História Safe and Sound - Capítulo 58


Escrita por: ~

Exibições 193
Palavras 1.206
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 58 - Matem Todos


Fanfic / Fanfiction Safe and Sound - Capítulo 58 - Matem Todos

 

- KARISMA NÃO! - eu gritei pulando em direção a ela. Era tarde demais, ela já havia bebido. Mariana puxou uma arma de algum lugar e apontou para mim com cara de quem diz “Não conte nada, ou você morre”.

- AHHH!!! - Karisma gritou soltando o copo, fazendo com que ele caísse e se estilhaçasse em milhões de pedaços no chão.

- Você bebeu alguma coisa? - perguntei desesperado enquanto ia ate ela.

- O que ta acontecendo? - ela gritou chorando desesperada com medo da arma de Mariana e negando ter bebido algo.

- Você tem certeza que não bebeu nada? - perguntei preocupado.

- Eu não bebi! O que ta acontecendo? - Karisma estava desesperada.

- Meus parabéns Jack! Você salvou a vida dela, mas pena que de mim ela na escapa! - Mariana riu e apontou a arma para ela.

- Não! Você não vai fazer isso! Ela não tem nada a ver com o assunto - disse entrando na frente da Karisma que estava chorando muito.

- Jack o que ta acontecendo? - Karisma perguntou.

- É Jack, conta pra ela - Mariana riu e apontou a arma para mim.

- Calma, calma vai ficar tudo bem - disse abraçando Karisma que estava quase desmaiando.

- Ah, mas como é tola! - Mariana riu se aproximando de Karisma - Conta pra ela Jack! E mostre o quão amiguinho dela você é...

- Mariana, deixa ela fora disso! - pedi desesperado.

- Ah, mas não deixo mesmo! Meu querido agora que estamos aqui, nesse belo momento, só resta você contar, tudo... ou eu mesmo conto - ela piscou.

- E porque ela deve saber disso? - perguntei.

- É que o Crawford é irmão dela sabe? E se ela morrer você sabe que o Craw ira logo em seguida atrás dela... - Mariana me respondeu.

- O QUÊ? - Karisma gritou.

- Não vai contar? Ta então deixa que eu mesma conto meu bem... - Mariana riu e respirou fundo - Olha querida, esse seu amiguinho e eu, estávamos prestes a matar seu lindo irmãozinho! Sim, Jack iria mata-lo...

- Não escuta o que ela ta falando Karisma - disse desesperado.

- Ah, você vai adorar ouvir o que eu tenho pra dizer.

- Eu não ligo pro que você diz, eu sei que Jack jamais o mataria! - Karisma gritou.

- Pois é meu bem, mas... pelo jeito você não sabe de nada. Ele iria matar seu irmãozinho, para poder ter a Raylee todinha para ele! Prova disso... - Mariana disse mostrando a mensagem que mandei para Crawford - ta vendo que belo amigo você tem? - ela riu - Essa bebida que você quase tomou, era envenenada. Era pra Craw beber e morrer!

- Eu não acredito nisso! Você não presta Jack! Eu te odeio. Não é atoa que ninguém mais liga pra você. Não sabia que você chegaria ao ponto de fazer coisas desse tipo para conseguir ser o centro das atenções novamente! - Karisma gritou chorando - E eu... Bem que deveria ter ouvido Hayes...

- O que? O que Hayes te disse? ANDA ME FALA! - Mariana se desesperou.

- N-nada! - Karisma se assustou.

- Agora fala ou... - Mariana pontou a arma para ela.

- Ele falou para mim não tomar nenhuma bebida alcoólica... - Karisma disse.

- E o que isso tem haver? - Mariana estranhou.

- Porque sua gangue costumava colocar drogas nos drinks... - Karisma disse com medo.

- Ah, mas que bom saber disso! Ele sofrera suas consequências... - Mariana riu.

- Não, não! Tira ele disso. Ele não fez nada alem de me avisar - Karisma se desesperou.

- Ah, mas esse é o problema. Ninguém mandou ele te alertar... - Mariana sorriu.

- O que você vai fazer comigo? - Karisma perguntou engolindo o choro.

- Uma coisa que já devia ter feito à muito tempo - Marina disse sorrindo vitoriosamente e puxou o gatilho da arma. Ela estava pronta para atirar. Karisma e eu engolimos seco. Ate que Marie, Irma de Cecília, aparece gritando e pulando em cima de Mariana.

- NÃOO FAÇA ISSO MARIANAA! Você não pertence a isso! Larga essa arma, seu futuro não será isso! Larga essa bosta de gangue logo de uma vez! - Marie gritava desesperadamente em cima das costas de Mariana - Você não merece isso! Você não merece o Travis. Não pode uma coisa dessas. Você é mais forte que isso. Você supera. Você só não pode se entregar a essa vida por causa de uma simples queda pelo Travis!

- Eu amo o Travis! Você sabe disso. Esse é o único jeito de o manter perto de mim... - Mariana se entregou ao choro.

- O que? - deixei minha voz escapar.

- Não Mariana! Isso não é amar. Isso já é loucura. Que futuro que você acha que ira ter ao lado dele? Nenhum. Não pense que ira conseguir mudá-lo, isso é muito difícil, ainda mais ele. E me diz, como você vai o mudar, se você mesma ta se tornando uma pessoa assassina assim como ele? Eu tenho nojo de você! Nojo de ser amiga de alguém assim! Não aguento mais te ver desse jeito... Eu te amo, mas não da. Você mudou muito. E alem disso puxou pessoas que te desejavam o bem, para o fim do poço. Você esta se destruindo, será que não percebe? Não da mais, eu não aguento essa de ver vocês matando e drogando pessoas inocentes sem poder fazer nada. Eu vou denunciá-los. Já deu! Chega - Marie Gritava e fazia Mariana chorar.

Marie era a melhor amiga de Mariana, desde a infância. Era uma menina muito durona, quieta e que não mostrava seus sentimentos. Mas dessa vez ela detonou. E o conselho dela não serviu só para Mariana, mas também para mim... Marie disse tantas e tantas outras coisas que não só deixaram Mariana perplexa, mas eu e Karisma também...

- O q-que ta acontecendo aqui, posso saber? - Travis gritou vindo ao nosso encontro e vendo todos naquele estado.

- Pense bem no que eu te falei... - Marie disse e se escondeu sem que Travis a visse. Mariana soltou a arma no chão e se entregou ao choro. Travis sem entender nada, tirou sua arma do bolso e apontou para mim e Karisma.

- Kian me desculpa a demora é que... TRAVIS? - Crawford apareceu assustado.

- Não se mexa! - Travis apontou a arma para Crawford e trancou as portas da sala das bebidas para que mais ninguém entrasse - Pelo jeito o Jack não foi capaz de matar você não é mesmo Crawford? - Travis sorriu.

- O QUE? - Crawford se assustou.

- Bom, isso não significa que você não ira morrer - Travis puxou o gatilho, puxou Crawford pelo pescoço e apontou a arma para sua cabeça - isso vai ser por tudo o que já me fez no passado!

- Não, por favor não. Não na frente da minha irmã. Não é possível que você ainda guarde magoas depois de tanto tempo, cara. 

- Tudo bem então. Mariana... Mate Karisma. Crawford não quer que ela veja sua morte... - Travis deu um sorrisinho presunçoso.


Notas Finais


Bye bye Crawford :(


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...