História Safira Coração De Gelo - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Cúmplices de um Resgate
Personagens André Alencar, Arthur Torres, Aurora Meneses, Benjamin, Chloé, Felipe Vaz, Fortunato Meneses, Frederico Pereira, Isabela Junqueira, Joaquim Vaz, Julia Vaz, Manuela Agnes, Omar Ferraz, Otávio Neto, Priscila Meneses, Rebeca Agnes, Regina Junqueira, Sabrina, Safira Meneses, Téo Cavichioli, Vicente Alencar
Tags Cumplices De Um Resgate, Priscila, Safira
Exibições 116
Palavras 398
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa leitura! 💕

Capítulo 3 - A Verdade


Fanfic / Fanfiction Safira Coração De Gelo - Capítulo 3 - A Verdade

Safira, Aurora, Priscila e Fortunato sentaram ao redor da mesa e jantaram, depois do jantar Aurora foi lavar a louça e Fortunato foi ler jornal, Priscila e Safira sentaram no sofá.

P — Mãe

S — Fala

P — Me conta sobre o meu nascimento, sobre o meu pai quero saber de tudo.

S — Esse assunto agora? Pra que isso?

P — Por favor! Eu acho que eu tenho direito de saber!

S — Ta bom vou falar só pra você parar de enxer minha paciência. Nós éramos jovens de bobeira com a vida, gostávamos de aventuras e loucuras, o nosso relacionamento foi ficando mais sério e ai eu descobri que estava grávida, quando eu fui contar para o seu pai, ele não aceitou ficou revoltado, disse que não havia cabimento e não estava nos planos dele ter um filho naquele momento de sua carreira, me sugeriu o aborto mais eu não tive coragem, e sua avó me deu todo apoio e força que eu precisava naquele momento, e foi ai que aconteceu.

P — Meu pai queria um aborto? - já com os olhos cheios de lágrimas-

S — Sim!

P — Como é o nome dele?

S — Geraldo ele nunca prestou a maior bobeira da minha vida foi ter me envolvido com ele!

P — Eu sou um bobeira pra você? É isso? SAI DA MINHA CASA AGORA! -falou chorando-

S — Ei calma!

P — Eu falei pra você sair, eu não quero você aqui! - GRITOU

S — Se é assim que você quer eu vou embora já estava perdendo tempo demais aqui.

Safira foi embora e Priscila foi pro quarto chorar, Aurora subiu para o quarto de Priscila e bateu na porta.

A — Pitica abre a porta

P — Não eu não quero ver ninguém, eu quero ficar sozinha!

A — Por favor pitica vamos conversar eu não gosto de te ver assim!

P — Por favor vó eu quero ficar sozinha!

A — Ta bom pitica eu vou respeitar o seu tempo mais se precisar de alguma coisa e só me chamar, Boa Noite!

Priscila não respondeu estava embaixo das cobertas chorando com mil e umas coisas passando na sua cabeça, mil e uma perguntas.

            Pov Priscila 

Por que ninguém gosta de mim?
Por que eu sou assim?
Por que? Por queee?

De tanto chorar acabou pegando no sono.
 


Notas Finais


Comentários 👇😊❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...