História Sacra Terra - Interativa - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Interativa
Exibições 25
Palavras 529
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Magia, Misticismo, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Olaaaar puddins, estou aqui com mais um capitulo sobre a Lana...

Só uma explicaçãozinha gente: eu vou ir lançando alguns capítulos da Lana e todos são importantes para o desenvolvimento, os personagens aceitos vão ir chegando um por um e em tempos diferentes, então essa parte vai ser demoradinha mesmo, e talvez seja um tempo tipo só dois ou três personagens ali, até todo mundo se juntar..

É isso, agora leiam...

Capítulo 6 - Lana Woods 2


O machado foi levantado o mais alto o possível e logo desceu com força, cumprindo seu objetivo e rachando a madeira com um alto "crack". Lana bufou e limpou o suor da testa, jogando a lenha na pilha e usando um fósforo pra começar o fogo, se jogou no banco improvisado que fizera e trazendo os joelhos ao peito, aproveitando a fonte de calor. Fechou os olhos e suspirou, algumas lágrimas escorrendo no processo, não viu o clarão e apenas notou a presença da garotinha quando sentiu algo quente em seus ombros, um cobertor.

-Porque estava chorando?- Angel perguntou calma se sentando ao seu lado, a preocupação expressa apenas por um vinco em suas sobrancelhas.

-Eu tenho uma vida lá fora, você sabe disso né?- Perguntou secando as lágrimas com raiva.

-Sei, mas isso não é importante por agora.- Angel respondeu calmamente olhando para o fogo, Lana, sempre tão calma se permitiu explodir em um momento de raiva.

-NÃO É TÃO IMPORTANTE? MERDA, EU TENHO MEUS IRMÃOS PARA CUIDAR LÁ FORA! EU TENHO UM FAMÍLIA! EU TENHO PLANOS CARALHO!- Se levantou com raiva, deixando que o cobertor caísse de seus ombros direto para o chão.

Enquanto as lágrimas corriam interruptamente por suas bochechas a mulher se permitiu correr para as fronteiras da cidade, a loirinha avisou que não iria conseguir sair, mas não custava nada tentar. Correu o mais rápido que conseguiu, já conseguia ver a floresta e a saída daquele inferno. Mas assim que chegou perto o bastante uma força a jogou para longe, fazendo com que caísse, batendo a cabeça.

Gritou de frustração e se levantou para tentar novamente, a força foi maior e ela bateu com as costas em uma parede. Sentiu seus ossos vibrarem e sangue vir à sua garganta, seu corpo inteiro doeu, mas não iria desistir. Dessa ver ela bateu de cara com um tipo de barreira invisível e foi impossível não cuspir o sangue que se acumulou em sua boca.

Voltou à gritar, batendo com os punhos na barreira e amaldiçoando, o choro voltou com força total e ela se viu engasgando com os soluços; seus pensamentos se voltavam para seus irmãos, que estavam sozinhos lá fora. Arthur não demoraria para voltar depois desaber de seu sumiço e Theo poderia cuidar de Rowena e Elliot enquanto isso, mas a preocupação não deixava de existir.

E em uma espiral mista de dor, desespero, preocupação e fome a mulher se permitiu gritar até que estivesse rouca e sem mais lágrimas para soltar. Abriu os olhos e encontrou Angel a encarando. O vinco nas sobrancelhas se misturava com o olhar e a culpa estava presente, Lana apenas bufou e se levantou indo para outro lugar, na corrida encontrou um cemitério.

Empurrou o portão enferrujado e se viu diante de várias covas, apesar de ser um cemitério aquele era o lugar menos assustador de toda a cidade, se permitiu sentar em um banco e olhar tudo em volta. Estava se sentindo esgotada e tudo que queria era chegar em casa e se enrolar no sofá quentinho com suas crianças, mas aquilo era impossível agora.

Teria que se entregar ao destino e esperar seus companheiros de sofrimento.


Notas Finais


Desculpa qualquer erro gente, eu to com unha postiça, então tá um cu pra escrever...

Já sabem né? Comentários = Night feliz = Mais capítulos = Vocês felizes.
Mas é claro que não estou obrigando e nem exigindo de ninguém, estou pedindo carinhosamente S2


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...