História Rosa é a cor mais quente. - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Gajeel Redfox, Levy McGarden, Lucy Heartfilia, Natsu Dragneel
Tags Colegial, Fairy Tail, Hentai, Nalu, Romance
Exibições 1.138
Palavras 1.501
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Ecchi, Escolar, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Aviso:Contém Hentai.

Capítulo 3 - Não resisto mais a você


Lucy se aprontava para ir a academia, mas ao ligar seu carro ele começou a apresentar problemas, a loira fechou os olhos e colocou a testa no volante. Seu pai ao ver que não tinha como concertar mandou ela ir a Dragneel Garage, claro que Lucy não queria por tinha o nome de Natsu, mas para seu pai não suspeitar ela levou o carro dando soluços a mecânica. Quando chegou o carro deu uma ultima afogada dentro da oficina.

-Droga! – disse Lucy saindo do carro e vendo que ele estava saindo fumaça.

-Ora, ora quem eu vejo – disse Natsu indo até Lucy.

-Sem gracinha Natsu – ela disse e ele deu risada. Natsu abriu o capô e a fumaça subiu, ambos tossiram.

-Se queria arrebentar seu carro batesse numa arvore – ele disse a olhando seriamente. Lucy ficou calada apenas observando ele, sem camisa, suado, sujo de graxa.

-Tem concerto pra agora? – ela perguntou e ele negou.

-Não, vou ter que esperar meu pai chegar amanhã pra ver o que faço, por que você arrebentou o motor... – ele disse – Custa cuidar do carro? Você é rica podia mandar alguém ver pra você todos os dias...

-Meu pai olha pra mim, mas eu não sei por que disso agora – disse Lucy pegando o celular. Ele a olhou, ela estava com o cabelo amarrado em um rabo de cavalo, vestindo uma calça de ginastica cinza, um top da mesma cor e um agasalho vermelho por cima.

-Bom, amanhã eu te digo o veredito – ele disse fechando o capô e limpou as mãos com um pano. Lucy assentiu e pegou o celular, ligou para o namorado para ele ir busca-la e leva-la até a academia, mas ele não atendeu.

-Vou ter que ir andando – ela disse suspirando e guardando o aparelho na bolsa. Natsu olhou ela indo embora e suspirou.

-Que se foda – disse indo até Lucy a puxando bruscamente pelo braço e a beijando com vontade. A loira relutou um pouco no começo mas logo se entregou a o beijo ansioso do rosado, quando se separaram ela colocou as mãos no peito nu do rapaz e tentou empurrado.

-Para com isso... – ela disse fechando os olhos.

-Eu nunca vou parar – ele disse a beijando de novo – Fica aqui... – falou entre o beijo e Lucy negou.

-Isso não pode acontecer de novo... – ela disse e ele sorriu.

-Esquece aquele cara apenas por uma hora... – pediu Natsu e ela o olhou nos olhos – Eu não consigo te esquecer...

-Para com isso – pediu novamente se entregando para Natsu. O rosado fechou a oficina e pegou na mão de Lucy, a guiou até a porta dos fundos onde do lado direito havia uma escada de ferro que subia para outra porta logo acima. Os dois subiram e Natsu abriu a porta, ali era um apartamento, Lucy entrou e viu que não havia paredes, era só até a metade e o resto era vidro, eram janelas.

-Você mora aqui? E seus pais? – ela perguntou e ele trancou a porta.

-Na casa deles... – disse Natsu a abraçando por trás e passando a mão no corpo da loira.

-Natsu – ela disse se voltando para ele – O que você pensa que está fazendo?

-No momento vou fazer sexo com você – ele disse indo beija-la, mas Lucy se afastou.

-Você pode fazer isso com quem quiser... Mas eu namoro e amo o meu namorado, e eu sei que vocês se conhecem desde pequenos – ela disse – Por que está fazendo isso?

-Talvez seja por isso que quero... – ele disse indo até ela – Você é dele e não minha... – ele e beijou mais uma vez, mais calmo do que antes e Lucy ficava mole em seus braços. O rosado tirou o agasalho vermelho da loira e jogou no chão, a pegou em seu colo como se ela fosse uma criança e a colocou na cama de casal desarrumada, tirou os tênis e as meias de Lucy, depois a calça e começou a beijar a barriga da loira até chegar ao pescoço. Lucy estava ofegante e corada, ela não conseguia mais lutar contra aquilo, contra o desejo que sentia por ele.   

-Camisinha... – ela disse quando ele ia tirar seu top – Aquela vez não usamos e morri de medo depois...

-Eu nem gozei dentro Lucy – ele disse tirando o top dela e dando um beijo em cada seio.

-E-Eu sei, mas mesmo assim, me deu medo, até comprei uma caixa de pílula do dia seguinte – ela disse gemendo e levando as mãos ao cabelo dele enquanto ele sugava seu seio direito.  A loira olhou a aliança de namoro e lembrou de Ethan, fechou os olhos e empurrou Natsu, ele a olhou e Lucy negou.

-Não quer mesmo? – ele perguntou e ela suspirou.

-Eu não sei mais o que quero... – ela disse e Natsu suspirou, pegou na mão dela onde estava a aliança e a tirou – Ei...

-Não quero você pensando nele enquanto está comigo – ele disse colocando a aliança no chão ao lado de sua cama.

-Mas... – ela ia protestar mas Natsu a beijou antes disso.

-Vou pegar a camisinha – ele disse se afastando dela e Lucy suspirou novamente, estava tremula. Se levantou e tirou a calcinha, depois olhou pela janela e viu sua cidade dali, Natsu tinha uma visão privilegiada, soltou os cabelos longos e loiros do rabo de cavalo e suspirou. Ela olhou para lado e o viu a olhando.

-O que foi? – ela perguntou cruzando os braços sobre os seios fartos.

-Nada... Deita – pediu e ela se deitou no meio da cama. Natsu segurou a camisinha ainda dentro da embalagem entre os dentes e se despiu rapidamente fazendo Lucy respirar fundo, ela ainda não havia se acostumado com a cena de um homem nu em sua frente. O rosado então colocou a camisinha e subiu na cama, puxou Lucy para si pelas pernas e ficou entre as pernas dela a beijou mais uma vez e ela deu risada.

-É estranho te beijar por causa do piercing... – ela disse e ele arqueou a sobrancelha – Mas é bom...

-Sei... – ele disse posicionando seu membro para penetrar em Lucy e a loira começou a tremer ainda mais. Natsu penetrou vagarosamente a fazendo suspirar e gemer lentamente, se beijaram e Natsu começou as estocadas levemente e profundamente, Lucy gemia baixo e arranhava as costas dele com ternura enquanto Natsu mantinha sua testa junta da cabeça de Lucy. Ele a beijou com calma e Lucy levou sua mão ao rosto dele e arranhou de leve ali, ela o olhou nos olhos e gemeu um pouco mais alto.

-M-Mais... – ela pediu o fazendo sorrir largo. Natsu se apoiou em suas mãos e aumentou o ritmo das estocadas, Lucy apertou as unhas comprinhas e bem feitas nos braços fortes do rapaz e gemeu o nome dele um pouco alto, do jeito que ele queria. Natsu foi mais devagar dando estocadas profundas e pausadas na loira que o olhou com os olhos cheios de lágrimas de prazer. Natsu então saiu dela e a virou de bruços na cama, se deitou sobre ela e penetrou novamente a fazendo puxar o ar com força pela boca. Natsu segurou na mão dela e Lucy apertou ao sentir ele indo com mais força e rápido. Ela revirou os olhos de prazer e os fechou em seguida, Natsu a deu um beijo na cabeça e Lucy levou sua mão ao cabelo rosado e macio do parceiro, virou o rosto para ele e o beijou com ternura, até que Natsu separou mais as pernas dela, foi mais rápido e forte a fazendo puxar seu cabelo e se jogar na cama abraçando um travesseiro. Natsu e ela começaram a tremer até que ele chegou ao seu ápice e deu uma ultima estocada profunda na bela loira que estava abaixo de si a fazendo tremer e gritar gemendo. Natsu se deitou em cima dela e rolou para o lado ofegante com um sorriso largo nos lábios. Lucy ainda estava deitada de bruços e ofegante, ela se virou para ele e viu Natsu se levantando e indo até o banheiro.

-O que eu fiz?... – ela disse se sentando se joelhos na cama e começou a chorar. Natsu saiu do banheiro e viu a cena dela amarrando o cabelo em prantos. Negou com a cabeça e colocou a cueca de volta.

-Lucy... – ele disse e ela ficou calada se vestindo – Lucy por que você está chorando?

-Por que eu trai meu namorado de novo – ela disse colocando os tênis – Por que você está me deixando assim? Por que eu quero tanto fazer essas coisas com você? – o rosado ficou calado e ela negou, pegou a bolsa e a blusa e saiu da casa dele indo embora. Natsu fechou os olhos e se sentou na cama, olhou para o chão e viu a aliança de namoro de Lucy ali, a pegou e viu o nome de Ethan escrito por dentro. Fechou o punho com a joia no meio e quis joga-la pela janela, mas não podia, não enquanto ele não tirasse Lucy de Ethan.  



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...