História Safe with me (Soltteo) - Capítulo 47


Escrita por: ~

Postado
Categorias Sou Luna
Tags Ámbar Smith, Luna Valente, Matteo Balsano, Simón Álvarez, Sol Benson
Exibições 162
Palavras 1.412
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Escolar, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi meus lovers..
Boa leitura❤❤❤

Capítulo 47 - "Sentiu minha falta?"


Fanfic / Fanfiction Safe with me (Soltteo) - Capítulo 47 - "Sentiu minha falta?"

-Sebastian, o que você tá fazendo aqui, por acaso está me seguindo?

-Não, só quero saber sua resposta Âmbar, não aguento mais essa incerteza de não estarmos juntos sabe como nos velhos tempos?

-Olha Sebastian, eu nem tive que pensar, olha eu não quero te magoar, mas não podemos voltar sabe eu não te amo mais!!

-Âmbar, você tá assim comigo só porque ainda ama aquele babaca né?

-Amo sim, e eu vou fazer de tudo pra tirar essa venda que eu tenho certeza que a Jazmin colocou nos olhos dele!!

-Você tem sua chance pra fazer ele sofrer, você não encherga que ele faz o mesmo que poderíamos fazer?

-Eu não sou como ele, não é porque ele namora com a Jazmin que eu deva fazer o mesmo..

-Então não vamao voltar?

-Não, eu sinto muito mas podemos ser amigos o que acha?

-Não..

Nesse momento ele tenta me beijar, e eu fico gritando..

-Me solta, me solta socorro!!

-Larga ela, agora!!

- Ou vai fazer o que babaca? -pergunta Sebastian debochando-

-Não vou fazer muito, só isso aqui -Nesse momento ele dá um soco na cara do Sebastian-

-Vai ter volta Matteo!! Vai ter volta e você Âmbar ainda não acabou -ele sai-

-Obrigada, Matteo, obrigada -abraço ele-

-Não tem ie me agradecer nada, vamos pro roller pra você se acalmar!!

Nós dois fomos para o roller, o Sebastian podia até, ter apanhado um pouco mais... Quando chegamos lá todos ficaram nos olhando com uma cara estranha, foi aí que percebi que Matteo estava com o braço em volta do meu pescoço, por causa do arranhão que eu levei..

-Bom Matteo, obrigada pela ajuda agora eu tenho que procurar a Delfi..

-Ah, te dou uma dica, compra aquelas armas de dar choque e quando aquele percetido se aproximar de você, já Savé o que fazer né?

- Sei sim, obrigada pela dica -Nós dois rimon-
Bom obrigada mais uma vez..

-Vou procurar a Sol, mas onde é que ela se meteu??

                 Pov's Sol

Eu estava fazendo lição de casa, quando o louco do Martin já veio com aqueles papos esquizitos dele..

-Sol de mi corazón, como estão as coisas??

-O que você quer Martin? -pergunto sem disposição nenhuma-

-Nada, não posso conversar com a minha unocornia favorita?

-Pode, mas eu não tô afim de conversar com você, não tá vendo que estou fazendo lição?

-Estou sim, Sol posso te fazer uma pergunta? só uma aí eu te deixo em paz!!

-Fala..

-Você gostaria que eu te contasse que meu querido irmão e a Elsa da vida real chegarão juntinhos e ele ainda está com o braço em torno do pescoço dela?

-Como é que é? -Me viro e os vejo na entrada do roller, e realmente Martin não tava inventando nada-

-Espera, tá sentindo esse cheiro?? isso mesmo é cheiro de ciúmes!! -ele diz debochando- ih olha lá eles tão rindo muito, acho que alguém tá levando uns chifres..

Quando vi aquela cena, não me Conti e fui direto pros armários eu sabia que não tinha nada de mais nisso, mas o ciúmes me deixava cega..

-Quem diria, Não prescisei fazer nada pra atrapalhar um pouco a relação deles!! Martin você é o melhor unicórnio -nesse momento recebo uma notificação do meu celular-

"Oi Martin, sentiu minha falta? Espero que sim estou disposta á contar á verdade sobre seu querido segrefinho, antes que o Matteo saia prejudicado no seu lugar..Nesse momento estou no aeroporto e vou acabar com você!!

Ass; A-"

Mais que porra é essa, aquela piriguete tá usando minha própria série contra mim, aquela piruguete não vai acabar com meus planos!!

   
                   Pov's Yam

Já não aguentava mais aquela dúvida, eu tinha que saber se minha mãe estava viva ou não.. Fiquei em casa á tarde toda esperando meu pai..

-Yam, não era pra você estar no roller uma hora dessas?¿
A
-Papai, nesses últimos dias, eu não tenho dormido direito, e quero que seja sincero comigo e me diga se minha mãe está viva?

-Yam, de o de é que você tirou a história dessa? Sua mãe não esta viva, de onde tirou uma história dessas?

-Eu, ouvi uma conversa no telefone em que dizia que minha mãe estava viva!!

-Tá bem Yam, você quer a verdade? Sente-se que vou te contar tudo..Bom minha filha nem sei como começar á te contar essa historia, quando eu e sua mãe nos conhecemos, me apaixonei perdidamente por ela, mas tinha um porém ela já estava comprometida com outro, ficamos mais próximos e um dia aconteceu "aquilo" se é que me entende, quando ela descobriu que estava grávida fez um acordo comigo, eu cuidaria de você e ela também como as despesas e eu teria que te fazer acreditar que ela tinha morrido no parto e foi assim..

-M-Mas onde ela mora? Qual o nome dela? -pergunto aflita, esses anos todos achava que minha mãe estava morta-

-Sinto muito Yam, não posso te dar nenhuma informação sobre ela!

-Pai, por favor, não me diz nada sobre ela, mas só me diz como ela está?

-Está bem Yam, sua mãe se casou assim que você nasce e acho que uns dois anos depois lá ficou grávida e nunca mais soube dela, porque ela foi embora de Buenos Aires, mas saiba de uma coisa não tem um dia que ela não me ligue e pergunte como você está..

-E-Eu preciso ficar sozinha, depois de todas essas revelações..-saio de lá e fico chorando á tarde toda-

                 Pov's Lara

Finalmente, aquele vôo chegou ao fim. Já não aguentava mais ficar naquele avião agora sim eu acabo com o Martin, ele acha que vai ser fácil fazer merda e pôr a culpa no Matteo?? não mesmo..Vou para mansão decidida á contar á verdade mais a Mayra me diz nada que eles estavão num tal de Jam e Roller, chegando lá, vejo ele em uma mesa tomando um suco..

-Sentiu minha falta bixa? -ponho minhas mãos em seus olhos-

               Pov's Matteo

Prorcurei a Sol pelo Jam e Roller todo e nem sinal dela, fui para os armários colocar meus patins, quando á vejo calçando seus patins e com uma cara estranha..

-Meu amor, cheguei á pensar que você tinha evapaorado onde você estava mulher?

-Olha só, sentiu minha falta?

-Do que você tá falando Sol? -pergunto confuso-

-Você não chegou todo animadinho com a Âmbar? Então. Continua lá uê..

Eu ia saindo mas ele puxa meu braço..

-Quer dizer que temos alguém com ciúmes aqui? -ele pergunta debochando-

-Que? Claro que não..

-Deixa eu te explicar, tudo o Sebastian estava tentando beijar a Âmbar e como eu sou um herói, fiz meu papel de salvar vidas..

-E porquebo braço em volta do pescoço dela?

-Ela tinha se arranhado e agora acredita em mim?

-Não, sei mauricinho você anda muito saidinho pro meu gosto..-digo brincando-

-OK, vai pra pista que eu te faço uma surpresa que você vai adorar!!

-Quero ver..-digo implicando com ele-

                Pov's Martin

Eu estava de boa jogando minecraft quando meus lindos olhos cor de mel foram tapados..

-Oi bixa -A mas eubrechoceria aquela voz de prostituta de longe-

-Ai minha nossa senhora dos unicórnios, você pelo menos lavou essa sua mão imunda antes de tocar nos meus lindos olhos pelo menos?

-Ai Martin, eu não vim pra isso eu vou impedir que o seu planinho -ela faz aspas com os dedos- dê certo -Eu olho torto pra ela -
Tá, digamos que eu não lavei a mão..

-Sua porca nojenta, tá pior que a peppa Pig..

                Na pista

Matteo pediu á todos que se retirassem, enquanto ele fazia sua apresentação e ..
 
Somos complices los dos
Al menos se que huyo porque amo
Necesito distension
Estar asi despierto
Es un delirio de condenados
Como un efecto residual
Yo siempre tomare el desvio
Tus ojos nunca mentiran
Pero ese ruido blanco
Es una alarma en mis oidos

No seas tan cruel
No busques mas pretextos
No seas tan cruel
Siempre seremos profugos los dos

No tenemos donde ir
Somos como un area desvastada
Carreteras sin sentido
Religiones sin motivo
Como podremos sobrevivir

No seas tan cruel
No busques mas pretextos
No seas tan cruel
Siempre seremos
Siempre seremos profugos los dos

No seas tan cruel
No busques mas pretextos
No seas tan cruel
Siempre seremos profugos
No seas tan cruel
No seas tan cruel
Somos profugos los dos
Siempre seremos

Matteo: E aí o que achou?

 


Notas Finais


Gostaram?
Mereço comentários?
Meta de sete comentários..
Beijos❤😍😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...