História Sad Girl - Imagine Jungkook - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, Jennie, J-hope, Jimin, Jin, Jinyoung, Jisoo, Jungkook, Lisa, Mark, Personagens Originais, Rap Monster, Rosé, Suga, V, Youngjae, Yugyeom
Tags Bts, Escolar, Imagine, Jungkook, Romance
Visualizações 30
Palavras 834
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Ficção, Fluffy, Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Desculpe a demora pra atualizar ;-; Tava sem criatividade.
Mas voltei :3

Boa leitura :

Capítulo 4 - 4


Eu não estava acreditando, depois de anos, tentando esquecer esse filho da puta do Mark, ele aparece novamente. Realmente o universo me odeia demais, a vida da pessoa tá fodida é ainda vem isso para piorar ainda mais.

Sequei minha lágrimas, não era tristeza que eu estava sentindo, e sim raiva.

- É assim? – Pergunto com um sorriso irônico no rosto.

- O que? – Ele faz uma expressão confusa.

- Depois de anos, você aparece como se nada estivesse acontecido. Voltou para que? – Falo um pouco mais alto.

- Então, naquele dia você saiu correndo... – Ele suspira. – Você nem me deu chance de te explicar.

- Explicar? Explicar o que? Que você estava me traindo com uma qualquer.

- Amor... – Ele tenta tocar meu rosto, mas eu desvio.

- Você perdeu o direito de me chamar assim. – O olho com raiva.

- Porra S/n, vai continuar fazendo cu doce? Eu sei que você me quer. – Ele fala e segura meu pulso com força, me empurrando na parede logo em seguida.

Incrível como as pessoas mudam de humor numa rapidez.

- Me solta. – Falo e cuspo em seu rosto.

- VADIA DESGRAÇADA. – Ele me olha com raiva, e logo em seguida sinto meu rosto arder.

Não acredito que ele fez isso, o filho da mãe me deu um tapa.

Quando ele estava prestes a me dar outro tapa alguém o puxou pela gola da camisa e deu um soco em seu rosto, o fazendo cair no chão.

- Nunca mais toque nela. – O garoto fala e eu reconheço sua voz.

Quando olhei para a pessoa não acreditei.

Yugyeom?

- E quem vai me impedir? Você? – Mark dá uma gargalhada enquanto se levanta do chão.

- Sim, sou eu. – Yugyeom fala firme.

- Então vem. – Mark o provoca.

Eu bem que queria que Yugyeom quebrasse a cara de Mark, mas não vou deixar isso acontecer.

- Vem Yugyeom. – Puxo seu braço. – Esse filho da puta, nem apanhar merece. – Falo olhando para Mark.

Ele assente e saímos da escola.

 

{..}

 

( Manhã seguinte )        

 

Eu já estava pronta para ir para a escola. Peguei minha mochila, coloquei meus fones e sai.

Eu estava caminhando distraída, quando alguém coloca a mão em meu ombro, eu já podia imaginar quem era.

- Que porra, Mark! – Me viro bruscamente.

Mas não era ele, e sim o idiota do Jungkook.

- Quem é Mark? – Ele pergunta fazendo uma expressão brava.

Era só o que me faltava.

- Não te devo satisfações. – Respondo e continuo andando, deixando-o para trás.

{...}

 

Chego na escola e me sento no mesmo lugar de sempre.

Alguns minutos depois o sinal bate, os alunos entram e logo em seguida o professor junto com o diretor.

- Coisa boa não é. – Penso.

- Então queridos alunos. – O diretor sorri. – Temos uma ótima notícia para vocês.

Os alunos começam a cochichar, e meu desespero só aumenta.

- SILÊNCIO. – O professor grita, fazendo os alunos se assustarem.

- Obrigado professor. – O diretor agradece. – Continuando...Temos uma ótima notícia para vocês, amanhã todos, sem exceção, irão para um acampamento.

Os alunos se animam.

Como assim sem exceção? Que merda.

- Então, ainda hoje comecem a arrumar suas malas, vamos ficar duas semanas lá. – O diretor sorri largamente. – Iremos liberar mais cedo hoje. – Ele finaliza e sai da sala.

- Então. – O professor começa.

Olha outra desgraça vindo.

- O diretor esqueceu uma coisa. – Ele fala. – Em cada cabana ficarão 2 pessoas.

Não, eu escutei errado.

- Que? Como assim professor? – Pergunto um pouco alto.

- Serão duplas em cada cabana. – Ele responde simplista. – E eu vou sortear.

Suspiro pra não matar o filho da mãe.

- Kunpimook e Jackson. – Ele começa. – Jisoo e Yoongi, Jaebum e Rosé, Taehyung e Jimin, Jennie e Hoseok, Jin e Jinyoung, Lisa e Namjoon, Youngjae e Sook... – Ele para um momento. – Opa, parece que teremos um trio. – Ele sorri. – S/n, Yugyeom e Jungkook.

- QUE? – Eu e Jungkook gritamos ao mesmo tempo.

- Algum problema. – O professor olha feio para nós.

- Claro que tem problema. – Falo com raiva. – Não vou ficar no mesmo lugar que esse ai. – Olho para o Jungkook.

- E nem eu vou ficar com essa... – O professor interrompe Jungkook.

- JÁ CHEGA VOCÊS DOIS. – Ele grita. – ASSUNTO ENCERRADO.

 

Depois disso o professor ficou falando umas merda sobre a viajem, que nem fiz questão de escutar.

- Estão liberados.

Quando ele falou isso sai correndo da sala.

 

Estava indo embora, quando alguém me puxa pelo braço.

- Que foi? – Pergunto seca.

- Se você acha que vai ficar em paz naquele acampamento. – Jungkook solta uma gargalhada. – Está muito enganada. – Ele para de rir. – Vou fazer da suas semanas naquele acampamento um inferno.

- Minha vida já é um inferno. – Olho sem expressão para ele. – Não vai dar em nada. – Puxo meu braço me soltando.

Saio andando mas logo me viro quando escuto sua voz

- Que os jogos comecem. - Ele me olha serio.

- Jogos o caralho. – Mostro o dedo do meio.


Notas Finais


Tchaoo :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...