História RUN - entre o bem e o mal - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, J-hope, Jimin, Jin, JR, Jungkook, Mark, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V, Youngjae, Yugyeom
Exibições 6
Palavras 1.454
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Sobrenatural, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiiin! Td bein? Espero q sim! Volteii

Capítulo 8 - Visão


Fanfic / Fanfiction RUN - entre o bem e o mal - Capítulo 8 - Visão


O despertador me acorda cedo, e eu levanto, faço minha higiene, tomo banho e me visto. Visto uma calça jeans escura, uma blusa cinza, uma jaqueta jeans clara e um tênis branco.

      Abro a caixinha que recebi de presente e coloco o cordão e o anel.

      Faço meu café da manhã, pego minha mochila e saio de casa, encontrando Jungkook logo em frente.

   - Vamos gata? - fala.

   - Lógico Mona! - falo entrando no carro.

      Kook dirige até a escola, e chegando lá, avistamos Jimin vindo em nossa direção.

   - Oi pessoal! - fala sorrindo fofo.

   - Oii! - eu e Kook falamos em uníssono.

                    JIMIN P.O.V

   Cumprimentei Sook e Jungkook, normalmente, Sook estava linda hoje, como sempre.

   - Vocês estão be... - antes que eu pudesse terminar senti uma ardência muito forte na mão, logo depois de eu tocar em Sook. - Aii!

   - O que foi Jimin? - Sook perguntou preocupada, acho que não percebeu.

   - N-nada... er... eu... vou indo... preciso resolver umas coisas... - falo saindo da frente deles e indo em direção à Taehyung e Namjoon.

     Minha mão tinha voltado ao normal, mas confesso que na hora doeu bastante.

   - Eaew Jimin! - fala Tae.

   - Oii! - fala Nam.

   - Oi pessoal... - falo meio desanimado.

   - O que aconteceu pra você tá assim Jimin? - pergunta Tae.

   - É que... quando cheguei na escola hoje... eu avistei Sook e Jungkook e fui conversar com eles... mas quando toquei em Sook... senti minha mão arder e depois "queimar". - falo preocupado.

   - Mas como assim queimar? - pergunta Namjoon.

   - Sei lá... senti uma ardência muito intensa em minha pele... Nunca tinha sentido isso antes... - Falo olhando pro chão.

   - Caham! - ouço alguém pigarrear atrás de mim.

       Quando olho para trás, vejo Jin.

   - Aish, o que você quer? - pergunto com voz de desprezo.

   - Acho que sei oque aconteceu para você se queimar assim que tocou na Sook! - fala me olhando sério.

   - Ah é? E o que aconteceu então? - Fala Namjoon.

   - Provavelmente Sook estava usando algo chamado caelestia signa, que é algo que espanta anjos negros. - fala Jin.

   - Mas que porra é essa de caelestia signa? - pergunto.

   - caelestia signa, traduzindo do latim, significa símbolos celestiais, que são símbolos usados para afastarem maus espíritos e anjos malignos. - explica Jin.

   - Mas... por que a Sook estaria usando isso? - pergunta Tae.

   - Não sei... caelestia signa geralmente é encontrado em jóias antigas, mas que eram usadas pela realeza medieval e pelos líderes religiosos da região. - Jin.

   - Bem... a Sook estava usando um cordão novo Hoje, bem bonito por sinal, mas não notei nada estranho nele.

   - Bem... acho que na antiguidade as pessoas não iriam querer que as pessoas soubessem que uma de suas jóias tinham caelestia signa, já que parece ser algo raro e valioso! - fala Namjoon.

   - Exatamente, essas jóias eram raras de mais para serem mostradas em público, então os símbolos ficavam ou dentro, ou atrás da jóia. - acrescenta Jin.

   - Então quer dizer que eu não vou poder mais tocar mais na Sook? - pergunto preocupado.

   - Enquanto ela estiver usando o cordão, não! Nenhum de vocês - fala com um sorriso discreto e provavelmente involuntário no rosto.

                      Que raiva!

          A cada dia que se passa eu fico com mais ódio desse Jin! Arg!

   - Se vocês me dão licença... - fala Jin indo em bora.

   - Aish! - reclamo - o meu dia tinha que ser estragado!

   - Só por que você não pode se aproximar da garota?! - fala Nam.

   - Cê tá apaixonado Jimin? - pergunta rindo um pouco.

   - Claro que não! - falo levando a voz - você que tá caidinho pelo Jungkook! Ligou pra ele umas três vezes ontem e duas hoje! - falo rindo.

   - Calado! Sou hétero tá legal? - fala parecendo com raiva.

   - Tá, vamos encerrar o assunto! Vamos perguntar pra Sook sobre o colar e acabar logo com isso! - fala Namjoon já sem paciência.

   - Ok... - eu e Tae falamos juntos.

               SOOK-YONG P.O.V

       O sinal bateu e eu e Jungkook fomos direto para a sala de aula. Quando chegamos lá, sentamos em nossos lugares e vimos Jimin e seus amigos se aproximarem.

   - Oi gata! - fala Jimin se aproximando.

   - Oi meninos! - falo.

   - Hey, Sook... onde comprou o cordão?... parece caro - fala Namjoon.

   - Ah, eu o ganhei, junto com esse anel e mais uns dois apitos de prata.

   - Quem te deu? - pergunta Taehyung.

   - Jackson Wang eu acho... mas por que?.. - pergunto confusa.

   - Não é por nada não... é que eu achei bem bonito - sorri Jimin.

   - Ata! - sorrio de volta.

       O professor de química chega e os meninos se despedem e cochicham algumas coisas que eu não consegui entender, e depois voltaram para seus lugares.

       A aula foi longa e meio chata, mas foi interessante!

       Eu e Jungkook saímos da sala quando o sinal bate e vamos para a sala da próxima aula, biologia.

      Jimin e seus amigos me olhavam estranho a aula toda, e Jin também as vezes me olhava, era estranho, mas ignorei.

                   ##########

        Estava indo em direção ao carro de Jungkook para irmos embora, quando Jin veio falar comigo.

   - Oiii - Sorrio fofo.

      Adoro!

   - Oii! - falo sorrindo também.

   - Então Sook... você soube sobre o baile que vai ter na cidade? - fala meio corado.

   - Não.... que baile? - pergunto confusa.

   - É um baile beneficente que um dos maiores chefes de pesquisa histórica do mundo vai dar! - fala Jungkook com os olhos brilhando. - Ele é super rico!

   - Exatamente! E... bem... eu gostaria de saber se você gostaria de ir comigo ao baile... - fala um pouco sem jeito.

                   Tão fofo!

   - Claro Jin - falo sorrindo - eu aceito ir com você! - falo e vejo ele mais aliviado.

   - Pera aí! - Kook fala e nós olhamos pra ele. - Como é que você, um garoto normal, foi convidado para um dos bailes mais importantes de Seul?

   - Meu pai que tá financiando esse baile, e ele quem teve a ideia de faze-lo. - Fala Jin simples.

   - O QUE? - Kook praticamente grita. - VOCÊ É O FILHO DE KIM JONG-IN E IRMÃO DE KIM YUGYEOM?

   - Sim... - Jin fala simples.

   - AI MEU GDEUS EU NÃO ACREDITO!

   - Dá pra parar de gritar por favor? - dou uns tapinhas na cabeça de Jungkook.

   - Foi mal, é que eu me empolguei um pouco! - Fala Kook mais calmo - E já que você não deve conhecer, eu te explico! - faz uma pausa - Kim Jung-in é simplismente o maior chefe de pesquisa histórica da Ásia!

   - E quem é Kim Yugyeom? - pergunto.

   - Simplismente o maior cantor, compositor e ator de todos os tempos! - fala animado.

   - Calma Kook - ri Jin - é muita informação pra ela!

   - Tá ok, eu captei bem! - falo - você vem de uma boa família ein!

   - Pois é... mas você ouvindo tudo isso da minha família não vai querer mais conta comigo! - ri fraco.

   - Não olho pra esse tipo de coisa Jin, eu olho é pro coração! - falo colocando a mão em seu peito e sentindo uma sensação estranha e anormal, mas era boa...

       Por um instante, vi Jin diferente... ele tinha.... asas? Eram asas! E ele tinha algo na cabeça... era... uma coroa de flores... sua pele brilhava um pouco... vi isso por uns três segundos e logo depois ele voltou ao normal. KE?

     Por ter visto aquilo eu fiquei pasma, e meio paralisada por alguns segundos, até Jungkook me tirar do transe.

   - HEY, SOOK? - fala me balançando, eu ainda estava com a mão no peito de Jin e ele estava violentamente corado.

   - QUÊ? O QUE? - me assusto e me afasto de Jin.

   - Cê ficou louca? Ficou parada olhando pro Jin, tá apaixonada é? - ri.

   - C-claro que não! É que... - tive medo de continuar.

   - É... eu já vou indo... - Jin já ia saindo quando pareceu lembrar de algo é voltou - Isso é pra você Jungkook! - ele entrega um cartão para Jin. - Te vejo no baile, traga um acompanhante! - dá uma pescadinha e logo depois sai.

   - Wow! Eu vou pro baile!! - Jungkook festeja e eu apenas rio.

      Depois disso volto pra casa com Kook e tenho um dia normal. Mas eu nunca vou esquecer o que vi, eu sei que eu não tô maluca! Ou estou?...


Notas Finais


Até a próxima!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...