História Roses to Lynn - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Castiel, Lynn, Lysandre
Tags Amor Doce, Castiel, Docete, Drama, Lysandr, Romance
Exibições 70
Palavras 1.285
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Seinen, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá! Então, eu estava acordada nessa madrugada e então comecei a pensar em uma fanfic de um capítulo só! Eu ia fazer Yaoi, mas preferi deixar Hétero mesmo, espero que gostem, ela é de Drama e eu me inspirei em uma fic do EXO. <3

ps: Se possível leia com músicas tristes, depres... enfim :3

Capítulo 1 - Capítulo Único


Olá, Lynn. Lembra de mim? Fazem alguns anos  que nos vimos pela última vez, não é? Eu sinto sua falta, mas sabe quem ainda mais sente sua falta? Lysandre. Ele mesmo, o seu namorado. Ou melhor, ex namorado. 

Nossa, como o tempo passa. Eu lembro quando você tinha acabado de chegar na escola, eu implicava com você, e o Lysandre sempre foi um amor, ele e protegia mesmo nem conhecendo você, a verdade é que ele nunca tratou uma garota como te tratou. Lynn, eu posso afirmar que ele realmente te amava.

Eu lembro que você surgiu na vida dele quando tudo estava perdido, seu pai havia falecido, sua mãe estava com crise de amnésia e seu irmão nem tempo para o mesmo tinha. Ele vivia calado, nem para falar comigo ele fazia, chegou uma hora eu estar completamente preocupado com ele, mas aí chegou você. A garota de cabelos morenos e lábios rosados, olhos verdes... Coração enorme, o acolheu, mais do que eu já havia acolhido todos esses anos que o conheci. E quando vi, ele estava mudado, mais sorridente, mais feliz. Isso tudo graças a você.

Como eu te invejava.

Uma garota que mal acabou de chegar e já conseguiu tirar o meu melhor amigo da depressão, mas o que você tem? Eu te odiei de primeira, por isso sempre implicava com você, mas ele... Ele te defendia com garras e unhas, e aquilo me irritava. Talvez por eu não conseguir fazê-lo se sentir melhor ou pelo simples motivo de que... Eu estava gostando de você.

Lembro do dia em que você deu o maior bolo nele, o fazendo esperar horas na cafeteria, mas você não foi. E ele te perdoou por isso. Lysandre, sempre com um enorme coração. Tsk. Eu odiava isso. Talvez odiasse tanto, por saber que era realmente verdade o que ele sentia por você. 

Lembro quando ele começou a lembrar das coisas mais facilmente, sorria bobamente e até escrevia músicas para você, apenas para você, e fazia lindas poesias. Quando ele lia para você, eu só via seu rosto corado e sua risada doce. Como eu odiava aquela risada. Talvez eu a odiasse tanto, por saber que elas não eram para mim.

Lembro também quando era dia de São Valentim, e ele te deu caixas e mais caixas de chocolate, enquanto para mim ele só me deu um abraço. Eu te invejava por conseguir toda essa atenção para você. Por ter roubado o meu melhor amigo. 

E eu também lembro, a primeira vez ele falou que te amava, mas naquela noite eu me odiei. Odiei por não poder fazer nada, odiei por amar a mulher que ele amava e me odiei principalmente por querer você para mim, apenas para mim. Mas nem isso eu estava perto de ser.

Então vocês começaram a namorar... Confesso que demorou um tempo - bastante -, para eu me acostumar com isso. De ver vocês juntos, abraçados, rindo, se divertindo. Eu me odiei por sentir ciúmes e desejar que aquilo acabasse.

Mas agora eu me arrependo por ter desejado isso.

Ficava enjoado só de ver vocês juntos, sempre com apelidos carinhosos, sempre com essas baboseiras. Eu odiava aquilo. 

Eu odiava tudo em que envolviam os dois. Pois eu não acreditava em amor verdadeira, mas vocês me faziam pensar ao contrário. Pensar que talvez isso existisse. 

Ele confiava cegamente em você, confiava tanto... Que ele poderia te deixar em uma sala sozinha com vários garotos. Se fosse eu, jamais te deixaria. Talvez essa fosse a diferença entre mim e ele. Pois eu tenho certeza que... Nós te amávamos da mesma forma. 

Tudo era tão perfeito... Mas por que você tinha que fazer isso. Você me obrigou. E eu me arrependo. Eu me arrependo amargamente.

Depois daquele dia, depois do que você me falou, eu não pude acreditar. Eu não pude acreditar que você iria fazer isso com ele. Comigo. Com todos. E ainda me fez prometer que eu jamais contaria para o Lysandre. 

Como você acha que eu me senti?

Eu tinha que mentir para o meu melhor amigo... Eu queria bater em você, te jogar, e te xingar bastante. Porém eu não o fiz, além de te amar, você não merecia. Mas o ódio que senti por você naquela hora foi... Imenso.

O que eu iria dizer? Como eu iria agir? O que ele ia pensar? Falar? .... Lynn, por que a mim? Sabia que eu gostava de ti, sabia que ele iria sofrer. E eu? Ainda mais por ter que mentir. 

Eu lembro... lembro quando tive que dizer para ele que você havia largado o mesmo, dado um puta chute na bunda dele. Que o odiava, que apenas fingiu amá-lo. Acha que disse isso rindo? Eu queria me quebrar, me destruir. 

Sabe o que foi pior? Foi saber de toda a verdade, e ainda por cima saber que ele jamais iria desistir de você. Que ele iria te esperar, e conversar com você para que as coisas se ajeitassem, ele não acreditou muito quando eu disse que você o odiava. Ele sempre foi assim... Teimoso. 

O que mais doía era ver o sorriso dele dizendo para si e para mim que você iria voltar, eu nada poderia dizer, pois sabia que você jamais iria voltar.. 

E naquela noite que fomos resolver algumas coisas sobre a banda, ele apenas me contou o quanto te amava e o quanto estava preocupado com você. Você tem ideia do quanto aquilo doeu? Mas tenho certeza que não só em mim, pois ele deitou sua cabeça em meu ombro e chorou... chorou... e chorou. 

Eu nunca tinha visto ele chorar tanto em todos os anos que passamos juntos, mas ele o fez, por você, Lynn... 

E finalmente nos formamos... 

Mas ele tinha mudado, ele voltou a ser o garoto silencioso de antes. O que nem eu conseguia entender direito. O Lysandre estava mais frio... Tudo por sua culpa. 

Ele não quis fazer faculdade, assim como eu também não, então seguimos para montarmos uma banda realmente profissional. 

- Qual vai ser o nome? - ele perguntou.

- Roses to Lynn. - disse.

Se você pudesse ver a expressão dele quando disse seu nome, talvez você entendesse o que é sofrer a cada dia, lentamente. Talvez você entendesse o que é realmente um inferno. 

Ele recusou de inicio a ideia do nome, mas depois eu disse para o mesmo que poderia ser um nome legal, assim que fizéssemos sucesso, você iria ver e talvez encontrar ele novamente. 

Mas era mentira.

Tudo era uma mentira agora.

Pois você jamais iria voltar.

Lynn... Desde que você se foi as coisas mudaram. Eu comecei a namorar, mas claro, jamais deixei ele de lado e agora ele começou a namorar também. Eu estou noivo, e ele está mais feliz. Nossa banda está fazendo sucesso por aqui e estamos fazendo turnês. Talvez seja isso que ele sempre quis, talvez seja isso que você também queria quando me pediu para não contar sobre o que aconteceu.

Mas... em qualquer lugar que esteja, você está feliz pelo que o Lysandre se tornou.. Eu também estou, graças a você eu pude mudar meu jeito de pensar e agir. Graças a você ele teve os dois anos mais felizes da vida dele. 

E hoje, 18/10/2026, fazem exatamente dez anos que você morreu e o deixou. 

Eu não o contei, jamais irei contar, como prometi para você. 

Mas ele ainda te espera, e acho que ele irá te esperar até o coração dele parar de bater. 

Lynn obrigado, por ter feito o meu melhor amigo feliz. "

Castiel dobrou a carta e deixou sobre o túmulo, junto com uma pequena rosa vermelha. 

" Lynn D'orraian

✡ 12/04/1998 

✝ 18/10/2016 "

 

 

 


Notas Finais


Então pessoal, espero que tenham gostado! Minha primeira fic de apenas um capítulo! USHUAHSA então... :3 comentem e favoritem! se gostaram, é claro.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...