História Sacra Terra - Interativa - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Interativa
Visualizações 389
Palavras 319
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Magia, Misticismo, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Olá gente, voltei com esse projeto, dessa vez mil vezes melhorado, espero que gostem e já quero receber suas fichas..

O link para o jornal com as informações sobre a fic vai estar nas notas finais...

Sem mais delongas, o prólogo:

Capítulo 1 - Prólogo


Fanfic / Fanfiction Sacra Terra - Interativa - Capítulo 1 - Prólogo

Em um corredor extremamente velho um homem empurrava uma maca. As rodas metálicas rangiam alto e o corpo sob ela estava desacordado e com a cabeça balançando.

As janelas estavam cobertas por tábuas de madeira, haviam teias de aranha em todos os lugares e havia sangue, muito sangue. As portas estavam fechadas, papéis e vidros de remédio jogados pelo chão mostravam que outrora aquilo foi um hospital. Gritos doloridos e desesperados, resmungos e choros fantasmagóricos eram ouvidos pelo homem velho e pálido que apenas sorria.

No lugar dos olhos havia apenas dois buracos escuros e negros e o sorriso era tão assustador que causaria pesadelos nos homens mais corajosos.

Os passos dele contra o chão eram altos e as luzes no teto piscavam, ao passar por uma delas uma lâmpada explodiu em um barulho alto, enviando cacos para todos os lugares. O corpo na maca abriu os olhos por alguns instantes, instantes o suficiente apenas para vislumbrar uma mancha de sangue no teto e então desmaiou de novo.

A maca parou em frente à um quarto e o homem diabólico abriu a porta, sua roupa de enfermeiro cheia de sangue velho acabou manchando as roupas da garota. Segurou o corpo e o largou em uma cama velha, vários outros corpos naquele quarto. Na cama paralela havia um ursinho de pelúcia cheio de sangue e com um instrumento de tortura antigo preso ao corpo. Um ursinho que um dia pertencera a uma garotinha inocente, a qual a alma observava tudo por fora de uma janela.

“Angel”

Foi ouvido um sussurro antes que o enfermeiro diabólico gritasse e explodisse, a alma da garotinha –agora um anjo- sorriu.

Mas seu sorriso foi cortado por uma junção de gritos, choros e risadas demoníacas. Outro sussurro foi ouvido e agora os corpos estavam protegidos por uma camada fina de luz prateada.

“Agora é só uma questão de tempo”

E desapareceu em uma luz prateada.

 


Notas Finais


Então gente, todas as informações essenciais sobre a ficha, fanfic, regras e etc estão aqui neste link:
http://socialspir.it/8750924

Espero que tenham gostado da história.

Não se esqueçam: Reserva de aparências no comentário para tal.

E gente, meu spirit tá um pouco bugado, então se você comentar sua aparência e perceber que não está na reserva por favor comenta de novo, tá? Eu não te excluí, o problema é que não tá aparecendo pra mim.

Beijinhos beijinhos e bye bye


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...