História S A V E - M E // Y a o i - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 17
Palavras 402
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Mutilação, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 2 - A R T H U R


Acordo com o despertador alto pra caramba tocando. Jogo o mesmo no chão e coço meus olhos, abrindo-os e sentindo os mesmo se fechando em segundos.
Levanto da cama de uma vez, mas logo Caio no chão com a ação. Minhas pernas estão dormentes.
Minha cabeça dói, e meus olhos ainda pesam de mais pra conseguir abri-los. Odeio acordar cedo.
Minha mãe adentra o quarto fazendo muito barulho, e logo vai até meu corpo jogado e me sacode.
-ACORDA SEU FILHO DE UMA BOA MÃE!
Abro meus olhos e a encaro.
-Pra que isso?
-Deixa de chatice moleque, parece até um velho. Vamos, se arrume! Nós iremos sair.
-Affff mãe, não quero sair.
Ela ignora e saí do meu quarto. Bufo em desaprovação e levanto, ainda com as pernas dormentes.
Vou ao banheiro e tomo um banho longo.
Saio e olho no espelho do quarto... meu cabelo Preto estava molhado e pingando, ainda muito bagunçado e jogado, minha pele é uma saco, sou Branco pra caramba... mas gosto de meus olhos... São meio verdes, mas castanhos... gosto disso.
Vou em direção ao guarda-roupa e procuro qualquer coisa que dê pra vestir... uma calça jeans, uma blusa vermelha e um moletom cinza. Coloco um all star e bagunco o meu cabelo.
Pego meu celular e fone, e saio do quarto, trancando a porta com chave e guardando no bolso.
Minha mãe preparou café da manhã  e eu como rapidamente e fico mexendo no celular esperando minha mãe terminar de comer. Como ela demora muito, fui pra rua e fiquei andando, tinha vizinhos novos.
Coloco meu fone e seleciono a música " The Devil In I".
Saio andando, distraído,  e bato de frente com alguém, mas antes de cair no chão a pessoa me puxa,  e isso dá certo? Não. Eu caio em cima desse ser.
Então olho e vejo que uau... que ser hein...
É um meninos de olhos verdes, muito lindos, cabelos dourados e pele um pouco mais escura que a minha, ou seja, não é branquelo que nem eu.
Saio de cima dele,  que grita algo que não ouço por estar com o fone no máximo, então nem me importo e saio andando. Só que aquele atrevido me puxa pela cintura e apoia a cabeça em meu ombro, menino estranho do caralho.
Tiro o fone e ouço ele sussurrar...
-Arthur... você... voltou...
Então fico confuso... como diabos ele sabe meu nome? 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...