História Roxo - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Exibições 4
Palavras 390
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Poesias

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Provavelmente eu repeti algumas palavras, mas isso é só um texto que eu escrevi em uma madrugada qualquer.

Capítulo 1 - Único - idealização



Ele e ela.
Azul e vermelho.
Dois corações com tipos de batimentos diferentes que formam uma sincronia emocional.
Ele é o inverno e ela é o verão.
Duas estações completamente divergentes.
Duas personalidades opostas, contendo razões e emoções baseadas em fatos que só significam para os respectivos.
Ele frio como a neve e ela quente como o fogo.
Ele introvertido e ela extrovertida. 
Criando uma conexão que só eles entendem através das expressões de suas mentes.

Expressões que também são totalmente diferentes.

Ele é como um dia nublado e chuvoso. 
Passa horas questionando sua existência enquanto escuta as músicas do The Neighbourhood.
Viajando diariamente em seus pensamentos revolucionários e fugindo da normalidade.
Se encontrando com seus rabiscos e poemas em noites constantes de insônia.
Sua alma é materializada de sonhos.
E suas visões artísticas ultrapassam qualquer folha de papel e telas brancas.
                                       ~
Ela é como um dia ensolarado e sem nuvens.
Se relacionar com ela é como dar um tiro no escuro, sem rotina, sem planejamentos.
Seu corpo tem mais curvas do que as ruas de São Paulo. 
Se sente segura em qualquer ritmo de dança.
Seu olhar e seus cabelos se movem com o percurso do vento.
Sua intensidade é tão grande que compete com os poemas de seu namorado.

Tão diferentes, mas tão semelhantes.
À sensibilidade e a empatia corre nas veias dos dois em seus melhores momentos íntimos.
Compartilham sentimentos e toques na madrugada quando ambas as mentes estão agitadas.
As almas puras e inocentes do casal se conectam quando suas músicas preferidas começam a tocar.
Seus diálogos são repletos de amor e preocupação durante as três refeições do dia.
Eles não significam  metade de algo um para o outro, eles são dois inteiros que se encontraram pelo destino que estava escrito nas estrelas.
Eles são opostos.
Mas opostos se atraem, não é mesmo? 
Tão semelhantes que acabam mesclando o azul dele e o vermelho dela nessa relação de promessas e incertezas.
Por mais difícil que é, eles acham um jeito de se encontrar nesses fios que formam nós de brigas e problemas.
Porque na real, eles não conseguem viver separados. 
Por mais que independentes, suas tintas sozinhas não conseguem criar a arte. 
Por isso de vez em quando é necessário deixar o azul e o vermelho virarem um só. 
Ele e ela. 
Roxo.


Notas Finais


Minha escrita não é tão boa, mas com o tempo eu melhoro.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...