História Sacrificio - Capítulo 32


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Piece
Personagens Basil Hawkins, Benn Beckman, Brook, Capone Bege, Crocodile, Eustass "Captain" Kid, Franky, Jewelry Bonney, Killer, Koala, Monkey D. Dragon, Monkey D. Luffy, Nami, Nico Robin, Personagens Originais, Portgas D. Ace, Rebecca, Roronoa Zoro, Sabo, Sakazuki "Akainu", Sanji, Scratchmen Apoo, Sengoku, Shanks, Tony Tony Chopper, Trafalgar D. Water Law, Trafalgar Law, Usopp, X Drake, Zeff
Tags Ação, Drama, Luffy X Nami, Luffyxnami, Luna, Lunami, Lunami One Piece, One Piece, Romance, Tragedia, Zoro X Tashigi, Zorobin, Zoroxrobin, Zoshigi
Exibições 71
Palavras 1.598
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Seinen, Shoujo (Romântico), Shounen, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Yo, gente esse capitulo saiu rapido né e,e kkkkk
pois bem, este capitulo não está focado nos mugiwaras.
Boa leitura.

Capítulo 32 - Irei acabar com meu irmão!


Fanfic / Fanfiction Sacrificio - Capítulo 32 - Irei acabar com meu irmão!

-Diga de uma vez! – Esbravejou Sakazuki.

-Um Pirata usuário de uma akuma-no-mi muito estranha apareceu em uma das ilhas do Novo Mundo – O homem começou a ficar pálido.

-Qual o nome dessa fruta? –Akainu já estava perdendo a paciência.

-A fruta é a... Bida Bida No Mi

-Mas o que! \o/

     Os marinheiros ficaram apavorados quando ouviram isso. Essa akuma no mi era apenas um mito ou uma lenda ancestral que apenas ela existiria em Raftel. Ambos os marinheiros começaram a suar.

-Este homem precisa ser morto! Antes que ele ressuscite aqueles dois!

                   (...)

     Em uma ilha do Novo Mundo chamada de Kemono no Shima, um lugar onde habitam grandes criaturas semelhantes a bestas, se encontram 3 pessoas por entre as arvores, estão sentados por baixo de uma grande arvore gigante. Um jovem de pele clara, longos cabelos lisos amarrados em um rabo de cavalo e uma cicatriz no pescoço, olhos selvagens como brasas, ele usa camisa amarela e hakama azul, está ao lado de duas pessoas, uma garota e um homem relativamente velho.

-Ei, acho melhor sairmos daqui – Disse o jovem de rabo de cavalo.

-Hm?! Shachi está com medinho? – Debochou a garota com o dedo nos lábios. Ela tem pele clara, olhos castanhos, um longo cabelo ruivo solto que vai até a sua panturrilha. Ela usa uma curta blusa vermelha com o Ziper quase todo aberto mostrando muito os seus seios que são enormes, uma faixa vermelha amarrada na cintura e uma curta saia preta.

-É o que parece Saru, mas não podemos vacilar neste lugar. Precisamos realmente sair daqui aquele almirante deve estar atrás de nós. - Disse o mais velho. Ele tem pele meio escura e é alto, tem grandes cabelos espetados que cai até os ombros com uma franja um pouco ondulado caindo sobre os olhos, cicatriz no rosto que chega até o seu peitoral. Ele usa uma regata meio apertada e calças folgadas, e uma bota. Seu nome é Saito.

-Esses homens são uns medrosos – Saru se levantou – Mas eu preciso mesmo sair daqui, pra acabar com o meu maninho idiota.

    A garota sorriu ao perceber um animal incrivelmente grande correndo em sua direção com os chifres posicionados como lanças, o olhar do animal era horrendo, estava até mesmo salivando. Saru se posicionou em uma forma de combate e saltou em direção a fera, seus punhos estavam sendo revestidos com Haki tornando seu braço inteiramente negro com uma tonalidade azulada. Ela desferiu um soco na besta que defendeu com o chifre que foi inteiramente despedaçado fazendo a fera cair entre as arvores.

-Fufu, que fraco – Disse Acenando com as mãos no bolso com um sorriso de deboche.

    As arvores estavam sendo destruídas, a criatura raivosa se levantou mais irritada ainda, estava sem os chifres e resolveu ataca-lá com os dentes

-Ah Saru, mata logo esse animal – Disse Shachi sentado com os braços cruzados.

     Saito apenas ficou apenas a observando, olhando bem a sua força incrivelmente grande, ele não falava uma palavra até perceber o que ela acabou de fazer.

      Ela simplesmente olhou para o animal que caiu inconsciente com os olhos brancos. Isso deixou os dois homens impressionados ao ver o que essa garota acabara de fazer. Era simplesmente surreal.

-Isso foi “Haoshoku Haki” que incrível – Sorriu o mais velho – Essa geração tem potencial ainda.

      A garota fez um aceno para se levantarem e saírem logo desta ilha, ela pegou uma garrafa pequena de água que estava presa em sua cintura e começou a tomar dando alta goladas, algumas gotas de água caiam sobre seus seios isso, deixava Shachi louco, seus olhos vidravam nela.

-Garoto haha – Sorriu o velho ao perceber a cena.

    Os dois se levantaram e começaram seguir Saru, ele estava achando-a muito estranha e muito familiar. Seus cabelos lembravam de uma mulher, e seu olhar selvagem o lembrava de um homem muito famoso.

-Ei pirralha – Perguntou o mas velho.

-O que foi? – Perguntou.

-Qual o seu objetivo? – Disse sério dessa vez, olhando fixamente em seus olhos.

-Meu objetivo? É simples, acabar com meu irmão. Ele é patético e se tornou imperador e eu sofri neste mundo cruel enquanto ele teve Nakamas, um vó para lhe dar carinho e irmãos, enquanto eu não tive nada na minha vida. Conquistei tudo sozinha – Olhou para o céu – Acho que... Fui excluída neste mundo.

      O velho suspirou e deu uma gargalhada meia cômica, a garota ficou irritada e uma veia saltou em sua testa.

-Do que está rindo?! – Gritou a Menina.

-Ah não é nada, apenas que... Eu já sei quem você é, garotinha idiota.

 -Eu te conheço há apenas um dia! Não diga que sabe de tudo – A menina estava pronta para lhe soca-lo.

-Cale essa boca! Você não sabe de nada. Monkey D. Saru.

-Como você conhece meu nome completo? – Ela o olhou confusa, intrigada.

-Hahaha, quando você encontrar seu irmão – O velho sorri – Irei lhe contar tudo.

     A garota ficou o encarando com os olhos arregalados, ela fecha os olhos e se vira continuando os seus passos, ela morde os lábios. Por um momento ela pensa esquecer o que acaba de acontecer.

-Runf... Que seja, vamos logo entrar no Navio, mais uma coisa, não ressuscite alguém até o início da guerra por favor, não quero destruições desnecessarias – Ela aperta o punho.

-Garota, eu tenho um limite de tempo. Cada pessoa que ressuscito fica neste mundo por apenas 24 horas, depois disso elas voltam – Ele passa a mão na barba – Irei fazer o meu melhor, que sorte que tenho guarda-costas como vocês – Sorriu olhando para ela e o Garoto Shachi.

     Entraram no navio, realmente é grande, ele tem muitas velas e uma figura frente ao navio com caveira com uma letra bem grande “D”, que para muitos é um enigma.

           (...)

    Kaidou e a aliança estão atracados em uma pequena ilha, é uma ilha tropical com grandes palmeiras, todos estão em respectivos lugares. A besta mais forte do mundo “Kaidou” está em uma área com muito sol, está tomando saquê sozinho.

    Maya está sentada por cima de uma rocha, ela observando a paisagem, seus cabelos loiros mechem com a brisa do vento, o mar está extremamente lindo, e o clima está muito bom com raios de luz agradável.

    Um ruivo arrogante aparece se sentando ao seu lado com uma garrafa de água, ele a oferece com o rosto virado para o lado. Ela aceita e começa a beber, ela realmente estava com muita sede. O silencio pairava e ninguém dizia uma palavra, neste exato momento Kid se levanta e começa a caminhar, mas. Sentiu uma mão lhe segurando no seu casaco vermelho.

-Onde... Conseguiu essa cicatriz? – Perguntou Maya com os olhos brilhando.

    Ele se senta ao seu lado e cruza os braços e continua com aquela sua cara arrogante e malvada de sempre, ele dá um suspiro e olha para o mar junto a ela.

-Essa daqui – Ele coloca a mão na cicatriz que começa no lado esquerdo da testa que aparentemente vai para baixo de seu pescoço – Bem... Eu enfrentei um pirata muito temido, seu nome era Akagami No Shanks, nem sequer consegui enfrenta-lo direito, eu o ataquei diversas vezes e ele recuava sua espada, ele apenas defendia mas não atacava. Por um momento me irritei e o ataquei agressivamente e finalmente ele me cortou – Kid aperta o punho envergonhado.

     Maya começa observa-lo atentamente, cada expressão do seu olhar. Ficava fascinada o quanto aquele garotinho que conheceu em sua infância, aquele que lhe deu motivos para viver, o garotinho que amou.

-Mas... Ele me poupou a vida, e disse para seguir meu sonho, mas sem enfrentar batalhas desnecessárias apenas para ganhar fama, isso me corroeu por dentro – O ruivo pega um metal de se bolso, era um objeto muito valioso.

-O que é isso? – Perguntou Maya encarando o lindo colar.

-Tsc... Só pega – Ela pegou o colar, era de prata e tinha uma foto dos dois no meio.

     Maya arregalou os olhos querendo chorar e ele suspirou com uma cara de deboche, e finalmente um sorriso sai de seu rosto. Não um sorriso de maldade, mas um outro tipo de sorriso que não dá a anos.

-Você nunca me esqueceu!? – Disse Maya com um rubor no rosto cheio de lagrimas.

-Não – Ele sorriu meio sem graça passando a mão nos cabelos ruivos.

    Ela fica o encarando, e ela se joga em seus braços fazendo-o cair no chão quase engolindo areia, ele fica irritado por essa ação repentina, mas depois acaba não ligando.

-Idiota, nunca mais faça isso comigo. Você sabe que eu te amo muito – Ela se deitou em seu peitoral.

-Baka... Posso ter mudado, mas eu continuo sendo o “Kid” – Sorriu e começou a afagar os cabelos loiros de maya.

     Um homem mascarado alto e musculoso com um cavanhaque loro e um cabelo loiro selvagem que vai até as costas aparece, em bem na frente de Kid e Maya.

-Capitão? – Estranhou a ver Kid desta maneira.

     Kid se levantou agilmente voltando a sua forma original, arrogante e ignorante. Maya também se levantou com o rosto corado.

-O que foi killer? – Perguntou Kid.

-Faltam 20 dias e parece que minha família está meia irritada comigo – Killer mostra suas foices – Se os Vinsmokes vierem aqui. Provavelmente a Big Mon estará aqui também, acho melhor sairmos deste lugar. Antes que ela encontre Kaidou e o enfrente. Creio que se isso acontecer, Maya irá morrer por estar conosco.

- O que está insinuando!? – Gritou Kid.

-Lembra, ela é uma das piratas da Big Mon. Se ela souber disso, estaremos perdidos!! Não só a Germa mas os Generais que ela comanda poderão aparecer.

 

 

Continua....

      

   

 


Notas Finais


Eae o que acharam? Deixe suas opiniões, nos comentários.
E é isso.
Até a proxima
BYE


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...