História Safira Coração De Gelo - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Cúmplices de um Resgate
Personagens André Alencar, Arthur Torres, Aurora Meneses, Benjamin, Chloé, Felipe Vaz, Fortunato Meneses, Frederico Pereira, Isabela Junqueira, Joaquim Vaz, Julia Vaz, Manuela Agnes, Omar Ferraz, Otávio Neto, Priscila Meneses, Rebeca Agnes, Regina Junqueira, Sabrina, Safira Meneses, Téo Cavichioli, Vicente Alencar
Tags Cumplices De Um Resgate, Priscila, Safira
Exibições 53
Palavras 926
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Preparem os lencinhos que vem muito mais! Boa Leitura! 😢

Capítulo 5 - Coração de mãe não se engana!


Fanfic / Fanfiction Safira Coração De Gelo - Capítulo 5 - Coração de mãe não se engana!

Safira tenta ser forte com ela mesma mais não consegue, pega seu carro e vai em direção a um bar próximo da casa de seus pais.

                    Open Bar 

Safira já estava na quinta dose.

S — Garçom traz mais 3 drinks aqui!

G — Senhora você já bebeu demais, nós precisamos fechar o bar.

S — Que fechar bar o que eu to pagando!

G — Ok senhora vou pegar só mais um drink.

Safira tomou o drink e saiu do bar

S — Nossa essa cidade ta perdida ninguém pode nem beber porque está na hora de fechar - falou com voz irônica
EU TO PAGANDO ESSA MERDA.

Safira começa a descer a ladeira até um de seus saltos quebrar.

S — PUTS que salto ridículo vou arrancar é tudo agora - tirou o salto e continou a descer a ladeira descalça.

De repente Safira começa a cantar gritando na rua e errando algumas letras da música.
 

Não deixe o samba morrer
Porque eu só quero comer
O morro foi feito de samba
De samba pra gente beber
Quando eu não puder
Pisar mais na avenida
Quando as minhas pernas
Não puderem aguentar
Levar meu corpo
Junto ao meu coração
O meu anel de bamba
Entrego a quem mereça usar
Quando eu não puder
Pisar mais na avenida
Quando as minhas pernas
Não puderem aguentar
Vou enxer meu copo até me acabar
Junto com meu samba
O meu anel de bamba
Entrego a quem mereça usar
Eu vou ficar
No meio do povo pulando
Minha escola perdendo ou ganhando
Mais um carnaval
Antes de me despedir
Deixo ao sambista mais novo
O meu pedido final
Antes de me despedir
Deixo ao sambista mais novo
O meu pedido final
Não deixe o samba morrer
Porque eu vim pra sambar
O morro foi feito de samba
De Samba, pra gente chorar
Não deixe o samba morrer
Não deixe o samba acabar
O morro foi feito de samba
De Samba, pra gente sambar
Quando eu não puder
Pisar mais na avenida
Quando as minhas pernas
Não puderem aguentar
Levar meu corpo
Junto com meu samba
O meu anel de bamba
Entrego a quem mereça usar
Quando eu não puder
Pisar mais na avenida
Quando as minhas pernas
Não puderem aguentar
Não deixe o samba morrer
Não deixe o samba acabar... 🎶🎤

Safira começou a se exaltar e foi dançar no meio da rua, até que sem perceber vinha um carro em sua direção Safira gritou

HHHHHHHHHHHHHHH - barulho do freio do carro

Uma mulher ruiva e bem vestida sai rapidamente do carro para socorrer Safira a mulher que ela havia atropelado sem querer, várias pessoas correm e ficam envolta de Safira que estava estirada no chão desacordada.

Homem - Moça você conhece essa mulher? Como é seu nome?

R — Meu nome é Regina eu não a conheço eu vinha vindo de uma festa e quando avistei ela estava no meio da rua tentei frear mais já estava muito encima, nós precisamos chamar uma ambulância rápido se acontecer algo com ela eu nunca vou me perdoar - uma lágrima escorreu em seu rosto.

                   Minutos Depois

A ambulância chega e os enfermeiros começam a fazer os primeiros socorros

E — Mantenham distância por favor! Quem vai acompanha - lá até o hospital?

R — Eu vou!

Dentro da Ambulância Regina chora se sentindo culpada pelo acontecido até que Safira delira - Priscila, Priscila...

R — Moça? Moça? - Safira volta a ficar desacordada

          
                  Casa Meneses

Aurora está dormindo mais acorda pois estava sentindo um pressentimento ruim, vai até a cozinha para tomar um copo de água, volta para o quarto e senta na cama de repente começa a chorar desesperadamente Fortunato acorda assustado.

F — Aurora? O que aconteceu? Porque você ta chorando assim tão desesperadamente?

A — Eu não sei estou sentindo um mal estar um mal pressentimento como se alguma coisa ruim fosse acontecer AI - chora mais

F — Fica calma nada de ruim vai acontecer!

A — A Safira, Fortunato a Safira liga pra ela!

Fortunato liga várias e várias vezes mais só cai na caixa postal.

F — Ela não atende deve estar dormindo volta a dormir, Aurora!

A — Eu não consigo.

                 No hospital 

Médico — Senhora Regina é você que está acompanhando a moça do acidente?

R — Sim sou eu, na verdade eu quem bati o carro nela, é tudo culpa minha, eu nunca vou me pedoar nunca!

M — Fique calma! Olhe encontraram essa bolsa acho que é dela.

Regina começa a olhar a bolsa, tinha batons, dinheiro, celular e várias outras coisas até que ela encontrou a identidade.

R — Doutor olha o nome dela é Safira Meneses e tem um celular tem várias chamadas com o nome "MÃE" vou retornar as chamadas!

M — Preciso levar Safira para fazer alguns exames em breve trarei notícias!

                  Ligação on

R — Alô?

A — Safira?

R — Não aqui quem fala é a Regina Junqueira, é que sua filha sofreu um acidente - Aurora interrompe

A — Acidente? Meu Deus eu estava com pressentimento ruim senhor porque? Como que ela tá? Ela ta bem? - chora

R — O médico levou ela para fazer alguns exames não tenho notícias ainda.

Regina passa todas as informações para que Aurora vá para o hospital, Aurora conta para Fortunato o que aconteceu e pede para que ele fique em casa com Priscila pois é de madrugada e não quer acordar a neta com um susto desses.


Notas Finais


Como vocês acham que vai ser a reação da Priscila? Comentários 👇💔


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...