História Royal - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jin, Rap Monster, Suga
Tags Abo, Alfa, Amor, Beta, Bts, Jimin, Namjin, Ômega, Suga, Yoonmin
Exibições 58
Palavras 1.034
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá amores, então como minha outra fic, também de abo está no fim.
Resolve postar essa, desse casal cute que amo Yoonmin.
Espero que gostem
XD

Capítulo 1 - Capitulo - I


Sua cor favorita era o cinza, não passava nada era tão sem vida, quanto o seu interior. O alfa Lúpus, sorria sem resquício algum de humor, beirava a um sorriso diabólico, fitando seu meio irmão, apesarem de terem mães diferentes eram muito unidos. Havia o levando para o lado de fora da sua mansão.

Min Yoongi, tinha a pele tão pura quanto a neve que caia no inverno, seus olhos brilhavam num azul Royal, a cor de um alfa de linhagem pura e rara. Seus cabelos platinados, lhe dava um ar mais, surreal como se fosse apenas uma pintura esculpida no próprio gelo.

 

- Então, Namjoon o que raios tem aqui fora? – Perguntou para o seu irmão mais novo.

 

- Suga, eu vi... Ali! – Apontou para um corpo desmaiado no campo em frente ao seu portão. – Pelo cheiro deve ser um ômega.... Acho que está vivo!

 

- Para de me chamar de Suga, merda! Deve estar morto... – Se virou para ir embora.

 

- Me ajuda! – O apelo era baixo, a voz suave. O alfa mais velho se aproximou do ômega que desmaiou em seguida. Sentido melhor o cheiro de morangos que o pequeno corpo lhe transmitia.

 

- Chame alguns empregados, o leve para dentro! – Ditou e entrou na sua mansão deixando seu irmão o olhando curioso.

 

Pegaram com cuidado o corpo do ômega, desfalecido, sujo e ferido do chão e o levou para dentro, deixando aos cuidados de Kim SeokJin médico e ômega de Namjoon.

 

- Como ele está? – O alfa perguntou, para o seu ômega que terminava de fazer alguns curativos.

 

- Nammie... Ele está estável, mas, pelos ferimentos ele foi agredido...

 

- Quando ele vai acordar? – Ouviram a voz de Yoongi no cômodo os fazendo fitar, o Alfa branco.

 

- Em algumas horas, talvez não sei ao certo... – Jin disse calmo, olhando para o cunhado.

 

- Isso tem dedo daquele maldito, Jun... – Disse olhando para o corpo deitado na cama. Ele era pequeno e tinha as bochechas vermelhas, a pele era clara. Seus cabelos eram vermelhos, igualmente aos seus lábios fartos. – Quando ele acordar, me chamem. – Virou e saiu, deixando os demais confusos.

 

- Acha que pode ter sido o Jun Park? – Jin perguntou para o marido.

 

- Talvez, ele estava quieto ultimamente.... E você sabe o quanto aqueles dois se odeiam. – Deu nos ombros abraçando seu ômega. – Não se esforce muito, você precisa repousar! – Deu um beijo na testa do seu amor.

 

- Okay.... Nammie, só vou terminar mais um curativo e vou descansar.

 

- Está bom! – Contra a gosta se desfez do abraço. – Mais tarde, eu volto! – Saiu do quarto, deixando Jin terminar os curativos.

 

 

Sua cabeça doía, como seu corpo o ômega, abriu os olhos vendo reflexos embaçados a sua frente, levantou seu tronco e sentiu duas mãos segura seus ombros, para não cair no chão. À pouca sua visão foi se normalizando, até finalmente ver nitidamente quem lhe segurava.

 

- Onde estou? Q-quem é você? – A voz suave, fez Jin sorrir. Sentindo o cheiro que Jin lhe transmitia relaxou um pouco.

 

- Calma, não lhe farei mal, meu anjo! Sou Jin e estava cuidando dos seus machucados. – O ômega mais velho ajeitou o mais novo na cama, colocando algumas almofadas atrás do menor para apoiar as costas. – Como é seu nome?

 

- Sou Park Jimin... Filho de Park Jun!... Minha cabeça dói! – Jin, respirou fundo, imaginando Yoongi surta em saber que o filho do seu inimigo estava sobre seus cuidados, comendo da sua comida.

 

- Aqui! Beba, um pouco de água junto com um analgésico, para aliviar a dor! – Lhe deu um copo junto com um comprimido. – Sente-se melhor?

 

- Um pouco... Jin, né? Onde estou mesmo? – Jimin perguntou um pouco receoso.

 

- Sim....  Na casa do Min Yoongi.... – Viu ômega arregalar os olhos, assustados.

 

- Na casa do inimigo do meu pai? O-O que aconteceu....

 

- Aconteceu que você a parti de agora é meu prisioneiro! – Suga falou assustando os dois ômegas. – Nos der licença, Jin!

 

- Pega leve com ele, Yoongi! – Falou sussurrando quando passou pelo alfa. – Ele é um filhote ainda. – Saiu deixando os dois sozinhos.

 

- V-vai.. M-me m-matar...? – Jimin encolheu-se na cama, fazendo Yoongi rir.

 

- Não sou covarde aponto de machucar alguém indefeso.... Mas enfim, como veio parar na frente da minha casa quase morto? Ainda mais sendo filho do Jun...? – Falou calmo, olhando para o ômega, que olhava para os cantos nervoso.

 

- N-não lembro... Só que sai de casa com meu noivo! – Disse o mais baixo possível.

 

- Até segunda ordem, não sairá desse quarto.... Park! Não o quero infectando minhas coisas com a bestialidade da sua família.

 

- Como assim? E-Eu não fiz nada de errado... Como pode me manter preso a esse quarto? – Saiu da cama, mesmo com medo perguntou.

 

- O seu único erro é ser um Park! Isso tudo aqui é meu e eu faço que bem quiser... – Se aproximou do ômega sentido seu corpo reagir aquele cheiro delicioso. – Ou você pode está fingindo tudo isso e ser um espião do seu pai?

 

- O que? Não... Meu pai nunca faria isso!

 

- Certeza? Você não está aqui para me seduzir com seu cheiro... Sendo um ômega indefeso! – Seus olhos brilharam indecifráveis para o ômega, sentido o cheiro amadeirando lhe causar um calor no seu baixo ventre.

 

Ambos estavam atraídos um pelo outro.

 

- Você está muito perto... – Yoongi gargalhou, puxando o ômega de encontro ao seu corpo.

 

Os olhos do alfa, desceram para os lábios carnudos e avermelhados de Jimin. A tensão sexual que pairavam no ar daquele quarto era nítida. Yoongi cortou a distância tomando os lábios quentes e molhado do outro num beijo possessivo.

 

Jimin se assustou, tentou se afastar, mas algo rompia em seu interior com aquele toque proibido, deixou levar.

 

Suga, só parou quando ouvi um gemido baixo do ômega, ele apertava sua cintura dominantemente. Empurrou o fazendo cair na cama.

 

- Vocês dois são espertos! Não se aproxime mais de mim... – O alfa saiu trancando a porta, deixando um ômega sem reação alguma na cama.

 

- O que acabou de acontecer? Por que eu correspondi? – Chorou, sem ao menos compreender por que seu corpo ansiava mais dos toques do alfa. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...