História Safira Coração De Gelo - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Cúmplices de um Resgate
Personagens André Alencar, Arthur Torres, Aurora Meneses, Benjamin, Chloé, Felipe Vaz, Fortunato Meneses, Frederico Pereira, Isabela Junqueira, Joaquim Vaz, Julia Vaz, Manuela Agnes, Omar Ferraz, Otávio Neto, Priscila Meneses, Rebeca Agnes, Regina Junqueira, Sabrina, Safira Meneses, Téo Cavichioli, Vicente Alencar
Tags Cumplices De Um Resgate, Priscila, Safira
Exibições 50
Palavras 687
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa Leitura! 😢

Capítulo 6 - Foi tudo minha culpa!


Fanfic / Fanfiction Safira Coração De Gelo - Capítulo 6 - Foi tudo minha culpa!

Aurora e Regina já estavam a horas esperando notícias mais o médico não voltava...

A — Meu Deus esse médico não aprece como que está minha filha, eu estou aqui desde 3 da manhã e ele não aparece!

R — Fique calma senhora você está muito nervosa, essas coisas demoram mesmo!

A — Como você me pede para ter calma em um momento como esse? Não tem como ficar calma É A MINHA FILHA - gritou

R - ficou com uma cara meio desconsolada

A — Me desculpe Regina eu to muito alterada e acabei te envolvendo no meio afinal você nem deveria está aqui, e não quero te incomodar com isso!

R — Dona Aurora eu te entendo é mesmo difícil estar com uma filha hospitalizada e não saber notícias, mais eu me sinto no dever de estar aqui afinal foi eu quem bati o carro nela.

A — Não se sinta culpada Regina a Safira estava alcoolizada com uma mistura de decepção, a Safira tenta ser forte com ela mesmo mais no fundo eu sei o quanto isso a maltrata, desde pequena ela é assim orgulhosa faz de tudo para não demonstrar sentimentos e fraquezas, mais isso o pai dela tem um pouco de culpa.

R — O que ele fez ?

A — A Safira sofreu muito na infância o Fortunato trabalhava muito para nos darmos do melhor mais acabava esquecendo de dar atenção, carinho e dedicação a Safira ela cresceu se sentindo rejeitada.

R — Coitada! Mais ela costuma beber assim descontroladamente?

A — Não, acho que foi porque ela estava muito decepcionada , teve uma discussão horrível com a filha, Safira se tornou uma pessoa muito fria por causa da rejeição paterna e acabou cometendo o mesmo erro com a Priscila minha neta.

R — Nossa é bem complicado mesmo.

                      Casa Meneses

Fortunato está na sala sentado no sofá esperando para dar a notícia a Priscila até que Priscila desce com uniforme da escola.

P — Vô porque a vovó não foi me acordar? Quase perdi a hora!

F — Priscila eu preciso te contar uma notícia nada agradável, você precisa ser forte!

P — O que aconteceu? Cadê a minha vó? - falou já nervosa

F — Sua avó está no hospital, a sua mãe sofreu um acidente!

P — Acidente?

F — Ela tomou alguns drinks e saiu pela rua alcoolizada e foi atropelada

P — MEU DEUS, foi tudo culpa minha se eu não tivesse falando com ela daquele jeito ela não tinha ido embora, eu não vou me perdoar nunca - começou a chorar desesperada

F — Calma Priscila! Não vamos nos alterar!

P — Em que hospital ela está? Eu quero ver ela vô, eu preciso ver a minha mãe! - chorando

F — Nós vamos assim que você tomar café!

P — Eu não estou em condições de tomar café eu quero ir agora!

F — Então vamos!

                         Hospital

Priscila e Fortunato chegam Priscila corre em direção a Aurora:

P — Vóoooooo cadê a minha mãe? Como ela está? Ela não vai morrer né? - chorando muito. Aurora abraçou a neta.

A — Ainda não temos notícias mais fique calma sua mãe está bem!

P — Foi tudo culpa minhaaa

A — Não pitica, não se sinta culpada!

P — Quem é ela?

R — Oi é Priscila né? Eu sou Regina estava presente na hora do acidente, quer dizer foi no meu carro que sua mãe bateu. - envergonhada

P — Foi tudo culpa sua! Você é um monstro!!!!!

A — Priscila não fale assim a Regina não tem culpa de nada!

P — Foi ela que bateu o carro na minha mãe! Se acontecer alguma coisa com ela vai ser tudo culpa sua! EU TE ODEIO - gritou e saiu correndo, Aurora foi atrás.

           Pensamento de Regina

Tudo que ela falou foi verdade e se a Safira não resistir? Eu não vou me perdoar nunca, vou acabar com essa família e com a vida da Priscila ela é só uma criança - uma lágrima escorreu em seu olho, mais Regina disfarçou.


Notas Finais


Comentários 👇


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...