História Ruínas de Uma Sociedade - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 2
Palavras 543
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Policial, Saga, Survival, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Gente, demorei pra postar pq perdi o meu celular, entrei no ensino médio e blah blah blah! Espero que vcs gostem!!!
PS: esqueci o nome dos personagens

Capítulo 5 - Prato de Carne


É assim que eu me sinto...                                    O médico passando a mão em mim... me fazendo perguntas às quais o meu cérebro não entendia... um rato..... de laboratório... ou mesmo de esgoto....

Está difícil de enxergar... havia uma lâmpada... muito forte... secando e bloqueando a minha visão...

" Preciso de mais sangue", "O paciente apresenta pressão baixa"...

Quando me tiraram daquele lugar... o qual eu era apenas um pedaço de carne... assim como todos os outros.... uma sensação... um sentimento... 

Uma esperança.... 

Eu pensei comigo... "será que eu consigo.... ser mais do que carne.... uma pesquisa... um rato?"

Por um momento eu achei que sim.... mas agora... aqui... esses médicos....

"BATIMENTO CARDÍACO DIMINUINDO! PRESSÃO BAIXA!!! ELE NÃO VAI AGUENTAR!!! ELE NÃO VAI AGUENTAR!!!" 

***

Ricardo: O MENINO ESCAPOU!!! AQUELA PUTINHA! EU GASTO UMA PORRADA!!!! UMA PORRADA DE DINHEIRO! UMA FORTUNA!! PRA VOCÊS NÃO CONSEGUIREM CUMPRIR O SEU TRABALHO!?!?!?

Sgç: Senhor, havia um instruzo, todos estavam fantasiados... com máscaras... impossível de detectar... é uma das maiores festas do ano. 

Ricardo: E isso é culpa minha?!

Sgç: Não senhor. 

Ricardo: Traga alguma puta pra mim fude...

***

Gabriel:Vic? Vic?-minha visão estava turva e dançante, eu não sabia bem aonde estava- Victor? Você está acordado?

-Sim... hm... aon.... ai..- a dor de cabeça estuprava minha mente violentamente- ai... 

Gabriel: Você deve estar com dor de cabeça, tome, vai melhorar...

Tomei o copo de água- Qu-quem é você? Cadê o Moisés?

Gabriel- Haha! Moisés... ele na verdade tá... você tem um corpo muito delicado né?- Aquele moço  era alto... sua mão devia ter o tamanho do meu rosto inteiro... ele tinha uma voz... que não me trazia conforto algum... ele passava aquela mão em minha pele... lentamente... Eu não tinha como meu mover... estava fraco...- Moisés deve ter aprontado alguma com você... 

-Para, eu não gosto... p-ara 

Eu não tinha forças para me mover, para gritar.... para resistir...

Eu senti seu corpo subindo na cama e precionando o meu, contra o colchão, eu estava dolorido... soltei um gemido.. de dor...

Gabriel- Mas eu em entrei em você ainda...

Essa frase... tocando o meu ouvido... me avisava... algo de ruim vai acontecer....

Seus lábios tocavam cada espaço exposto do meu peitoril... alguns chupões ali, outras mordidas aqui... 

Gabriel- Cara eu vou te fuder gostoso aqui mesmo... e eu não ligo... se você... está todo arrebentado... só me dá mais tesão...

- Para, por favor, eu não... tenho... hm...- eu não consigo falar - socorro... 

E em vão, vai o meu suspiro de socorro... voando por aí... tocando as folhas e levando o eco mudo para o desconhecido...

Uma dor inimaginável começa a se inserir em meu corpo... seu penis entrava em mim... com a mesma brutalidade e impureza que se floresceu minha vida... 

Minhas dores se expressavam tristes em meio a gemidos...

Gabriel- Hm! Porra! Você é meu brinquedo agora! Vou te usar sempre que quiser seu puto! Você é meu!

As estocadas começaram a ficar mais violentas... e as dores começaram a ficar mais vivas...

Eu não sei como... não sei o que fez isso.. como eu consegui.... mas eu consegui gritar.... tudo aquilo... tudo aquilo o que houve comigo.... em apenas um longo grito de dor e desespero.... logo todos estavam em alerta... e eu estava fudido.

 


Notas Finais


Preciso saber que vcs estão lendo tá amores???


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...