História Ruby Lake - O amor é por acaso - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Alya, Chloé Bourgeois, Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Nathanaël
Visualizações 8
Palavras 1.009
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Colegial, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 2 - Pare de gritar Chloe...


Fanfic / Fanfiction Ruby Lake - O amor é por acaso - Capítulo 2 - Pare de gritar Chloe...

-Ai...ai...Mari...não acredito que estamos aqui...em um belo lugar lotado de gatinhos!- dizia Chloe entusiasmada.

-Esta mais animada do que a escola inteira Chloe...bem oque será que tem hoje?

-Vôlei.

-Nossa que rápida- Chloe nunca foi boa com programações

-C-costumo organizar tudo antes d-de qualquer coisa

-Bem...que horas vai ser o programa?

-Faltam exatamente: 1 hora e 15 minutos

-Temos tempo para andar por aí! Você vem eerr...-Marinette começa a ficar sem jeito-desculpe me mas não perguntamos seu nome...

-Me chamo Ayla! O de vocês ja sei, hahaha.

-Ue...hahahaha!-Ela percebera agora de como as duas amigas se chamavam toda hora enquanto Ayla estava lá- Bem...você vem Ayla?

-N-não, obrigada vou ficar arrumando as coisas, se quizerem posso arrumar a de vocês também...

-Você faria isso?!

Chloe grita e como uma cobra atrás da caça pula em sima de Ayla de tanta felicidade, por mais que para Mari parecesse uma lagartixa tendo um ataque epilético, de fato não gostava nem um pouco de arrumar suasEles. sas por isso a reação tão espontânea:

-"Xe" eu sobreviver...

-Ah desculpa hehe...-saia de sima da morena- Me entusiasmei de mais.

-Haha...tudo bem!

~Hei liga não! Ela é ótima em ser atriz do drama aposto que é parente do Shakespeare

Marinette sussura para Ayla que da uma risadinha baixa:

-As minhas não precisa não, vamos Chloe?-ela disfarçava

-Vamos!

As duas saem da pequena casa de madeira e seguem um caminho feito de pedras até que chegaram em um quadra com o piso de areia, lá haviam dois garotos, um loiro eum ruivo, o loiro jogava volei e o outro assistia, finalmente um deles que seria o loiro percebe a presença das suas e olhando pelo canto do olho:

-Miga vou derreter! Você viu?

-Vi...

O garoto louro olhava mais vezes, ele parecia focar em Mari mas outro nem havia percebido a presença das duas até que:

-Eles são lindos vou desmaiar!

A amiga achava que esla estava brincando mas derrepente a loira cai em sima dela, era brincadeira mas Marinette não estava preoarada para um "ataque surpresa" do drama de Chloe a largatixa epilética, bem na hora o garoto que jogava olhou e se distraiu caindo na arei o outro se levantou e correu até o louro e finalmente percebe duas garota uma esmagando a outra:

-Chloe você pesa quantos quilos?

-Adrien você esta bem?

-Cof! Sim to bem mas acho que engoli um pouco de areia...haha!

-E quem são aquelas?

-Também não sei Nath.

-Mari...meio que era pra você me segurar...agora pagamos um MI-CÃO!

-Err...

-Você não tem reflexos?! E agora?!

-Então...

-Quero acordar logo desse pesadelo!!! Da vontade de GRITAR!

-Na verdade...você esta gritando...

Os dois olhavam para Chloe que estava paralisada ao perceber, o de cabelos vermelhos estava corado igual a uma pimenta, talvez foss epor causa do sol era oque Marinette queria acreditar ao menos, o ou que seria Adrien estava com um sorrisinho no canto da boca estava realmente se esforçando para não rir e em uma puxada só Chloe arrasta a amiga para de volta a "cabana" delas:

-A chegarão?

-Só eu estou querando enfiar minha cara em um buraco?

-Eles devem estar traumatizados Chloe!

-Assustamos os monitores mais gatinhos! Devem estar nos achando animais selvagens!

Nesse ponto Chloe se descabelava e fazia de tudo para não lembra da cena:

-Wou...parece que vocês fizeram muita coisa nesse meio tempo.

-Sim...-a loira se joga na cama-nesse meio tempo achei que ia morrer de tanta vergonha...beeem ao menos nossa Mari aqui já arranjou paqueras!-ela pisca oara morena que da uma curta risada- Não é mesmo?

-Chloe...você sabe que não e outra me prometa uma coisa, pare de gritar, ou quer ser conhecida como a monstra senvagem do acampamento? Hahahah!

-Eiii!

-Hei! Vamos lá já vai dar a hora do vôlei!

-Sério?! Bem...não queria voltar a ve los maaas já que insistem! Vou pegar as coisas!

-Q-que coisas?-Ayla olha para companheira de quato

-Nem me pergunte...

Chegando lá já havia uma boa plateia as três se enfiam no meio de todas até que conseguem chegar o cercado aonde a vista é melhor, Chloe já se preparava com seus binóculos oara não perder nenhum músculo:

-Ah...então essas eram "as coisas".-Ayla olha para a bolsa da amiga que por sinal estava cheia

-Oque mais trouxe? Haha!-Marinette segurava o riso não queria acreditar que sua amiga era uma louca por garotos de plantão tão grande que usava binóculos

-O essencial...-ela começa a mexer a bolsa procurando algo

~Binóculos são realmente essenciais- A azulada sussurra para a morena ue segura o riso junto a ela

-Tipo trouxe água, biscoitinhos, celular, tiaras fofas e o binóculo! Ei espera olha lá o loirinho!

-Hum?-Marinette se vira- E o outro também...

-Conhecem eles?

-Sim, eles nós viram pagar um micão.

-Aah, entendi.

Todas as garotas começaram a gritar com a aparição dos dois e claro, Chloe as acompanhou:

-Hã...oi? Bem como ja sabem estão aqui oara jogar vôlei uma das programações, bem, antes das bolas serem dadas e as quadras liberadas aquele ruivinho -aponta para Nathanael qie fica corado igual a um camarão- me desafiou a jogar volei com um de vocês pode ser?

Pronto, agora sim as meninas estavam berrando ainda mais alto que a amiga de Mari todas se empurravam e levantavam as mãos o monitor se aproxima do cercado e estende a mão para Marinette que meio envergonhada aceita o convite, ele a ajuda a pula a cerca e assim a disputa comela com claro Chloe gritando de fundo, o garoto comça o jogo com um saque e Mari acaba errando dando o placar de 1 a zero, mas ela não deixou por menos na outra vez deu um saque tão rápido que o loiro nem viu:

-Se quer dar uma de difícil, bem, vamos lá!

A partida não queria acabar, um a um e não mudava nenhum dos dois perdia a posição, finalmente em uma rápida sacada Marinette faz o segundo ponto acabando a partida, a amiga se esguela e as outras garotas a olhavam pelo canto do olho com inveja:

-AAAAHHH miga que divaaa e huuuum eu te disse heim!

-Você foi bem Marinette!

-Obrigada Ayla! Ai...estou muito cansada para mais eu vou ir pra outro lugar ok?

-Ta por mim beleza! Vamos Ayla vamos ver os boy uahhaahha!

Na verdade Marinette não sabia ao certo aonde ir só foi caminhando ate encontrar um celeiro, ela adorava cavalos então resolveu entrar mas se depara com o ruivo e antes:

"Ele não deveria estar lá?"



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...