História Rotten - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Arlequina (Harley Quinn), Batman, Esquadrão Suicida, Hera Venenosa
Personagens Alfred Pennyworth, Barbara Gordon, Bruce Wayne (Batman), Comissário James "Jim" Gordon, Coringa (Jack Napier), Dr. Jonathan Crane (Espantalho), Edward Nashton/Nygma (O Charada), Harleen Frances Quinzel / Harley Quinn (Arlequina), Harvey Dent (Duas-Caras), Oswald Chesterfield Cobblepot (Pinguim), Pamela Lillian Isley, Pamela Lillian Isley / Poison Ivy (Hera Venenosa), Personagens Originais, Selina Kyle (Mulher-Gato)
Tags Batman, Harley Quinn, Suicide Squad, The Joker
Exibições 39
Palavras 551
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Romance e Novela, Violência
Avisos: Bissexualidade, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Hey, é a minha primeira fic hihi. Queria deixar alguns avisos aqui, se quiserem entender melhor como vou escrever, leiam.
• Eu NÃO vou romantizar o relacionamento dos dois (Joker e Harley)
• Eu não li as HQ's, infelizmente, mas sei perfeitamente como funciona o relacionamento deles, como é abusivo, violento e etc.
• Eles vão ser os principais mas também vou focar em outros personagens que vão surgir durante a história.
• Vou tentar atualizar a fic todos os dias, mas talvez eu possa ter um bloqueio criativo ou dar uma pausa pra focar mais nos estudos.
Boa leitura <3

Capítulo 1 - Como deveria ser?


Harleen
Acordei com o barulho do despertador e logo me levantei, era o primeiro dia de trabalho e eu já tinha recebido algumas instruções pelo e-mail.
Fui pro banheiro e tomei um banho rápido. Coloquei uma blusa azul e uma calça preta com um salto preto. Fiz um coque no cabelo, depois tomei meu café e saí de casa.
Chamei um táxi e logo já estava em frente ao Asilo Arkham.
Dei um suspiro e mostrei meu crachá pra um dos seguranças na entrada, que sorriu e abriu o portão pra mim sem hesitar.
Olhei tudo atentamente em minha volta enquanto andava, era um tanto sujo e estava bem mal cuidado, tentei ignorar mas o cheiro também não ajudava. Parei em frente a uma secretária, não sabia oque fazer, fiquei lá, parada.
– Vai ficar aí olhando pra mim? – Ela disse e me olhou de cima a baixo.
– Ah, é meu primeiro dia.
– E o que eu tenho haver com isso? – Fez uma cara de nojo.
– Podia me falar onde ficam as salas, ou sei lá.
– As salas ficam naquele corredor – Apontou pro local. – E qual é o seu nome? – Revirou os olhos, oque ela tinha contra mim?
– Harleen.
– Nome completo. – Fez uma voz diferente e revirou os olhos, de novo.
– Harleen Frances Quinzel – Ela procurou alguma coisa no computador e depois me deu uma chave.
– Seu nome vai estar escrito na porta.
– Obrigada. – Ela não respondeu, provavelmente fingiu que não ouviu, tirou uma lixa de unha da bolsa e analisou a mão como se eu nem estivesse ali, que mulherzinha ignorante!
Fui na direção do corredor e logo achei minha sala, entrei e vi alguns papéis na mesa, eram meus pacientes e os horários das consultas.
Hera Venenosa, Charada, Duas-Caras, Pinguim e... Joker.
Estremeci ao ler o último nome, eles estavam malucos!? O cara era conhecido por matar todos os psiquiatras! E eu provavelmente era a próxima.
Vi que já estava na hora da primeira consulta.
Hera Venenosa.
Não ia ser difícil, eu acho.
Fui até a ala marcada no papel e logo achei o número da cela dela, dois guardas estavam na porta.
Mostrei o crachá, e antes de abrir a porta, um dos guardas sussurrou.
– Qualquer coisa, é só gritar.
Assenti com a cabeça. Gritar? Isso estava ficando cada vez mais assustador.
A cela era escura, podia ver a moça ruiva sentada, ela logo sorriu e eu retribui.
– Bom dia, doutora, como está? – Ela era muito educada, pra uma criminosa.
– Estou bem, e você?
– Bem também.
– Ótimo, vamos começar.
Conversamos muito e eu nem percebi o tempo passando, logo acabamos a consulta.
Também conversei com Charada e Duas-Caras, foi um pouco estranho mas nem tanto. Amanhã sim seria estranho. Joker. Por que diabos colocaram uma novata pra tratar dele? Eu realmente não entendo a lógica desse lugar.
Esse trabalho era tranquilo, já estava no final da manhã, oque significava final do expediente.
Logo já tinha chegado em casa e o resto do dia foi normal, resolvi algumas coisas do trabalho no computador e rapidamente já tinha ido dormir. Eu estava um pouco cansada dessa vidinha sem graça, mas, se não fosse assim, como deveria ser?


Notas Finais


Desculpem qualquer erro, e se tiver ficado pequeno demais. No começo vai ser sem graça assim mesmo mas ao longo da história vai melhorando, obrigada por lerem!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...