História Roslyn: Dramione - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Alvo Dumbledore, Argo Filch, Blásio Zabini, Cho Chang, Córmaco Mclaggen, Daphne Greengrass, Ernesto Macmillan, Gina Weasley, Harry Potter, Hermione Granger, Horácio Slughorn, Lilá Brown, Minerva Mcgonagall, Narcissa Black Malfoy, Neville Longbottom, Pansy Parkinson, Ronald Weasley, Rúbeo Hagrid, Theodore Nott
Tags Amor, Draco Malfoy, Dramione, Gina Weasley, Harry Potter, Hermione Granger, Hogwarts, Romance, Rony Weasley, Theodore Nott
Exibições 521
Palavras 851
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Hentai, Magia, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Gostaria de agradecer a todos os leitores e leitoras, que estão lendo. Espero que continuem acompanhando, beijos! ♥

Capítulo 9 - Ciúme


POV Theodore Nott.

Despedi-me de Hermione, ela resolverá ficar no jardim, para encontrar as amigas. Gostava da companhia dela, quando estava em sua presença, não pensava em mais ninguém. A garota é linda, tenho muita sorte em estar com ela. Realmente estou apaixonado pela morena.

Saí em direção ao castelo, caminhei rapidamente pelos corredores, resolvi procurar Malfoy, revirei cada canto do castelo, fui à biblioteca, ao salão dos monitores, ao campo de quadribol e não o encontrei em lugar algum. Aonde ele poderia estar me perguntava mentalmente. Estava quase desistindo quando me esbarrei com Pansy Parkinson, à menina foi ao chão, apressei-me em ajudar a levanta lá.

- Você está bem Pansy? –perguntei

- Sim, estou. – ela respondeu.

- Desculpe-me pelo esbarrão, estou meio distraído hoje. – falei.

- Não foi nada. – disse ela.

- Pansy você por acaso, sabe onde o Malfoy está? – perguntei.

- Sei sim, ele está no salão comunal da Sonserina. –  ela respondeu.

- Obrigado. – agradeci saindo.

Fui em direção às masmorras, o salão da Sonserina ficava localizado lá. Falei a senha para o quadro, que liberou minha passagem. Observei meu antigo salão comunal, desde que me tornei monitor chefe, venho muito pouco aqui. O local estava cheio, vários alunos estavam no sofá conversando. A lareira estava acesa, vi Blásio sentado se aquecendo, o salão era muito frio. Dirigi-me até ele, sentando ao seu lado.

- Blás, animado para o jogo de amanhã? – perguntei, puxando assunto.

- Sim cara. Apostei 500 galeões na Grifinória – ele respondeu.

- Você viu Draco por aqui hoje? – perguntei

- Ele está no antigo quarto dele. – respondeu.

Blásio é um bom amigo, também joga quadribol no time da Soncerina, é um ótimo batedor.

- Vou lá falar com ele, até mais. – disse saindo em direção aos dormitórios.

- Até – ele falou.

Subi as escadas com pressa, cheguei em frente ao quarto de Malfoy, bati na porta, e ouvi um entre. Entrei, ele estava deitado na cama, lendo um livro.

- Eu estava esperando você Nott, sabia que mais cedo ou mais tarde, você viria me procurar e acredito até saber o assunto que quer falar comigo. – ele disse.

- Eu quero falar sobre Hermione. – disse á ele, e um tom irritado.

- Eu imaginei. – ele falou.

- Quero que se afaste dela. – eu disse.

- E porque eu faria isso? –perguntou-me debochado.

- Estamos juntos, não quero que fique perto dela. – falei.

Ele levantou-se e veio em minha direção. Tínhamos a mesma altura, ficamos nos encarando de igual para igual, um silêncio incômodo se instaurou entre nós.

- Pensa que não sei que você esta apaixonado por ela, eu vejo seus olhares sobre minha garota, a sua Amortentia, é igual a minha, tem o cheiro dela. Você fica de conversinha pra cima dela durante as aulas. Eu estou o observando á dias Malfoy, eu o vejo seguindo Hermione, por todos os lugares, a vigiando, á secando. – falei.

Estava louco de ciúmes, não suportaria perder Mione, já não me vejo mais sem ela. Os dias antes de nos aproximarmos, eram tão vazios, Hermione chegou em minha vida e tudo mudou, eu me sentia outro ao lado dela, eu me sentia um cara melhor. Não a deixaria partir. Não deixaria que tudo voltasse como antes.

- Não vou me afastar de Hermione, que eu saiba vocês não estão namorando, estão apenas ficando e acho que ela é bem grandinha pra decidir com quem conversa, ou deixa de conversar. – ele disse arrogantemente.

- Você está avisado Malfoy, fique longe dela. – eu disse.

- Que foi Theo? Está com medo de perdê-la pra mim?  - ele questionou debochadamente.

Não consegui responder, fiquei imaginado, ela com ele, eles se beijando. A cena me enojou, nunca permitiria isso.

- O gato comeu sua língua Nott? – ele continuou irônico.

- Cala boca, Malfoy, vai se foder. – falei, já tinha perdido toda minha sanidade, mais alguns minutos aqui, e partiríamos pra uma briga.

- A única que vai ser fodida, vai ser a Granger, você já me imaginou em cima dela? Ela gemendo meu nome, ela deve ser tão apertada, imagino que seja virgem ainda, eu adoraria descobrir isso. – ele disse sarcástico.

- Você nunca vai colocar essas mãos imundas nela. – eu disse bravo. Não aguentei tamanha provocação, e dei um soco em Malfoy.

Ele me tirou do sério, que ousadia dizer isso sobre ela.Tenho que fazer algo, para afastá-los. Saí do salão comunal da Sonserina e fui para o salão dos monitores, ver se Mione, já havia chegado. O salão estava vazio, fui até meu quarto, tomei um banho frio, troquei de roupa e desci, já estava quase na hora do jantar, ela devia estar no salão principal já.

Cheguei à entrada do salão principal, e logo avistei a morena, que estava tirando meu sono, ela estava com Potter e Weasley. 

Fui para a mesa da Sonserina. Olhei pra Hermione de esguelha, e ela parecia estar se divertindo com os amigos. Eu não suportava aqueles dois, principalmente o pobretão do Weasley, eles já ficaram uma vez. Eu tinha que tomar uma medida que afasta-se minha garota de todos esse abutres.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...