História Rose School - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fallen
Tags Escolar, Romance, Yaoi
Exibições 13
Palavras 757
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Escolar, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Não tenho nada o que colocar, apenas aproveite! :D

Capítulo 2 - Foi bom estar contigo


Três semanas se passaram depois do início das aulas, aparentemente, os outros alunos não pareciam ser tão ruins assim depois que começaram a se conhecer melhor. Ao decorrer de todo esse tempo, Fábio e Gabriel iniciaram uma nova amizade, descobriram muitos hábitos e interesses em comum, ambos alimentando um sentimento diferente e nem eram capazes de aceitar isso. Talvez ainda fosse cedo demais, aquele medo de se entregar antes da hora, afinal, haviam acabado de se conhecer. Mas no fundo sabiam que isso passaria de uma simples amizade, qualquer um com uma visão mais ampla notaria.


O sinal anunciou o fim do intervalo, os meninos trocaram olhares frustrados e se levantaram, carregando suas mochilas sem ânimo algum em direção a sala de aula, que aos poucos foi se preenchendo com os outros alunos. Logo, um homem esguio e de pele escura adentrou o local, caminhava de uma forma estranha e um pouco engraçada, seu olhar era profundo e passava certo medo para quem ousasse o encarar. Ele não parecia uma boa pessoa. Era possível ouvir alguns murmúrios no fundo da sala, os quatro meninos se olharam sem entender e o mesmo homem bateu as mãos sobre a mesa, fazendo a sala se assustar e ficar em silêncio total.


-Boa tarde -ele tinha uma voz extremamente grave, o que deixava sua aparência ainda pior- Eu sou Joshua, professor de História de vocês, ninguém desta escola teve aula comigo pois houve um engano e eu entrei no lugar do antigo professor -todos congelaram- Antes de mais nada, minhas normas são rígidas e eu sou exigente, então se preparem, minhas crianças -ele solta uma risada abafada, que mais pareceu ser maligna- Peguem seus materiais e vamos iniciar a aula.


A única coisa que se pôde ouvir era o som dos cadernos sendo colocados sobre as carteiras, nem mesmo as respirações eram ouvidas, Joshua sorriu satisfeito, batendo uma régua na palma de sua mão enquanto caminhava pela sala.


-Eu quero realizar um trabalho com vocês sobre as matérias que estão aprendendo -ele fez uma pausa, sua perna rangia enquanto ele girava o corpo para continuar andando- Nas duplas que estão, quero isto entregue para a nossa próxima aula, creio que algo assim não precise de tanto tempo.


-Impossível -Fábio praticamente sussurrou para Gabriel, o moreno deu de ombros e continuou escrevendo-


-Você... Pode ir lá em casa se quiser -ele disse depois de alguns minutos- Não tem ninguém lá depois da escola, então não vão nos atrapalhar


-T-Tudo bem -Fábio arregalou os olhos e sentiu seu rosto esquentar, os inúmeros pensamentos invadindo sua mente, ele tinha receio de que poderia acontecer algo que não estava planejado, ele respirou fundo e limpou a garganta, abrindo um sorriso fraco para o amigo- Nos vemos na sua casa então.


{...}


Fábio estava nervoso, nunca tinha ido na casa de alguém, seus olhos percorriam todo local com atenção, reparando nos mínimos detalhes mesmo sem querer, Gabriel olhou o garoto por cima dos ombros e sorriu, se sentando no sofá e largando sua mochila esparramada no chão.


-Bom... Seja bem-vindo -ele diz em meio a uma risada enquanto encarava o teto- Você quer alguma coisa antes de começar?


-Fábio negou com a cabeça, mas pensou melhor- Uma água, por favor...


-Não seja assim -Gabriel resmungou, se levantando num pulo, puxando consigo o mais baixo- Não precisa de toda essa formalidade quando estiver comigo


-D-Des... Desculpa -ele corou, olhando suas mãos que estavam dadas, desviando o olhar quando chegaram na cozinha- Sua casa é bem legal


-Você acha? -o mais novo sorri de canto, entregando o copo com água, observando com atenção ao amigo, Fábio assentiu e eles puderam voltar para a sala-


-Acho melhor começarmos -ele pega os materiais e coloca sobre o colo, Gabriel faz o mesmo, mas não mostrava tanto interesse em fazer o trabalho-


As horas passaram voando, quando ambos pararam para reparar no tempo, o céu já estava escurecendo, mas por sorte tinham terminado, suas notas estavam garantidas.


-Obrigado por ter ajudado -Fábio diz olhando para os próprios pés-


-Somos uma dupla agora, temos que nos ajudar -ele passa o braço pelo ombro do mais velho e sorri-


Então tudo se tornou silencioso, eles nem notaram mais fitavam a boca um do outro, com o desejo e a curiosidade no olhar, se aproximaram alguns centímetros, sentindo suas respirações decompassadas, Fábio ficou vermelho e se afastou, levantando rapidamente.


-Gabriel... Eu... Tenho que ir -pegou sua mochila e caminhou até a porta, o moreno o segurou pelo braço e sorriu-


-Foi bom estar contigo.



Notas Finais


:3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...