História Sailor Moon Solaris SeRo! - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Sailor Moon
Personagens Hotaru Tomoe / Sailor Saturn, Personagens Originais, Setsuna Meiou / Trista / Sailor Pluto, Usagi "Serena" Tsukino / Sailor Moon
Tags Sailor Plutão
Exibições 7
Palavras 1.210
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Ficção, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Heterossexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 7 - O Sentimento de Robertha e o Nobre Coração de Serelly!


 

 

Após mais um dia de aula, a diretora escolar Robertha conduz o seu carro pela Orla de Kasai, região de praia da costa japonesa.

Ao parar o carro no acostamento, ela visualiza Ander sentado na areia desta praia, solitário e pensativo observando onda após onda.

Após sair de seu carro, a amiga de combate desce por uma pequena trilha entre as rochas e caminha sobre a areia em sua direção. A brisa marítima, faz esvoaçar os seus longos cabelos loiros e esvoaçantes, praticamente dourados com o brilho do Sol.

Chegando ao seu lado, ela senta-se na ponta da toalha estendida e junto de Ander, conversam por pouco tempo:

- Oi, Ander. Percebo que você gosta de admirar o mar, não é mesmo? Vejo na televisão e nas revistas, que a sua cidade natal possui as mais lindas mulheres se divertindo nas praias. Copacabana, Ipanema e Leblon, parecem ter um belo visual da natureza!

- Ah, minha maninha… O visual é deslumbrante sim, mas estou aqui pensando na Hotaru. Não sei explicar, mas sinto por ela algo muito especial. Eu quero me casar com a Setsuna e quem sabe…  Mudando o assunto, quem será o líder desses Gigantes de Gelo e qual a razão de insistirem de sequestrar a Hotaru?

- Ander, você é realmente um cara diferente. Eu te admiro cada vez mais, aceito o seu sincero sentimento de irmão por mim e vou te contar um segredo. Hotaru recebeu da Rainha Serena, a missão de unir você com Setsuna, pois assim surgirá a lendária…

Neste momento, a areia de onde estes dois estavam sentados, afunda e ambos caem no subsolo. Existia uma armadilha, uma espécie de jaula escondida, prendendo estes dois e são arrastados para o interior de uma gruta entre as rochas da praia.  

Ander não trouxe consigo o seu Pingente Solar, sendo impossível utilizar a sua força. Robertha também não tem em mãos, a sua Caneta da Transformação de Sailor Makemake.

Apreensivos, eles observam que estão numa espécie de jaula, pendurados por diversas cordas. Ao olharem para baixo, é visível o choque das fortes ondas sobre as rochas, região do subsolo da praia. Banhistas e surfistas, chamam esta situação de triturador, pois o risco de morte é real para qualquer um que o cair neste local.

Além do clima tenso vivido por Ander e Robertha, acontece pequenos abalos sísmicos. Estes dois olham para frente e visualizam a fisionomia de um corpo humano tomado por chamas, caminhando em sua direção.

A cada passo desta pessoa ainda desconhecida, o tremor se intensifica e Robertha conclui que se trata de um novo inimigo, desta vez, é um dos Gigantes de Fogo.

Diante dos heróis enjaulados, a criatura em chamas apenas toca com a ponta do dedo sobre cada corda, incendiando e colocando o guardião e a sailor em perigo eminente.

A voz alta e grave deste Gigante de Fogo, ironiza a situação e oferece a única e fatal saída para um destes dois:

- Derrotar o poderoso guerreiro solar ou uma das sailors, será fácil demais. Há uma forma para apenas um de vocês sair vivo desta situação. Um de vocês derramará o próprio sangue e só assim, as chamas das cordas serão apagadas. Um morrerá e o outro sairá vivo. Façam isso, antes que a cordas se arrebentem e vocês caiam no fosso!

O inimigo se afasta, deixando Ander e Robertha enjaulados, à beira da morte. Enquanto Robertha se desespera e grita, querendo cortar os pulsos para fluir sangue e extinguir as chamas das cordas, Ander dá altas risadas e tem uma idéia de reverter a situação tão crítica.

Minutos depois, na areia da praia, Ander e Robertha caminham juntos e abraçados. Estes dois, estão rindo da forma que se livraram das cordas em chamas, tropeçam em uma pedra e caem onde as ondas se quebram.

Robertha é a mais risonha e apesar da gargalhada, ela põe a mão sobre a cabeça e comenta com Ander, a forma que se livraram daquelas cordas em chamas:

- Apenas o nosso sangue seria capaz de apagar o fogo? Esses inimigos não sabem que humanos fazem xixi? Ander, a sua ideia de urinar sobre as cordas foi espetacular!

O irreverente amigo, por quem tem um sentimento de irmão, segura uma das mãos de Robertha, puxa esta moça para se levantar e faz um comentário lembrando do ocorrido:

- Maninha, eu juro que não olhei, quando você desabotoou a calça jeans e fez xixi ali mesmo. Você sabe que…

Neste exato instante, surgem as Sailors Plutão, Ceres e Saturno. Estas três guerreiras observam e questionam qual o motivo de tanta risada e por estarem com as calças molhadas por urina. A combatente da cor rosa, cruza os braços e furiosa, exige explicações:

- Nós três travamos uma luta desleal contra Fornjot, um Gigante de Fogo. Enquanto isso, vocês dois rindo na praia e fazendo xixi?

Sailor Saturno reforça o coro de Ceres e também expressa a sua indignação:

- Sem ajuda de vocês, seria impossível derrotar um inimigo como aquele. A nossa sorte foi utilizar a água do mar e derrotar aquele gigante!

Sailor Plutão se aproxima, olha para Ander com a fisionomia séria e faz um comentário:

- Você parece que está bêbado, perdendo o controle do próprio corpo e gargalhando sem parar. Robertha, estou muito decepcionada com você. Será que estamos atrapalhando alguma coisa entre vocês dois?

Horas depois, Setsuna, Robertha, Serelly e Hotaru se preparam para dormirem. O quarto é bastante espaçoso, onde foi possível ter quatro camas de solteiro e acomodar cada uma destas guerreiras confortavelmente.

Pouco tempo depois, Hotaru já estava dormindo num sono pesado. Robertha vira-se de lado, cobre a cabeça com o edredom e também é vencida pelo sono. Apenas Setsuna e Serelly permanecem acordadas e as duas podem conversar livremente.

A jovem senta sobre a própria cama, olha para Setsuna e faz uma pergunta que deixa a morena sem respostas:

- “Sets”, qual é o seu problema com Ander? Os seus olhos brilham ao ver a afinidade entre ele e Hotaru. Ele gosta muito de você e estamos ansiosas pra conhecer a Sailor Terra. Por acaso você não gosta dele?

A bela morena se assusta ao ouvir estas palavras de uma jovem guerreira. Serelly se levanta, caminha em direção à cama de Setsuna, senta ao seu lado e volta a expor seus pensamentos:

- “Sets”, eu não sou a sailor mais poderosa, porém tenho o dom de ler o coração das pessoas. “Sets”, o que impede de você e ele, viverem uma linda história de amor?

A bela morena suspira fundo, olha para Serelly e desconversa o assunto que foi perguntado:

- Apesar da sua idade de quinze anos, o seu coração transborda de tanto amor. A sua voz é um alento pra qualquer um em momentos de aflição. Não tente esconder, mas você gosta dele, não é mesmo?

A moça de cabelo rosa e de lindos olhos azuis, se assusta ao ouvir este segredo guardado apenas consigo mesma, mas a própria Setsuna lhe tranquiliza ao dizer com a voz branda:

- Não tenha medo de mim. No futuro próximo, você será muito especial pra ele e pra todos envolvidos nessa luta contra esses inimigos gigantes. Tenha uma boa noite de sono e vamos dormir



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...