História Royals - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jungkook
Tags Imagine Jungkook
Visualizações 149
Palavras 1.115
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Festa, Romance e Novela
Avisos: Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura <3

Capítulo 2 - Capítulo dois


Fanfic / Fanfiction Royals - Capítulo 2 - Capítulo dois

Jungkook-Não foi nada.

Ele disse me encarando e sorrindo com aqueles dentinhos de coelho.

Ai minha sanidade.

Saio dali quase correndo.

Como ele consegue fazer isso comigo?

[...]

Chegando no meu quarto eu dou de cara com Carla revirando suas malas.

Roupas estavam jogadas por todo o lugar.

S/n-Carla,o que você está fazendo?

Carla é minha colega de quarto desde quando eu entrei no colégio.

Foi isso que nos aproximou e nos tornou melhores amigas...e claro o fato de nos darmos super bem.

Apesar de ser super popular,Carla não tinha muitas amigas.

Até porque ela não gosta de quase ninguém na escola.

Carla-Eu não acho a poha da minha blusa...AI QUE RAIVA.

S/n-Se acalma.

Carla-Não dá,eu tenho um encontro em meia hora.

S/n-Acabamos de chegar no colégio e você já tem um encontro?

Carla-Eu sou uma piranha neném,e daqui uns dias serei uma piranha formada.

S/n-Eu não acredito.

Carla-Sabe S/n você deveria sair também,dar uns beijo e pah.

S/n-Não obrigada.

Carla-Vai morrer sem ter dado o primeiro beijo.

S/n-Ótimo,significa que nunca terei trocado fluídos corporais com ninguém...que nojo.

Carla-Aposto que vai perder a virgindade com setenta anos.

Somos interrompidas com batidas na porta.

Abro a mesma dando de cara com a diretora e uma garota que nunca vi na vida.

S/n-Ah...olá diretora.

Diretora-Olá querida...vocês duas tem uma nova colega de quarto.

Carla-Fala ae.

Diretora-Carla,onde estão seus modos?

Carla-Deixei em casa.

Diretora-Sem gracinhas mocinha,essa é a Emma...ela vai ficar aqui com vocês.

S/n-Bem vinda Emma.

Carla-Kk eae Emma.

Diretora-Eu vou indo...ah...antes que me esqueça...S/n a professora Esmeralda quer falar com você.

S/n-Ah claro...bem...eu já volto meninas.

Sai do quarto e segui a diretora até a sala dos professores.

Chegando lá dou de cara com a professora Esmeralda.

Ela é professora de matemática.

Acho que sou a única pessoa do colégio que gosta dela.

Professora-S/n...que bom que está aqui,preciso que me ajude com os alunos.

S/n-Com os alunos?

Me sentei em uma cadeira ficando de frente com a professora.

Professora-Sim...na verdade é um aluno pra ser específica.

S/n-Como quer que eu ajude?

Professora-Como todos nessa escola sabem,você tem as melhores notas...então...

Esmeralda sempre disse que eu era como uma filha pra ela.

Sempre que precisava ela estava ali pra me ajudar.

Professora-Quero que você ajude o Jungkook.

S/n-O J-jungkook?

Professora-Sim.Ele tem notas baixas em quase todas as matérias.Como você sempre o ajudou...acha que pode ajuda-lo novamente esse semestre?

S/n-C-claro.

Professora-Ótimo,vai ser como sempre foi desde o começo do ano.Depois da aula...na biblioteca.

S/n-Tudo bem.

Sai da sala dos professores e fui para o meu quarto.

No caminho fiquei pensando...

Outra vez nós dois na biblioteca...sozinhos.

[...]

Emma estava no refeitório e Carla em seu suposto encontro...que na verdade eu sei bem como vai terminar.

Estava entediada no meu quarto quando do nada me surge uma ideia.

Vou para o meu cantinho secreto.

Quando eu cheguei no colégio eu meio que tentei fugir.

Porém não deu muito certo já que eu moro no Brasil e estudo na Coréia do Sul.

Quando estava voltando para o colégio minhas pernas começaram a doer.

Então eu me sentei um tronco de árvore pra me recuperar.

Percebi a bela paisagem ao meu redor.

Uma mata silenciosa e com um ar puro.

Provavelmente ninguém viria aqui pelo fato do colégio ser afastado da cidade...e talvez pelo fato de ser uma mata,ou seja,não teria nada de interessante pra se fazer aqui.

Depois disso sempre que eu estava com algum problema ou simplesmente queria respirar um pouco de ar puro eu "fugia" pra esse lugar.

Ninguém poderia saber disso...ou então eu seria suspensa.

[...]

Peguei um livro qualquer na minha prateleira.

Fiz o mesmo esquema de sempre...sai pela janela e desci por uma escada de emergência que tinha em todos os quartos.

Era uma escada para os alunos fugirem pelo lado de fora se caso o colégio pegasse fogo ou algo do tipo.

No muro de trás do colégio havia um buraco enorme,que era disfarçado por uma moita de rosas.

Esse buraco dava acesso direto pro lado de fora...só eu sabia da existência desse buraco,afinal só eu dava essas "fugidas".

[...]

No meu cantinho secreto eu penso sobre diversas coisas.Eu poderia mudar meu jeito,ser uma pessoa mais comunicativa e menos tímida,talvez assim o Jungkook percebesse que eu posso ser a garota ideal pra ele.Mas eu não consigo mudar...eu sou assim,talvez seja esse o problema,não conseguir mudar.Tá explicado o porque de eu ser apaixonada pelo mesmo garoto por dois anos e meio.

[...]

Fiquei tão distraída lendo o livro que nem me toquei que já estava escurecendo.

Resolvi voltar pois se alguém perceber que eu sumi eu estaria muito encrencada.

[...]

No dia seguinte depois de tomar café da manhã no refeitório Carla foi pra sua sala.

Emma fez o mesmo então decidi seguir o exemplo e fui pra minha.

[...]

Depois de um longo tempo com a professora de inglês...que mais parecia um zumbi dando aula o sinal tocou.

AMÉM JESUS.

Estava arrumando meus materiais quando do nada alguém se apoia na minha carteira...me viro para olhar e...

Jungkook-Oi.

Ele diz sorrindo...MEU DEUS ME AJUDA.

S/n-O-oi.

Jungkook-A professora de matemática pediu pra que você me ajudasse com a matéria.

S/n-Ah...claro.

Ele sorri.

Jungkook-Então vamos?

S/n-C-claro.

[...]

Já havia se passado meia hora desde que eu e Jungkook começamos a estudar.

Porém ele não parecia estar muito interessado na matéria.

Jungkook-Você já ouviu a história da pequena sereia?

S/n-O-o que isso tem haver com a matemática?

Jungkook-Nada...só estou perguntando.

S/n-Sim eu conheço.

Jungkook sorri e me encara.

Jungkook-Sabe...nas férias eu li essa história pra minha prima e lembrei de você.

S/n-D-de mim?

Jungkook-Sim.É que você é muito tímida...e não é de falar muito.Quando ela se torna uma humana ela perde a voz.

Ele sorriu parecendo lembrar de algo.

Jungkook-Então me lembrei de você.

S/n-Ah...

Dei um sorriso tímido.

Jungkook-Sabe o que eu percebi?

Apenas encarava Jungkook totalmente envergonhada.

Não sabia o que dizer ou como agir...ele me deixa muito nervosa.

Jungkook-Nós dois somos tipo Ariel e príncipe Erick.

S/n-C-como assim?

Jungkook-Você tem cara de quem quer explorar o mundo e de quem faria de tudo pra alcançar um objetivo.Já eu tento agradar a todos pois é isso que um príncipe faz...sou convencido não acha?

Rimos do comentário dele e ele volta a me encarar...porém sério dessa vez.

Jungkook-Eu te acho uma garota extremamente misteriosa...e eu não acho que você passe o seu dia todo lendo livros ou estudando.

Que tal me contar um pouco mais sobre você?Estudamos juntos por dois anos e meio e a única coisa de que falamos durante todo esse tempo foi matemática.

S/n-O-o que você quer saber de mim?

Ele se aproxima de mim...podia sentir sua respiração no meu rosto.

Jungkook-Que tal...tudo.

 

 

 


Notas Finais


Me sigam no Twitter @Kalla1704


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...