História Roubada do Mundo - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amigo, Beleza, Ensino Medio, Ilusão, Inesperado, Nerd, Popular, Salvação, Sequestro, Timidez
Visualizações 24
Palavras 561
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Boa leitura! :D

Capítulo 1 - Um Novo Dia


Depois que a mamãe e o papai foram promovidos no trabalho, tivemos que mudar da nossa cidade do interior para a cidade grande.

Fiquei feliz com a notícia, exeto pela parte em que teria que deixar minha antiga vida para trás. 

Porém, era necessário. No sábado da mesma semana, fizemos as malas, as colocamos nos carros de ambos meus pais e partimos para a capital.

Não somos ricos, nem pobres, somos classe média, e mesmo assim, alugamos um apartamento, muito bom, até.

As aulas na escola particular vão começar no final de janeiro, ou daqui a três dias.

Sendo tímida, mudanças são meu pior pesadelo, e realmente estou ansiosa, mas por algum motivo me sinto feliz. Por poder recomeçar, conhecer novas pessoas, novas culturas, enfim, tudo o que uma nerd e curiosa como eu quer.

Vai ser hilário.

###

Começou um novo dia. E as aulas também. Uhu!

Acordei cedo pois queria estar impecável pros boys. Ha, ha, ha, zoeira. Era só por estar bonita mesmo.

Lutei para escovar meus cabelos 1/3 do meu castanho natural, 1/3 de roxo e o outro 1/3 que ia até as pontas de azul. Eles não são grandes, são de tamanho médio, mas tem muitos nós por ser ondulado. Mas eu aguento, fazer progressiva? Jamais!

Passei um batom rosinha claro, quase um nude, e até pensei em passar rímel, mas fiquei com preguiça e não queria que meus olhos castanhos escuros ficassem ardendo.

Pus o uniforme azul marinho, meu tênis cano alto preto e meu colar com um pingente  de controle de video game, e meus brincos de coração. Unhas uma de cada cor: preto, verde, azul, roxo e vermelho, do polegar ao mindinho, nessa ordem.

Desci e tomei meu café da manhã. Esperei minha irmã e meu pai para irmos até a garagem, entramos no carro e fomos até a escola da minha irmãzinha, que é separada da minha. 

- Tchau, Bia! Boa aula! - Meu pai diz enquanto a deixa na porta da escola.

- Tchau pai! Tchau, Maitê! - Minha irmã responde.

Meu pai me deixa perto do portão de entrada da escola, como combinamos, nos despedimos e ele vai embora.

Entro na escola e começo a procurar minha sala. A encontro e sento em uma cadeira no fundo da sala e espero a aula começar lendo meu livro.

- Ei, garota! O que você tá lendo?

Levanto a cabeça e vejo um cara alto olhando para mim com um sorriso no rosto. Admito que ele é lindo. Junto com ele, mais 6 garotos estão de pé atrás ou ao seu lado.

- É... "A Guerra dos Tronos".

- GOT*? - Ele repete.

- Aham.

Ele ergue as sobrancelhas e dá uma risada abafada.

- Uma nerd de cabelo colorido e sem óculos... O que deu no diretor pra botar ela aqui? - E vira de costas, sentando em uma cadeira da mesma fileira que eu, com uma de diferença. O resto se senta em volta, e o que senta na minha frente diz:

- Desculpa pelo JP.

- Tudo bem, eu não ligo.

Então aquele bonitão se chama JP? Deve ser de João Pedro. O garoto continua virado para mim.

- Qual seu nome?

- Maitê.

- Antônio. Prazer em te conhecer, Maitê. 

- O prazer é todo meu, Antônio.

- E, aliás, seu cabelo é muito bonito.

Ele fica levemente corado ao dizer isso.

- Obrigada. Suas sardas são muito lindinhas.

Antônio fica ainda mais vermelho e dá um sorriso tímido.

- Ah, valeu... 

A professora de biologia chega e começa a aula.




Notas Finais


Pra quem não sabe:
*GOT: Game of Trones.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...