História Rosa é a cor mais quente. - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Gajeel Redfox, Levy McGarden, Lucy Heartfilia, Natsu Dragneel
Tags Colegial, Fairy Tail, Hentai, Nalu, Romance
Exibições 658
Palavras 1.402
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Ecchi, Escolar, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Pessoal, eu lamento informar, mas terei que sumir de novo, hoje eu vou viajar e semana que vem tem recuperação das provas, peguei três pelo o que eu vi, então, sejam pacientes que logo tudo isso acaba e eu entro de férias! Três meses de boa!
Espero que entendem, beijos amo vocês <3

Capítulo 19 - Isso não está acontecendo!


Natsu On

Acordei me sentindo o homem mais feliz do mundo, tinha acertado tudo com a Lucy, fiz um sexo maravilhoso com ela, claro que fiquei muito mais relaxado do que estava antes, ah mas foi a melhor coisa do mundo! Agora ficamos sei lá, por um mês e depois a peço em namoro? É eu acho plausível. Me sentei na cama e peguei meu celular, estava um turbilhão de mensagens como “Garanhão mesmo em?” “Ela é apertada?” “Fez ela gozar?”. Sabe quando você não faz a mínima ideia do por que das pessoas te mandarem mensagens assim? Estou desse jeito, então entrei no site da cadela e vi o post:

“Minha gente... CHAMA OS BOMBEIROS QUE PEGUEI FOGO! Além de terem assumido que estão juntos, Nat D e Lu H foram flagrados fazendo um bebê, que claro que se tiverem um bebê vai ser lindo! Enfim, os dois estavam no maior love, Natsu fez a loirinha gritar! Gente, eu não sei vocês, mas eu estou adorando esse casal novo! Vídeo a seguir!!!”

Fiquei de boca aberta ao ver praticamente um vídeo pornô meu e da minha garota naquele site do demônio! MAS EU MATO QUEM FEZ ISSO! E mais, os comentários são os piores, falando que podíamos estrelar um filme pornô, que Lucy daria uma boa atriz... EU VOU MATAR TODO MUNDO! Levantei furioso, tomei um banho, me troquei e sai do quarto, fui até o quarto da Lucy e quem atendeu foi a Levy.

-Eu já ia te chamar, ela está se acabando de chorar no banheiro – disse a nanica e entrei no quarto, fui até a porta do banheiro e tentei abrir, mas está trancada.

-Lucy sou eu, abre essa porta – pedi.

-VAI EMBORA! – ela disse chorando.

-SE NÃO ABRIR EU ARROMBO ELA! – eu gritei dando tapas na porta.

-Sério que vocês se gostam? – disse Levy.

-QUIETA LEVY! – dissemos juntos.

-Bom, vou sair – disse a nanica saindo e fechou a porta.

-Eu falei pra vocês que não devíamos fazer ruma coisa daquelas naquele lugar! – disse minha loira e suspirei, coloquei minha testa na porta e disse:

-Eu não fazia ideia que tinha um filho da puta nos filmando, pra mim só tinha nós dois ali, um lugar distante, escuro... Jamais esperaria... – eu disse e ela abriu a porta, está com os olhos vermelhos e inchados de tanto chorar.

-Eu sei – ela disse chorando mais e me abraçou, a abracei de volta de forma protetora – Isso é um pesadelo... As mensagens que me mandaram, dá até vontade de desaparecer...

-Não fala isso – eu disse pegando o rosto dela entre as mãos – A culpa foi minha, eu devia ter te escutado e a gente não estaria no boca desse povo nojento...

-Isso você tem razão – ela disse rindo – E se nossos pais verem uma coisa dessas?

-Impossível, só a galera jovem vê esse site pornô juvenil – eu disse a dando um beijo calmo e alguém bateu na porta. Eu fui abrir e travei na hora, só senti o soco no meu rosto que me fez cair no chão.

-NATE! – disse minha mãe e senti Lucy me ajudando a levantar.

-Natsu você está bem?! – perguntou ela e assenti colocando a mão em cima de onde havia machucado.

-SEU MOLEQUE! – disse Jude vindo me esganar.

-JUDE PARA! – disse Layla e Lucy entrou na minha frente.

-Ah mocinha! – disse ele pegando no braço da Lucy e a jogou na cama – Eu devia te dar uma surra Lucy!

-Se tocar num fio de cabelo dela eu esqueço que você é amigo dos meus pais e te arrebento – eu disse indo até Lucy e a puxando pra mim.

-Vero vem – disse Layla entrando no quarto junto da minha mãe e fechando a porta. Pronto, agora era nós dois contra nossos pais e mães, eu fiz muita merda na vida passada, que pelo amor de Deus.

-Podem explicar?! – disse minha mãe – Natsu!

-Vai por mim não foi por que quisemos – eu disse – Pra mim só estava nós dois ali, mas alguém filmou e mandou pra aquela cadela...

-Vocês não pensam?! – disse Layla – Meu Deus do céu! O que queriam fazendo uma coisa daquelas num lugar publico?!

-Mãe... – ia dizendo Lucy.

-MÃE NADA! – gritou Jude – Eu não te criei pra fazer esse tipo de coisa! Lucy, você só tem dezesseis anos!

-Eu sei... – ela disse me abraçando e a abracei de volta.

-Me diz que pelo menos se cuidaram – disse meu pai e o olhei – Imagina se Lucy fica grávida, vocês são duas crianças!

-Acha que somos burros? – eu disse – Claro que nos cuidamos...

-E agora? O que vamos fazer? – disse minha mãe.

-Simples, vou processar aquele site e quem filmou aquele vídeo, vai todo mundo pra cadeia – disse Jude, sabe ele é um advogado dos bons, quase nunca perde uma causa.

-Mas ninguém sabe quem é ela, ou ele, ou tanto faz – eu disse – Gossip é um site de fofoca da cidade, focado nos jovens mais conhecidos, no caso eu e a Lucy estamos no topo da popularidade agora...

-Eu nunca quis ser popular assim – disse Lucy com voz de choro e escondeu o rosto no meu peito.

-Tem uma área na policia especializada nesse tipo de coisa, encontrar vai ser o de menos, mas essa pessoa está mais do que ferrada – disse Jude – Ela expõe menores de idade em imagens inapropriadas, sexuais, como no caso da minha filha – a voz de choro dele foi engraçada, mas só o olhar do meu pai pra cima de mim me fez ficar quieto.

-Então nem tudo é um caso perdido – disse Layla – Vamos entrar com um processo e pedido de investigação?

-Exatamente – disse Jude.

-Vou ter que pagar? – perguntou meu pai.

-Não via ser muito, mas é da imagem do seu filho e da minha filha que estamos falando – disse Jude – Vamos pegar essa Gossip e coloca-la na cadeia...

-Até quem fim – eu disse suspirando aliviado.

-Vem cá – disse minha mãe e olhei – Há quanto tempo estão juntos para estarem fazendo esse tipo de coisa?! – os quatro nos olharam e demos de ombro.

-Não importa, bom, vocês estão juntos? Se gostam? – perguntou Layla e nossos pais quietos.

-Sim – disse Lucy me olhando e eu olhando pra ela – Demais...

-Então não vamos impedi-los de ficarem juntos – disse Jude – Mas não vai ficar com a minha filha sem pedir ela em namoro!

-Hã?! – dissemos nós dois.

-Isso mesmo, se querem ficar juntos tem que ser uma coisa oficial – disse minha mãe – Ainda mais pra fazer aquele tipo de coisa... Natsu onde aprendeu?!

-A natureza me ensinou? – eu disse e só senti o tapa na cabeça que meu pai me deu.

-E você Lucy... – disse Layla com as mãos na boca.

-Natsu me ensinou... – ela disse e Jude quase desmaiou.

-Ok, ok – disse meu pai – Vamos parar de falar da vida sexual dos nossos filhos... Agora, Natsu, eu te criei pra ser um homem, então aja como tal e peça a mão da Lucy em namoro para o Jude agora mesmo... – olhei pra Lucy e ela pra mim, fez uma cara de tanto faz e deu de ombros.

-Eu ia demorar mais ou menos um mês pra pedir, mas já que insistem – eu disse olhando pra Jude e pra Layla – Eu gosto muito da filha de vocês, eu penso nela o tempo todo, quero ficar com ela pra sempre se for o caso, então, por favor, me deixem namorar ela...

-Já fez o que fez né, o que eu posso fazer – disse Jude passando a mão no rosto – Agora melhorou um pouco a situação, mas não vou deixar Lucy ficar mais nem um dia nessa viajem...

-Pai! – disse Lucy e ele só levantou o dedo.

-Arrumem suas coisas e vamos embora – disse meu pai – Pra já!

-Ok... – dissemos e a dei um beijo na testa, sai do quarto junto com maus pais e fomos até o meu. Comecei a arrumar minhas coisas e minha mãe me ajudava a dobrar a roupas.

-Natsu, você sabe que se Jude quisesse ele te processaria também não é? – disse meu pai e assenti – Lucy é menor de idade e você é maior, sorte nossa que ele é nosso amigo...

-Eu seu pai – eu disse terminando – Vamos para casa – peguei minhas coisas, fomos acertar no hotel e logo fomos embora, assim como os Heartfilia, eu sei que agora a coisa vai pegar fogo, vai ser uma caçada pela cadela Gossip e eu estou louco pra “atirar” nela.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...