História Sad People Love Too - Min Yoongi (BTS) - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Visualizações 6
Palavras 925
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


SIM, minha mão melhorou
ALELUIAAAAAAAAAA
Agr ta bem melhor :3

Capítulo 3 - Cinema (parte 2)


Chego naquela pequena cafeteria, entro correndo e vou me trocar, coloco aquele uniforme horroroso e meus fones. Devido eu ter me atrasado Yura – ou como apelidei "Piriguete da terceira idade" – minha chefe vem me encher o saco.

– Kim Yang Mi – ela grita parecendo que estava desesperada pela mínima atenção que eu pudesse lhe dar – é a terceira vez que chega atrasada essa semana, assim vou ter que demitir você – ela diz com sua voz irritante

 – Me demita Yura, eu só não sei o que a senhorita Jones iria falar – digo rindo me sentindo uma verdadeira cadela vingativa, senhorita Jones é uma senhora de 50 anos vinda diretamente de Los Angeles ela é a dona do lugar e sempre me adorou, diz ela que veio para buscar paz e tranquilidade.

 Não contei à vocês quem é Jeon Jungkook, Jeongguk como eu chamo é um “amigo”, nós somos como irmãos ele que sempre me ajudou, mas depois que ele conheceu aqueles meninos ele se afastou, deve ser estranho andar com “Yang a Tristonha”. Admito que só vou no cinema com ele e com seus amigos pois se eu não fosse ele iria me cobrar disso pelo resto de nossas vidas então não tinha como eu negar.

 (...)

Depois de longas 5 horas terminei meu expediente e finalmente voltei para casa. Tomei um banho demorado e me arrumei, coloquei um short cintura alta preto e um cropped branco escrito “Bithces forever Bithces” em vermelho e coloquei meu all star, sentei no sofá e esperei o Jungkook por alguns minutos. Ele chegou e eu atendi a porta, ele estava com uma blusa branca e uma calça jeans clara, usava em seus pés uma bota bege clara

– Oi oppa – sorrio e ele retribui o sorriso com seu maravilhoso “sorriso de coelhinho”

– Oi Yang, vamos? – ele fala e segura minha mão me puxando para o carro, entro em seu carro – você é tão bonita, legal e extrovertida comigo, não sei porque se isola do mundo na escola, com certeza seria uma das mais populares – ele mormura com um bico extremamente fofo. 

– Você sabe sim Jeon Jungkook e nós não vamos falar disso novamente – digo um pouco alterada, ele sabe que eu não gosto de falar 

– Desculpa Yang Monnie – ele fala usando o meu apelido de criança e eu não pude não sorrir. 

(...) 

Chegamos no cinema e saimos do carro, ele segura minha mão e nós vamos andando até os meninos. Achava que o Yoongi iria vir mas – felizmente, muito felizmente mesmo – ele não veio.

– Nossa cadê o Yoongi, ele sempre atrasa, daqui a pouco o filme começa – Taehyung reclama com um bico fofo nos lábios. Ele acaba de falar e Yoongi aparece e olha para mim e Jungkook de mãos dadas

 

P.O.V Yoongi 

 

Chego em casa e me jogo no sofá e durmo. Acordo atrasado para sair com os meninos, me arrumo rápido e vou para o cinema com meu carro.

Chego lá e vejo Jungkook de mãos dadas com a Yang, quando a garota de voz irritante me vê o sorriso que estava em seu rosto se desfaz assim como o meu, ela me olha com total desprezo e nojo e eu a olho da mesma maneira. Não posso mentir, mesmo sendo insuportável e sua voz ser irritante ela é muito bonita, corpo magro e seios fartos, não posso negar mas aquela menina me deixava louco.

 

– Vamos logo? – pergunto irritado com a presença da menina, menina extremamente linda, mas ainda irritante.

 

(...)

O filme já havia acabado e decidimos ir na praça de alimentação, Jungkook e Yang ainda de mãos dadas me deixava furioso, quem ele pensa que é para segurar a mão da minha garot.... NÃO YOONGI, liga o foda-se para eles como você sempre fez. Fomos para a praça de alimentação e o sorriso que mais cedo estava em seu rosto e que foi retirado pela minha presença, havia voltado, Yang parecia uma criança pedindo seu sorvete de chocolate, ela é tão fria para algumas coisas mais para outras ela é tão fofa. Ela tomava aquele sorvete e eu ficava apenas a olhando, parecia que não tinha mais ninguém além dela, ignorei tudo e todos a minha volta, parecia que tinha borboletas em meu estomago que á cada movimento dela voam como se estivessem em um campo florido, e sem perceber fiquei encarando ela.

– Yoongi se continuar me secando eu vou ficar desidratada – ela diz corada e com raiva, dou uma risada irônica e defendo-me:

– Eu? Te encarando? Nunca, prefiro ficar cego – minto falando frio, ela ri e me ignora, aquele jeito que ela me olhou e aquela risada não sei por que me machucaram. Aquelas borboletas se acalmaram e pareciam me xingar. Quero muito saber qual o nome do sentimento que eu sinto agora, é tão confuso, mas tão bom ao mesmo tempo. Jungkook pegou-a e colocou em seu ombro, saiu correndo, brincando, a garota gargalhava e sorria, aquelas malditas borboletas voltaram. Pensei no que aconteceria se eu fizesse isso, certamente eu iria levar um tapa no rosto e um xingamento da menor.

Depois daquela pequena tortura ao meu coração Jungkook parou e colocou a menina no chão, que ainda ria e parecia adorar a presencia de Jeon Jungkook. Nunca pensei que sentiria algo assim, nunca pensei que alguma garota iria mexer com meu coração, parece tudo tão... Confuso, ela mexe com meu coração mas meu orgulho é ainda mais forte e me impede de confessar o que sinto para uma garota que ainda hoje eu discuti com ela, me parece tão errado, mas tão... Complicado.


Notas Finais


Como eu já disse, mudei o conceito e em vez de ser algo "sobrenatural" vai ser algo mais sério. Mas ainda vai ter aquela comediazinha pq néeeeeeeeeeeeeh não sou obrigada

Obrigada por ler e se possivel comentem :3
Beijinhos najas do meu kokoro


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...