História Roommates - Capítulo 32


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction
Personagens Harry Styles, Josh Devine, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Zayn Malik
Tags Larry, Niall Horan, Zayn Malik, Ziall
Exibições 305
Palavras 999
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hello

Disse que teria mais um capítulo, e cumpri <3

Leiam as notas finais <3

Capítulo 32 - The Hunger Games


Fanfic / Fanfiction Roommates - Capítulo 32 - The Hunger Games

- Com quem estava falando?_ Niall perguntou ao sair do banheiro, já vestido.

- Minha mãe, e ela lhe mandou um beijo.

- Urgh!_ disse com cara de nojo, mas ao ver o moreno o encarando, na verdade, prendendo o riso, sorriu amarelo._ Obrigado. Por falar em mãe..._ disse correndo até o celular, procurando alguma coisa nele, e sorrindo ao encontrar._ A minha me respondeu.

            - Respondeu o que?

            - Tirei foto do seu braço e mandei para ela.

            - Quando tirou foto do meu braço?

            - Quando estava dormindo. Te disse que ela é enfermeira, lembra?

            - Claro. E o que ela disse?

            - Que está tudo certo, que está apenas irritado, mas é normal, e ficará assim por mais alguns dias. Te mandou cuidar muito bem, limpar, passar pomada, não abafar, procedimentos de praxe.

            - Agora sei como cuidou tão bem das minhas tattoos._ falou dando um sorriso agradecido para o menor, que corou, mas ainda assim sorriu.

            - Foram anos vendo ela cuidar dos meus machucados, eu era uma criança levada e com um irmão mais levado ainda. Muitos tombos.

            - Imagino. E eu mandei foto do meu braço para meu tatuador.

            - Por que não me disse nada?

            - Por que ele está...

            - Numa rave._ brincou.

            - Bobo. Ele está num retiro espiritual com a noiva, e só volta na terça-feira, mas já que sua mãe disse que está normal, vou ficar mais despreocupado.

            - Agora chega de papo, vamos falar do que realmente interessa.

            - Comida?

            - Sim! Comida!_ exclamou alegre, indo em direção à mesa de estudo, onde Zayn havia colocado as duas marmitas.

 

            -x-

            - Sua mãe não disse nada sobre você morar com alguém tão tatuado. Querendo ou não, ela é de cidade pequena, e pais de cidade pequena me achariam um vagabundo, drogado.

            - Não. Ela é de cidade pequena sim, mas estudou em Dublin, que querendo ou não, é uma capital, sem contar que estagiou aqui em Londres, e que por sinal, ela que me incentivou a vir estudar aqui.

            - Legal._ disse sorrindo, voltando a procurar um filme para assistirem naquela noite de domingo.

            - Ela sabe que não quero fazer uma tatuagem, e sabe também que não sou influenciável, e se por acaso, um dia eu quiser fazer, farei por decisão minha.

            - Sua mãe é tão legal Niall, e mesmo não parecendo, a minha também é.

            - Se você diz... Ei! Por que não vemos Jogos Vorazes? Podemos começar hoje e terminar no próximo domingo.

            - Acho uma ótima ideia._ respondeu animado, digitando o nome do filme na busca.

            - E você bem que podia estourar uma pipoca no microondas.

            - Por que você ao vai? Eu já comprei nossa comida.

            - Mas eu trabalhei a noite toda._ resmungou fazendo um bico adorável.

            Zayn o olhou e sorriu, logo se levantando, para estourar a pipoca do loiro.

            - Você é o melhor Zayn.

            - E você é um explorador seu oxigenado.

            - Isso é natural.

            - Tão natural quanto os peitos das atrizes de pornô.

            - Hein!_ o repreendeu. Zayn apenas sorriu, colocando o pacote no microondas.

            - Como era seu cabelo antes?

            - Tem foto?

            - Tem sim._ respondeu procurando no celular, e quando encontrou, mostrou ao moreno.

            - Meu Deus!

            - O que foi? Eu era tão feio assim?

            - Não... É que me lembro de você.

            - Lembra?

            - Sim.

            - Me lembro de você desde o ano passado, até se você ficasse careca eu lembraria, porque você é o Maligno popular._ disse fingindo nojo.

            - Idiota._ disse passando as outras fotos do Niall, e sorrindo a cada vez que via uma nova.

            - Claro que era você. Sempre andava com o Harry. Branquinho, bochechas vermelhas, principalmente no sol. Usava aparelho e tinha os cabelos castanhos, os olhos eram azuis, mas nunca pude ver o tom, afinal, sempre te via de longe.

            - Pensei que se lembraria de mim mais cedo, afinal andava com o Harry, que também era popular, e como descobri recentemente, eram amigos.

            - Sim, mas eu pensei que fossem duas pessoas diferentes, que Harry tinha mais um amigo. Afinal, nunca nos cruzamos. Sempre te vi de longe. Você está muito lindo Niall, já era, na verdade, agora está bem mais.

            - Er... O-o-obrigado._ sussurrou. Estava escarlate, mas apenas da vergonha, estava se sentindo muito bem. Tentou dizer mais alguma coisa, porém o microondas apitou, a pipoca estava pronta.

 

-x-

 

            - Que merda!_ Niall exclamou, já deitado no colchão no chão, inclusive Zayn já tinha colocado um tênis e um coturno do lado de fora, para não precisar acordar o mais novo pela manhã.

            - O que foi?_ perguntou, deitado na cama de Niall.

            - Amanhã já é segunda-feira._ choramingou, sacudindo os pés._ Eu odeio segundas.

            - Quem não?_ concordou. Também estava desanimado, mas por vários outros motivos.

 

-x-

            Vi Niall parar de se mexer, alguns minutos depois, e finalmente dormir. Como um anjinho loiro que era, ele não roncava, apenas sua respiração era pesada, e seu peito subia e descia, num ritmo constante.

            Me segurei para não colocar meu colchão ao seu lado, e dormir ao seu lado, para o ver mais de perto, porém sabia que era errado, e me limitei a assisti-lo de longe.

            Niall, infelizmente, não estava mais sozinho.

            Tinha alguém que gostava dele, e era recíproco. E depois de ter feito o que fiz com ele, devia no mínimo, respeitá-lo.

            Se tivesse me controlado para não descontar nele os meus problemas familiares.

            Se tivesse continuando o tratando bem, como no dia da Jolokia.

            Se tivesse continuando cuidando dele, como no dia em que passou mal.

            Nossa amizade poderia ter evoluído, ou não, mas pelo teria uma chance, eu poderia sonhar em conquistá-lo.

            Contudo, eu errei e devo lidar com as consequências de ter sido um idiota. E as consequências: estar apaixonado pelo Niall, e saber, que nunca, nunca, ele me corresponderá, e que eu nunca serei mais do que seu colega de quarto.

 

-x-x-x-


Notas Finais


Zayn finalmente vai começar a explicar tudo o que aconteceu com ele esse ano, se preparem.


Comentem, que volto logo *--*

E gente, estou adaptando uma fic, vou deixar link, o tema é vampiro, se gostarem, dê amor e favoritem <3
https://spiritfanfics.com/historia/dracula-ziall-au-adaptacao-6717799


Bye <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...