História Roubarei teu coração para mim - Capítulo 90


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Seven Deadly Sins (Nanatsu no Taizai)
Personagens Arthur Pendragon, Ban, Diane, Elaine, Elizabeth Liones, Escanor, Gowther, Guila, Hauser, Hawk, Jericho, King, Meliodas, Merlin
Exibições 66
Palavras 684
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ecchi, Hentai, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 90 - Tempester, finalmente resolveu aparecer?


Fanfic / Fanfiction Roubarei teu coração para mim - Capítulo 90 - Tempester, finalmente resolveu aparecer?

*BAN NARRADOR: ON
 Eu deixo a Elaine, dormindo no quarto, e resolvo dar uma volta por aí.
 Fico andando pelo corredor e acabo encontrando o James.
-Olá, cobra!-digo, o cumprimentando.
-Eu não sou uma cobra!-ele reclama.-Eu sou  um dragão.
-Os dois são parecidos, de qualquer maneira.-digo.
-Mas, não são a mesma coisa. Então, não confunda. Por favor.
-Por que não está no quarto, com a Kathleen?
-E você? Por que não está com a Elaine?
-Você está fugindo do assunto.-digo.
-Vai me deixar em paz, se eu contar o motivo?-James pergunta.
-Sim.
-A Kath e o Marine, estavam se beijando.
-O QUÊ?!!!!-digo, muito surpreso.
-Ela me abandonou, sem dar nem uma explicação... Igual aquela vez, que eu fiz algo parecido.
-Como assim?-pergunto, confuso.
 James me conta toda a história, com todos os detalhes.
-Você é um idiota?!-digo, nervoso.
-Por que está dizendo, isso?
-Marine, com certeza, quer se vingar de você. Ele te enganou, para você deixá-lo sozinho com a Kath!-explico.-Mesmo que você tenha visto eles se beijando... Quem garante, que aquilo, não faz parte do plano da cobra azul?
-Isso significa...?-James pergunta, sem entender nada.
-A Kath, jamais te trairia. Pois, ela te ama muito.-digo.-Enquanto você fica perdendo tempo aqui, Marine pode estar quase matando ela, dentro daquele quarto!
-Por que não disse antes?!-James diz, nervoso, se teleportando logo em seguida.
*BAN NARRADOR: OFF
*JAMES NARRADOR: ON
 Eu "entro" no quarto e me espanto. Kath está com as roupas rasgadas, com uma boa parte do corpo exposta, arranhões pela pele e cheia de marcas, de mordidas profundas.
-Você... tem um gosto bom.-Marine diz, mordendo o ombro dela, com seus dentes afiados. Vejo sangue escorrer, na região da mordida.
 Dou uma voadora no Marine, que tem as costas "enterradas" na parede, devido ao impacto.
 Ele sai da cratera com dificuldade.
-Finalmente, apareceu! Eu já estava me sentindo solitário, sem o meu irmão favorito, por perto.
-Kath, não perca o colar, por nada neste mundo.-sussurro para ela.
Marine se aproxima, muito rápido, de mim. Tão rápido, que meus olhos não conseguem acompanhar.
 De repente, levo um soco forte, no topo da minha cabeça. Meu corpo, é lançado para baixo, abrindo vários buracos no chão, até eu cair no chão do porão do castelo.
 Está tudo escuro. Não enxergo, nada. De todos os dragões, eu sou o único azarado, que não tem visão noturna.
 Escuto uma risada maligna e olho para todos os lados, procurando por Marine.
-James, James...-ele diz.-Já se esqueceu? Naquele dia, você me derrotou por sorte. Se não tivesse conseguido, eu teria te matado, alí mesmo.
-Quem disse?! Eu, sou o segundo mais forte!
-Você, era.-ele responde.-Você se tornou um fracote.
 Marine, começa à golpear todo o meu corpo, com chutes e socos. Um dos socos fortes, atinge meu estômago, e eu cuspo sangue pela boca.
-Não se divirta sozinho, Marine.-outra voz, diz.
-Desculpa, Mestre-sama.-Marine responde, parando de me machucar.
-Tempester?-pergunto, tentando reconhecer a voz familiar.
-Não quero ouvir meu nome, sair de uma boca tão imunda, como a de um verme, como você.-ele responde.
 Fico assustado. Pois estou, cercado de dois inimigos, muito poderosos, que eu nem sei onde estão.
-Marine, vá pegar os colares de volta. Precisamos resgatar, os nossos irmãos.-Tempester diz.-Não se preocupe. Depois que eu terminar, eu pego o teu.
-Entendido, Mestre-sama.-Marine diz.
 Escuto barulho de asas batendo. Provavelmente, Marine foi embora.
-Você é patético.-Tempester diz, pisando em mim.-Abandonou Marine, o teu único aliado. Se tivesse feito a escolha certa, talvez, vocês dois poderiam me derrotar.
-Eu não o abandonei!-digo.
-Oh! Não? Então, me explique. Quero saber, qual será a tua desculpa, desta vez.
-Eu planejava derrotar você, sozinho. Não queria envolver o Marine, pois ele era um amigo querido.-começo à explicar.-Eu o deixei no deserto, para ele ficar sem forças, e não ter como me seguir ou se envolver na nossa batalha. Depois que ela terminasse, eu ia buscá-lo.
-Mesmo, assim.-Tempester diz, pisando em mim, com mais força.-Em vez de salvá-lo e levá-lo contigo, você preferiu escapar sozinho... Você, só pensa no teu próprio umbigo, igual aos humanos. Deve ser por isso, que você gosta tanto deles.
C.O.N.T.I.N.U.A.

   



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...