História Roxo - Vkook Taekook - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Jeongguk, Jungkook, Namjin, Sope, Taegguk, Taehyung, Taekook, Vkook, Yoonmin
Visualizações 61
Palavras 1.712
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Romance e Novela
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oioi tudo bem com vocês?? Espero que sim!
Aqui estou eu, trazendo um capítulo que tem algumas surpresinhas rs
Espero que vocês gostem, vejo vocês nas notas finais sz
PS: obg pelos favoritos meus anjinhos!
PS2: O que vem em itálico antes do título do capítulo - qualquer coisa, principalmente mensagens de texto - são memórias de algum personagem, um tipo de spin off, só para deixar claro!

Capítulo 3 - Uma troca inesperada


Fanfic / Fanfiction Roxo - Vkook Taekook - Capítulo 3 - Uma troca inesperada

Namjoon: 
Taehyung vai guardar o segredo. Não se preocupe, Hyung, ficará tudo bem. 

                                                                                                                        Seokjin:
                                                                              Ele é realmente muito compreensivo. Gosto muito dele e sou muito grato por ele ser tão único.

Namjoon:
Sinto que estou um pouco distante dele ultimamente... Foi bom conversar com ele
sobre o assunto. Nos aproximou um pouco mais.

Namjoon: 
De qualquer forma, já está tarde. Boa noite, Hyung. Durma bem. 

                                                                                                                         Seokjin:
                                                                                          Boa noite Namjoon, durma bem e se alimente direitinho!   

 

Capítulo 3: Uma troca indesejada

Uma semana havia se passado e Jeongguk decidiu ignorar aquilo que tinha visto no pátio. Bom, pelo menos por enquanto, aquele mês seria cheio de celebrações e ele não iria estragar tudo por causa de um abraço. Continuou escrevendo em seu diário nessa semana, contando cada detalhe de seus pensamentos bagunçados e confusos.  Até Taehyung estava incluído nessa. Lembrou-se da passagem onde falava do ruivo, colocou todos os seus sentimentos ali. Era o que tinha que fazer, afinal.

“Aliás, venho me irritando muito esses dias. Talvez seja pelo fato de Kim Taehyung estar tão próximo dos meus amigos. De todos eles. Todos estão se aproximando dele e eu não gosto disto. Ele quer roubar meus amigos? Por que? Ele deve ter milhões de amigos mais importantes do que os meus. Mais ricos que os meus. Com menos problemas que os meus.

 E claro que ele tinha que arrastar o Namjoon junto com ele. Todos estão amigos agora, eu prefiro apenas ficar no meu canto, longe disso tudo.

Não conheço Taehyung, muito menos Namjoon. Nem sequer falo com eles direito. Eu sei que estou errado em julgá-los desta forma, mas eles não me passam confiança. Por que eles não ficam no canto deles e deixam meus amigos em paz? Tudo seria bem melhor, cada um no seu canto. Eles podem ter tudo o que querem, então eu realmente não entendo o motivo de estarem próximos de Vermelhos.”

Contudo, sabia que seus motivos por todo aquele “ódio” gratuito eram quase inexistentes. Hoseok e Jimin disseram que era coisa de sua cabeça. E talvez fosse. Não queria pensar muito nisto, mas quando ouvia algumas conversas entre Taehyung, Namjoon e um de seus amigos, podia perceber claramente que eles eram garotos tranquilos e divertidos. Mas não queria mudar de opinião, ou tudo poderia tornar-se ainda mais complicado, e o que Jeongguk menos precisava agora era de mais complicações.

                                                     보라색.

Corria pelos corredores cheios de alunos do enorme colégio. Era quarta-feira, almoçaria com seus amigos, como sempre fazia neste dia da semana.  Avistou os cabelos – agora verdes – bagunçados de Yoongi e viu Hoseok ao seu lado. Eles pareciam conversar sobre algo muito sério.  Pensou em sair dali e procurar Jimin, mas viu que Hoseok percebera sua presença, afastando-se de Yoongi e acenando para si. Suspirou, seus amigos estavam estranhos naquela semana. Não conseguia tirar o abraço de Namjoon e Seokjin da cabeça, mas não comentara com ninguém. Aproximou-se dos seus amigos, recebendo um tapa na nuca de Yoongi.

Carinhoso, como sempre.

Pensou, rindo fraco.

— Vamos? – Ouvira a voz ofegante de Jimin e logo virou em sua direção. Teve que se segurar para não deixar o queixo cair quando percebeu que Taehyung e Namjoon estavam ao seu lado.

Todos os seus amigos sorriram, cumprimentando os dois “novos” garotos. Jeongguk bufou.

— Que merda é essa?! – Esbravejou e Yoongi o puxou para um canto afastado dos outros. Pôde ver o olhar severo de Hoseok e Jimin, além das expressões confusas dos irmãos, mas sua atenção foi desviada ao garoto de cabelos verdes que começara a falar consigo.

— Faz isso para chamar atenção, ou o quê? – O mais velho conseguia parecer calmo mesmo quando estava brigando.

— Hyung, eu não entendo o que eles estão fazendo aqui. Não íamos almoçar?

— Ligue os pontos, coelho.

Após pensar um pouco, entendeu o que estava acontecendo ali.

Ah não!

— Nem pensar! – Reclamou, incrédulo

— Não há nada que você possa fazer para mudar isto, Jeongguk. – Yoongi comentou. – Seokjin os chamou. Você devia largar de ser chato, eles são muito divertidos.

— Vocês nem falaram comigo antes! – O mais novo reclamou – Eles acabaram de chegar e já vão almoçar no nosso lugar?

— Já está mais que na hora de você aceita-los. – O esverdeado disse, passando a mão no ombro de Jeon. – Provavelmente eles andarão com a gente por muito tempo. Nos aproximamos muito, pequeno. Dê uma chance.

— Eu não posso fazer nada para mudar isso, como você mesmo disse. Só vou hoje porque estou com fome, mas se eles forem semana que vem, podem me esquecer. – Tirou as mãos de Yoongi do seu ombro, um tanto irritado, ouvindo o outro bufar.

— Vamos, Jeongguk.

                                                  보라색.

O caminho até a lanchonete de Seokjin foi silencioso. Jeongguk estava irritado demais para falar algo e seus amigos respeitaram seu silêncio. Pararam ao avistarem Seokjin’s VIA no letreiro vintage e vermelho. Para alguns aquele nome não fazia sentido algum, mas era uma sigla apaixonante para quem sabia do significado escondido.

Vermelhos Amados e Injustiçados.

Seokjin tinha um motivo especial para aquele nome. Nem seus amigos sabiam disto. Apenas ele e Namjoon. Quem sabe um dia, todos saberiam o real significado daquele nome.

Jeongguk sentiu a irritação ir embora ao ver Seokjin indo recebê-los. Quando o mais velho abriu a porta de vidro, o garoto de cabelos negros correu para dar lhe um abraço apertado, o qual foi retribuído da mesma forma. Não pôde deixar de sorris em meio aos braços de seu Hyung, que o aquecia, pois estavam envolvidos por um suéter de lã.

O cheiro e a atmosfera daquele lugar era algo incrível, deixava todos os clientes relaxados. Era algo bem caseiro, como casa de vó. Era um lugar muito especial, sem dúvidas.

Até mesmo Taehyung sentiu-se em casa ao entrar ali, mesmo sendo sua primeira visita. Namjoon inalou aquele cheiro já conhecido por si e sorriu discretamente para Seokjin. O grande dia havia chegado.

— Jeongguk. – Hoseok chamou a atenção do garoto, que logo olhou para ele. – Sente-se com o Tae hoje.

— O quê? – Perguntou, confuso. – Por quê?

— Porque sim. – O acastanhado respondeu, sorrindo e olhando cúmplice para Jimin.

Por que eles estão tão estranhos?

Não havia como discordar e se sentaria perto de seus amigos, afinal, qual seria o problema? Não era obrigado a conversar com Taehyung, podia apenas ignorá-lo. Suspirou e sentou-se, esperando o ruivo fazer o mesmo.

— Vocês vem aqui sempre, certo? – Taehyung comentou, ao sentar em sua frente. – É bem aconchegante, eu gosto muito de lugares assim.

— Pensei que você gostasse de lugares chiques e só para a sua cor. – Comentou, seco, sem olhar para o mais velho.

— Você não gosta de mim, não é? – Perguntou e Jeongguk olhou para si, assentindo como se fosse óbvio. – E por quê?

— Eu... – Pensou. Não havia um motivo, apenas suposições. Decidiu falar a verdade, não é como se fosse mudar sua opinião de uma hora para a outra. Taehyung não podia ser tão incrível como seus amigos falavam. – Não sei. Não gosto de você, apenas. Acho que você deve ser igual ao seu pai e seu avô. Seu irmão também.

— Não sabe nada sobre mim, hm? – O ruivo caçoou, rindo fraco. Jeongguk pôde perceber que ele era um garoto bem-humorado. – É uma ofensa ser comparado aos meus antecessores. Não faça isso, Jeongguk. – Sorriu levemente, parecendo um pouco abalado, mas logo relaxando um pouco mais no banco estofado amarelo em que estava sentado. Olhou para a mochila do garoto que estava aberta ao lado dele e surpreendeu-se ao ver um diário igual ao seu. O mesmo tom de roxo. O mesmo material de capa. Suspirou.

— Não farei. Não pretendo conversar tanto com você, de qualquer maneira. – Ajeitou-se, colocando os braços sobre a mesa laranja. – Posso te fazer uma pergunta?

— Até duas. – Taehyung sorriu ladino, também colocando os braços sobre a mesa.

— Comprou esse diário na Jordan´s?

— Sim. – Respondeu, um tanto confuso. – Por quê?

— Tenho um igual. – Comentou, dando de ombros.

Olhou para os seus amigos, os quais estavam quietos observando a si e a Taehyung com um sorriso no rosto. Os garotos desviaram o olhar para os cardápios ao serem pegos no flagra.

— Não tem problemas você não gostar de mim, Jeon. – O timbre profundo do mais velho despertou-lhe a atenção. – Eu sei que sou estranho, – o moreno franziu as sobrancelhas. –  mas Namjoon é realmente uma pessoa muito boa. Não tem motivo para você não gostar dele. Bom, eu já percebi que também não tem motivos para você não gostar de mim, mas enfim. Dê uma chance para ele, sim?

Jeon assentiu. Bufou ao perceber que realmente não tinha motivos para não gostar de Taehyung, ainda mais agora que conversou com ele. Era um garoto legal, mas ainda não estava pronto para admitir isso. Nem para si mesmo, nem para seus amigos e muito menos para Taehyung.

Seokjin deixou um cardápio com Taehyung, sorrindo. Após isso, parou entre as mesas dos amigos, parecendo um pouco nervoso.

— Precisamos conversar.

Todos ali gelaram. Jin nunca soara tão sério antes. Olharam para o mais velho esperando a notícia bombardeá-los. E foi o que aconteceu.

— Hoje faz exatamente um ano que eu namoro com o Namjoon.

Estavam boquiabertos. Namjoon e Seokjin agora estavam lado a lado de mãos dadas, obviamente aliviados, mas ainda pareciam um pouco nervosos.

— Não que isso não seja bom, mas... Vocês estão escondendo isso da gente desde o ano passado? – Jimin perguntou, um tanto frustrado.

— É complicado, eu vou explicar depois. – Seokjin comentou, sorrindo. – Foi necessário.

Hoseok foi o primeiro a levantar e abraçar os dois, logo todos estavam ali, se abraçando e parabenizando o “novo” casal. Até mesmo Jeongguk. Ele com certeza daria uma chance ao Namjoon. Estava fazendo Seokjin feliz, isso já bastava. Quanto ao outro Kim... Talvez devesse dar uma chance a ele também.

                                             보라색.

Jeongguk chegou em casa exausto. Havia conhecido mais sobre Namjoon e se aproximou bastante dele. Conversou um pouco com Taehyung, mas não havia feito amizade com ele ainda.  Estava confuso. Não sabia o que pensar sobre Taehyung, ele era diferente, tinha compartilhado alguns pensamentos que o intrigaram. Talvez fosse alguém muito único como seus amigos falam.

Caminhou até sua mochila retirando o caderno roxo de capa dura e jogou-se em sua cama. Mas ao abrir o diário percebeu que havia algo errado.

Aquele não era seu diário.

Aquele era o diário de Kim Taehyung. 


Notas Finais


Espero que estejam gostando!!
Não esqueçam de comentar aqui, é muito importante para mim, pois assim eu tenho uma ideia sobre o que vocês estão achando!
Vou tentar atualizar toda a semana, normalmente será no final de semana (Ou seja, posso atualizar sexta, sábado ou domingo) mas talvez eu poste capítulos bônus no meio da semana, depende de quantos capítulos já irão estar prontos e adiantados.
Obrigada por ler até aqui, beijão! sz


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...