela parou e me olhou. 


-É verdade. 


Ela parou pra pensar um pouco e depois pegou na minha mão me guiando para fora. 


Fomos caminhando até chegar em uma espécie de praça que havia lá. 


Camila se sentou embaixo de uma árvore e fez um sinal para que eu me sentasse ao seu lado. 


-Laur... - Falou e eu olhei para ela. - Você quer sair comigo um dia desses? Só eu e você. 


-Hum... Vou pensar. - Falei. 


-Pense o quanto você quiser. - Ela disse e se encostou na árvore, fechando os olhos. 


Sorri com suas palavras e fiquei observando o lugar que estava totalmente vazio. 


Olhei para Camila novamente e a vi se encolhendo, provavelmente com frio. Cheguei mais perto dela e a abracei. 


-Tá com frio é? - Perguntei. 


-Um pouco. 


Retirei minha jaqueta e dei para ela, que sorriu com meu ato. 


-Quer voltar? - Ela perguntou. 


-Só se você quiser. 


Ela nada falou, apenas se levantou e me deu a mão pra me ajudar a levantar. Nos voltamos caminhando lentamente em meio a uma conversa nada a ver sobre o quanto que a gente tinha bebido e sobre o quanto que ela gostou de sair comigo e as meninas. 


Ao entrar no nosso setor, tentamos fazer o máximo de silêncio possível. Quando entramos no quarto, nos deparamos com as duas amigas da Camila jogadas na cama de qualquer jeito. 


-Vou tomar um banho e já volto. - Falei e ela assentiu.


Peguei uma roupa mais confortável junto com minha toalha e fui caminhando em direção ao banheiro. 


-Camila. - Falei e ela me olhou. - Eu aceito sair com você. 


Entrei no banheiro e pude ouvir ela falando um "yes". 


Tomei um banho totalmente relaxante, vesti minha roupa e saí. 


Camila estava com um canudo na mão, passando ele pelos pés de Dinah. 


A loira se mexeu e empurrou Camila com o pé, fazendo-a rir. 


Caminhei até ela, a ajudei a levantar e depois eu deitei minha cama. 


Observei a Latina pegar suas roupas e entrar no banheiro, para então fechar meus olhos e dormir. 


De uma coisa eu tinha certeza: Essa noite eu dormiria feliz. 



Notas Finais


Pessoas, eu sou um cu pra escrever, eu sei. Um dia eu melhoro.

Bjux de luz.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...