História Runaways - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Jake Bugg, Originais
Personagens Jake Bugg, Personagens Originais
Tags Jake Bugg, Originais, Run Away, Runaways
Visualizações 10
Palavras 623
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Escolar, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem <3

Capítulo 1 - Changes


Fanfic / Fanfiction Runaways - Capítulo 1 - Changes

Henry, o pai de Scarlet, mora numa cidade localizada ao sul de Ontario no Canadá, chamada Stratford. A garota não estava muito animada pra morar com o pai, já que a ultima vez em que se viram, foi no dia em que ele se mudara, quando ela tinha acabado de completar seus 5 anos. Kate acordou Scarlet enquanto Luke preparava o café da manhã.
-Sky, levanta, o avião sai as 12 horas, você tem que terminar sua mala, já são 9 horas filha!
- Eu só quero dormir, que saco!
-Vamos mocinha - ela disse puxando o cobertor de Scarlet
-Sai daqui!
Kate deu de ombros e foi pra cozinha ao encontro de seu marido.
-Ela levantou? - perguntou Luke
-Não, mas daqui a poico levanta, não se preocupe.
-Ela já tem 17 anos mas você não pode deixa-la fazer o que quiser
-Henry vai dar um jeito nela.
-Henry é um bêbado idiota, você acha que um cara bêbado, que canta numa banda desconhecida qualquer, vai educar a Scarlet? Vai levá-la para as drogas, isso sim.
-Você não está mais de acordo sobre a mudança?
- Claro que estou. Antes a Scarlet do que a nossa Rosalie.
-Não fala assim dela. Sky passou por muita coisa, é só uma garotinha assustada embaixo dessa fantasia de rebeldia.
-UMA GAROTINHA ASSUSTADA QUEBRARIA O PARABRISA DO CARALHO DO MEU CARRO? ACHO QUE NÃO, KATE!!!
-CHEGA!!!
Eles foram pra mesa. Logo Scarlet também foi. Ela estava usando uma camiseta do Arctic Monkeys, jeans e all star. Seus longos cabelos ruivos estavam desgrenhados, cheios de nó.
-Arruma esse cabelo, menina!- Luke disse
-Vai pra puta que te pariu!
-Sky!- protestou Kate.
Depois de terminarem, Kate ajudou Scarlet a arrumar as malas e a levou de carro até o aeroporto.
-Filha, independente da distância, eu amo você. Se comporte. O avião vai te levar até New York. Lá você terá que procurar seu pai. Ele vai te levar de carro até Stratford. Faça amigos lá. Vai ser ótimo pra você.
-Também amo você.
-Vá colocar seu inglês em pratica - sorriu - Good bye sweetie
-Mãe, ainda estamos em São Paulo, tá? Tchau.
Elas se abraçaram rapidamente e então a ruiva embarcou no avião.
Depois de horas de voo, ela chegou em NY. Demorou um tempo até que encontrou Henry.
A garota tinha as feições do pai, os mesmos cabelos ruivos, os olhos azuis. Impossível dizer que não eram pai e filha.
-Olha! Parece que a mocinha tem bom gosto - apontou pra camiseta
-Kate diz que eles são péssimos.
-Kate não sabe de nada- sorriu- vamos?
Foram mais algumas horas até chegarem em Ontario. Passaram o caminho todo conversando sobre bandas, sobre Luke e Kate, sobre o bebê que está pra chegar, sobre o modo de vida de Henry.
Quando chegaram na casa do Henry, desfizeram as malas de Scarlet, e foram para um bar a umas ruas dali. Era alí que Henry costumava se apresentar. Seus companheiros de banda estavam todos lá, enchendo a cara.
Todo mundo alí fedia a alcool e cigarro.
- Filha, bem vinda ao Folksind, onde eu passo o maior tempo. Minha vida acontece aqui.
Sky estava deslumbrada.
- Hennnnnryyyy meu caro! Essa é a sua garotinha? - olhou-a de cima a baixo - não parece tão garotinha quanto o que você andou me contando
- Nem comece de gracinha, Ben. Sky, fique a vontade pra fazer o que quiser, beber o que quiser, você ja é quase uma adulta. A Amber libera a bebida pra você, por minha conta. Se quiser embora, acho que já sabe o caminho, a chave fica debaixo do tapete.
- Ok..
Henry foi encher a cara junto dos amigos e Sky ficou apenas observando, sentada sozinha.
 


Notas Finais


Pretendo postar com frequência.
Espero que tenham gostado, deixem seus comentários. Críticas construtivas são sempre bem vindas.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...