História Roommates - Capítulo 31


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction
Personagens Harry Styles, Josh Devine, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Zayn Malik
Tags Larry, Niall Horan, Zayn Malik, Ziall
Exibições 290
Palavras 869
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hello Lovers <3!

Só quero pedir desculpa pela demora e agradecer pelos 133 favoritos.
Eu n]ao tinha prestado atenção e só hoje que vi! Deus até animo de escrever, mesmo estando com sono.
Obrigada gente, nunca imaginei que uma fic minha teria tantos favoritos, vcs sao lindos, e por isso, amanhã vou atualizar essa fic mais uma vez, e pra quem lê Drunk, vou att ela tbm!!
Amo vcs <3

Enjoy it!

Capítulo 31 - Black Out


            -Merda._ Zayn exclamou.

            Niall abriu os olhos devagar, ainda muito sonolento, mas piscou quando os raios atingiram seus olhos. O loiro resmungou e cobriu a cabeça, mas desistiu, o sol estava forte demais, então provavelmente já passava das 13 horas.

            - Desculpa Niall._ Zayn, que estava em cima da cama, disse jogando um de seus lençóis no chão, desanimado.

            Niall se levantou e sentou na cama, se encostando na cabeceira.

            - O que estava fazendo?

            - Você estava inquieto demais por causa da claridade e resolvi colocar um lençol escuro para escurecer o quarto, mas não estava conseguindo e te acordei.

            - Tudo bem, eu geralmente acordo essa hora mesmo.

            - Vou perguntar a minha mãe onde está seu Black out. E torcer para que ela não ter jogado fora.

            - Ela não ousaria. Não é?_ perguntou inseguro.

            - Não sei não, dona Trisha é terrível. Mas acho que ela apenas escondeu, digo guardou.

            Niall estreitou os olhos para ele, porém seu estômago roncou quando ia dizer algo.

            - Vou tomar um banho e então podemos sair para comer..._ o loiro se calou, ao sentir um cheiro bom no ar._ O que é isso?

            - Eu já fui comprar nossa comida, imaginei que tivesse muito cansado para sair, e então comprei.

            Niall voltou a expirar o ar, e sorriu satisfeito e agradecido.

            - O que é?

            - Panquecas, batatas recheadas, arroz, saladas, e...

            - Por favor, diga carne!

            - E carne._ completou sorrindo, ao ver o menor quase pular de felicidade.

            - Posso só roubar uma carne?_ pediu manhoso.

            - Horan, não encoste nessa comida! Vá tomar logo esse banho que estou morrendo de fome._ Zayn ordenou, mudando o tom de voz, para o mais grave possível.

            - Sim, senhor Malik!_ Niall disse batendo continência, antes de entrar no banheiro.

 

-x-  

            - Zayn? Aconteceu alguma coisa? Você está bem meu filho?

            - Estou bem, mãe. Não se preocupe.

            - É que você nunca liga, só manda mensagem, fiquei preocupada.

            - Mas estou bem, ok?

            - Ok. Por que me ligou meu anjo? Está precisando de dinheiro?

            - Não mãe, estou bem ainda. Te liguei para falar da cortina.

            - Você rasgou a cortina, Zayn? Você sabe o quanto ela foi cara?

            - Calma mãe, respira. Não rasguei nada, estou falando da cortina do Horan, a que tinha Black out. Diz que não jogou fora, por favor!

            - Não joguei, está em cima do guarda-roupa da sua irmã.

            - Então a senhora escondeu mesmo, não é?_ perguntou divertido.

            - Desculpa, mas esse loirinho quase implorava para ser irritado, de tão fofo que é!

            - Mãe!_ tentou repreendê-la, mas acabou sorrindo junto com ela.              

            - É só pegar lá e colocar de novo, mas ainda acho que as de linho são mais elegantes e sofisticadas.

            - E são, mas deixam a luz entrar e isso é péssimo nos finais de semana, porque quero dormir até mais tarde e não consigo.

            - Quando for no apartamento da sua irmã, não esqueça de pegar, ou melhor, quando for, me avise, que te lembro de pegá-la.

            - Obrigado mãe.

            - Por nada, filho._ ela fez uma pausa e Zayn escutou sua respiração, estava nervosa e ele já imaginava o que ela iria perguntar._ Tem visto seu pai?

            - Graças a Deus que não, espero continuar assim.     

            - Tem razão, é melhor continuar longe dele. Esqueça essa história meu amor, e termine essa faculdade, não desista por nada, está me entendendo?

            - Eu sinto sua falta, da senhora e das meninas.

            - Nós também. Mas é aí que precisa ficar, na Inglaterra, tudo bem? Acha que aguenta ficar aí depois de tudo?

            - Sim, eu farei de tudo.

            - Não tenha medo do seu pai, ele não irá tocar em você, ou nada seu, nem da Don. E fique forte, que eu farei o possível para ajudar você e sua irmã.

            - Não tem que se esforçar demais mãe, essa história te esgotou demais.

            - Quando se é mãe, essas duas palavras não existem no nosso vocabulário. Nunca estamos cansadas demais para nossos filhos.

            - Eu sei mãe, mão não quero que se canse mesmo assim.

            - Não vou. Mas não se preocupe comigo, estou bem.

            - Niall está terminando o banho e preciso esquentar nossa comida.

            - Hum... Você e o loirinho já estão nesse nível? O próximo passo será o que? Casamento?_ perguntou rindo.

            - Mãe!

            - O que?

            - Aff.

            - Aff o que? Até uns dias atrás você nem citava o nome dele, e hoje já está esquentando a comida do casal.

            - Mãe...

            - Estou brincando. E não conte para o Niall que sou legal, quando o ver outra vez, quero continuar com as provocações.

            - Cresça mãe._ disse divertido.

            - Eu não! E vá logo comer meu anjo, não quero que continue magro desse jeito, não é saudável.

            - Ok. Pode deixar. Te amo.

            - Eu te amo também meu filho

- E vou te ligar mais vezes mãe, foi bom ouvir sua voz e sua risada.

- Vou esperar. Dê um abraço na Don, e no Niall, mas não conte para ele que eu que mandei.

- Boba._ sussurrou após desligar, com um imenso sorriso no rosto.

 

-x-x-x-


Notas Finais


Comentem <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...